Se fossem habitantes de uma cidade, crianças e adolescentes brasileiros com alguma precariedade -seja financeira ou no acesso a direitos como educação e moradia -formariam quase três São Paulo inteiras.

Isto corresponde a cerca de 32,7 milhões de pessoas com até 17 anos expostas a vulnerabilidades, ou seis em cada dez crianças no país. Em relatório divulgado nesta terça-feira (14), o Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) adota um critério inédito no tratamento à pobreza entre crianças brasileiras: inclui não somente indicadores de renda per capita, mas também o cumprimento de direitos fundamentais garantidos na lei.

O documento mostra que a pobreza “apenas” monetária foi reduzida na última década, mas privações de um ou mais direitos não diminuíram na mesma proporção. Ainda assim, segundo o relatório, 18 milhões de crianças (34% do total) vivem em casas com renda per capita insuficiente para a compra de uma cesta básica (menos de R$ 346 mensais nas áreas urbanas e R$ 269 nas rurais).

O relatório tem como base dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) 2015.

O Unicef alerta: além de considerar nuances como a influência da raça e da região do país, o desenho de políticas públicas para lidar com a pobreza na infância deve considerar também a assistência a mães, pais e responsáveis delas.

O QUE DIZ O RELATÓRIO

Considerando a lei, o estudo mapeou onde o Brasil está falhando em garantir os direitos de crianças e adolescentes. Somando tanto privações consideradas “intermediárias” e “extremas”, é o saneamento (com indicadores como a presença de banheiros e rede coletora de esgoto) que prejudica o maior número de crianças e adolescentes (13,3 milhões), seguido por educação (8,8 milhões) e água (7,6 milhões).

O maior problema está no descarte dos resíduos humanos, uma vez que 22% dos menores de 18 anos vivem em casas com fossas rudimentares ou ao lado de valões. O quadro geral mais grave está no Norte e Nordeste do país, em que 44,6% e 39,4%, respectivamente, dos pequenos têm ao menos uma privação no que diz respeito ao saneamento.

Entre meninos e meninas negras, ‘taxa de privação de direitos’ supera média nacional e passa dos 50%.

O próprio saneamento reflete diferenças observadas em outros quesitos: entre crianças e adolescentes privados de saneamento, 70% são negros.

Considerando todas as categorias de privações envolvidas no estudo, meninos e meninas negras têm uma “taxa de privação de direitos” de 58%, versus 38% dos brancos (no Brasil, a taxa é de 49,7%).

No que diz respeito às privações extremas -ou seja, em que não há acesso algum ao direito em questão-, a desigualdade entre negros e brancos é intensificada: atinge 23,6% dos negros e 12,8% dos brancos com menos de 18 anos.

No quesito educação, por exemplo, há 545 mil meninos e meninas negras de 8 a 17 anos analfabetos, versus 207 mil brancos. Em geral, crianças e adolescentes que moram em áreas rurais têm mais direitos negados que os das zonas urbanas; e moradores das regiões Norte e Nordeste encaram mais privações que aquelas do Sul e Sudeste.

Mas há exceções: no quesito moradia (número adequado de pessoas por dormitório, materiais apropriados nos tetos e paredes e etc.), o Norte está na lanterna, seguido do Sudeste e Nordeste.

Enquanto isso, o percentual de meninos e meninas que têm seus direitos violados é o dobro no campo (87,5%) em comparação com as cidades (41,6%).

ENTRE A ESCOLA E O TRABALHO: ANTIGOS DESAFIOS

Um quinto dos brasileiros de 4 a 17 anos de idade tem o direito à educação violado -isto considerando privações intermediárias, como atraso escolar ou analfabetismo após os 7 anos, e privações extremas, como crianças que simplesmente não estão na escola.

Enquanto isso, 6,2% das crianças e adolescentes do país exercem trabalho infantil doméstico ou remunerado. Isto, inclusive, quando este tipo de atividade é ilegal, como na faixa de 5 a 9 anos (3%, ou 425 mil meninos e meninas neste segmento trabalham) e de 10 a 13 anos (7,4%).

A carga de trabalho é maior para as meninas, com exceção do trabalho remunerado entre adolescentes -este maior entre os garotos. Ser negro ou morar no Norte ou Nordeste implica em uma incidência mais alta do trabalho infantil. 

 

Fonte:  icururupu

Silas Malafaia, José Welligton, R.R Soares, Samuel Ferreira (Reprodução)

Nos últimos anos a bancada evangélica no Congresso Nacional tem aumentado de maneira significativa. Esse aumento tem uma explicação lógica.

O candidato que recebe o apoio do líder absoluto da sua denominação normalmente ganha. Muitos pastores e líderes preferem indicar um nome, do que ele mesmo se candidatar a algum cargo político.

O polêmico pastor Silas Malafaia, já disse em diversas entrevistas que jamais entraria para política, porém, esse é um tema que ele faz questão de falar, e usar a sua popularidade para influenciar na hora do voto.

“É a coisa mais fácil do mundo: é só usar as redes sociais. É o que vai mandar nessa eleição”, diz o pastor, que ficou famoso com aparições na TV, mas hoje investe pesado na seara digital, com dois milhões de seguidores no Facebook, e 1,3 milhões no no Twitter.

“É só você falar nos três anos anteriores o que você pensa. Eu venho fazendo isso há tempos. Aqui todo mundo já sabe quem representa o Malafaia”, diz o líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo.

Em 2014 o pastor elegeu para a Câmara dos Deputados Sóstenes Cavalcante(DEM-RJ). Silas tem um irmão que já é deputado estadual pelo Rio de Janeiro desde 2010, e foi eleito com  134.515 votos,  sendo o terceiro mais bem votado dentre os 70 parlamentares da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro.

Outro cabo eleitoral influente no Brasil é o Bispo Edir Macedo, que ao decorrer dos anos, já tem eleito vários representantes Brasil a fora, entre vereadores, prefeitos, governadores, deputados e senadores. vários pastores e bispos exercem algum cargo na política.

Um dos mais conhecidos é o seu sobrinho, o bispo licenciado Marcelo Crivellaatual prefeito da cidade do Rio de Janeiro. Crivella foi eleito Senador pela primeira vez em 2002, com cerca 3,2 milhões de votos. Em 2010, se tornou o primeiro senador reeleito no estado do Rio de Janeiro em 24 anos. Exerceu seu mandato até sua posse como prefeito da capital fluminense, cargo para o qual foi eleito no segundo turno da eleição municipal de 2016.

O líder da Assembleia de Deus Ministério de Madureira, bispo Samuel Ferreiraaposta suas fichas no deputado estadual Cezinha de Madureira, ele é pastor e representante da igreja na assembleia Legislativa de São Paulo, e em 2019 com o apoio do líder supremo da ADBrás, ele pretende chegar a Brasília (DF), como Deputado Federal representante da Assembleia de Deus Ministério de Madureira.

O apóstolo Valdemiro Santiagosegue o exemplo de todos que já foram citados, não pretende entrar para política, mas com a sua influência tem eleito vários representantes em todo Brasil.

Em 2010, a Igreja Mundial elegeu dois Deputados Federais, José Olímpio (PP-SP) e Francisco Floriano (PR-RJ), e um estadual, Rodrigo Moraes (PSC-SP). Em 2014, José Olímpio foi reeleito com mais de 154 mil votos, e Francisco Floriano foi reeleito com mais de 47 mil votos. Elegeu Milton Rangel (PSD-RJ) para deputado estadual a partir de 2015 com 28 mil votos, e o deputado estadual Missionário Volnei (PR-RS) com 33.255 votos.

O Missionário R.R Soares também tem seus representantes na política, e é o principal cabo eleitora do seu segundo filho, o deputado estadual André Soares, que foi eleito à primeira vez com 120.168 votos. Em 2015 tomou posse para o terceiro mandato com 127.373 votos na Assembleia Legislativa de São Paulo.

A Assembleia de Deus Ministério Belém, tem seus representantes na política desde muito anos, e em São Paulo tem o  candidato que há alguns anos recebe o apoio da cúpula da igreja.

O Deputado Federal  Paulo Freire Costa, é o filho do pastor José Wellington Ferreira da Costa, foi eleito pela primeira vez em 2011, e em 2014 foi eleito para seu segundo mandato como deputado federal por São Paulo.

Muitas igrejas começaram a adotar a estratégia de escolher candidatos oficiais. Em outros casos, líderes se lançaram ao pleito.

Segundo pesquisa do Site UOL, A denominação mais bem-sucedida na política é a Assembleia de Deus.

Atualmente 25 deputados dizem  ser da Assembleia. Em segundo lugar vêm a Igreja Batista, com 11 representantes, e em terceiro à Igreja Universal do Reino de Deus, com 10 representantes.7

 

Fonte: O fuxico Gospel

O ministro da Educação, Rossielli Soares, entregou nesta terça-feira (14) à Universidade Federal do Maranhão (UFMA) o  navio Ciências do Mar II, destinado a pesquisas marinhas por universitários. A embarcação faz parte do projeto Laboratórios de Ensino Flutuantes, financiado pelo MEC e executado sob liderança da Universidade Federal do Rio Grande (Furg), que vai colocar em funcionamento quatro laboratórios flutuantes. No total, os investimentos superam os R$ 45 milhões.

“É uma iniciativa muito importante para o Brasil, com o que há de melhor e mais tecnológico para que os alunos possam chegar à área de ciências marinhas com a teoria, com a prática de laboratório e, especialmente, com a prática em alto-mar”, disse o ministro Rossieli Soares. “Nós temos uma costa no Brasil que é fantástica, com muitas riquezas, e as universidades terão muito mais condições de aprofundar as pesquisas”, acrescentou.

Esse é o segundo navio entregue pelo projeto. O primeiro foi recebido pela Furg, enquanto o terceiro e o quarto se destinam às universidades federais Fluminense (UFF) e de Pernambuco (UFPE). O Ciências do Mar II vai atender a instituições de pesquisa, promovendo, no Maranhão, no Piauí e nos estados da região Norte, cursos de biologia, engenharia de pesca, geografia e oceanografia.

Pesquisa – Aos estudantes será possível operar e manusear equipamentos, coletar dados, armazenar amostras e principalmente, se ambientar a bordo de uma embarcação dessa natureza. Serão atendidos seis mil alunos dos cursos de graduação e pós-graduação do Maranhão, do Piauí e dos estados da região Norte.

Ministro Rossielli Soares entregou o navio Ciências do Mar II

“O recebimento do navio Ciências do Mar II vem para proporcionar melhores condições para o ensino, a pesquisa e o desenvolvimento da costa Norte e Nordeste e, com isso, contribuir com a redução das desigualdades regionais que ainda marcam o cenário econômico e social do país”, resumiu a reitora da UFMA, Nair Portela. “O laboratório dará aos estudantes capacitação competitiva em nível nacional e internacional nas áreas de preservação, pesquisa, exploração e produção de tecnologia e inovação.”

O Ciências do Mar II será coordenado pelo Instituto de Ciências do Mar da Universidade Federal do Maranhão (ICMar-UFMA). A embarcação tem casco de 32 metros de comprimento, possuindo três deques, com capacidade para até 26 pessoas, entre alunos, professores e oito tripulantes, além de autonomia de 12 dias para navegação.

Inauguração – Durante a visita a São Luís, o ministro Rossielli Soares participou da inauguração do novo prédio da reitoria da Instituto Federal do Maranhão (IFMA). “Investir nos institutos e nas universidades neste momento é fundamental para que possamos transpor dificuldades, inclusive, da economia”, declarou, durante a cerimônia.

O reitor do Instituto, Roberto Brandão, destacou que a inauguração reforça projetos em desenvolvimento. “Vamos trabalhar a questão da educação a distância, um projeto que estamos começando a estudar nessa parte de inovação, para melhoria do atendimento à sociedade, ao setor produtivo e ao setor público”, disse. “Esta estrutura faz com que tenhamos uma vida longa aqui.”

 

Fonte: Maranhão Hoje

Na manhã de segunda-feira (13) o vereador Pastor Max, o prefeito Francisco Nagib e autoridades municipais receberam representantes da comunidade Lagoa do Mato, localidade situada no PA São Benedito dos Afonsos, na zona rural de Codó. O vereador Pastor Max, que já conhece bem a realidade daquela região, sempre solicitou ao Poder Executivo ações de assistência para os moradores da localidade, que fica bem afastada da sede de Codó.

A comunidade necessita de melhorias para o abastecimento de água potável, melhorias na estrada, entre outras demandas. Estamos constantemente visitando essa região e conversando com os moradores. E hoje conseguimos nos reunir com o secretário Roberto Albuquerque para estabelecer uma pauta de reuniões”, explicou o vereador.

Por intermédio do vereador Pastor Max, o presidente da associação de moradores da localidade Lagoa do Mato, Senhor Arlindo, se encontrou primeiramente com o prefeito Nagib, onde foram colocadas todas as demandas. Logo após, a pauta foi passada ao secretário de desenvolvimento urbano e rural, Roberto Albuquerque. Dentre as demandas dos moradores estão a reforma de cerca de 10 km da estrada vicinal, a reforma da ponte que dá acesso a estrada e o poço artesiano para a comunidade. Também foi levada a demanda pela reforma da Escola Tânia Maria.

O prefeito Francisco Nagib está sensível a tudo isso e vem fazendo um trabalho compromissado em todas as localidades de nossa zona rural e levando benfeitorias à várias comunidades que sofriam com anos de atraso. E com nossos amigos da Lagoa do Mato não será diferente, que já espera por essas melhorias há treze anos. O momento do país é difícil, mas a gestão municipal irá atender a todos”, lembrou o edil.

Reconhecimento da comunidade

O presidente da associação, Senhor Arlindo, agradeceu a recepção do prefeito Nagib, do secretário e demais autoridades e destacou o papel do vereador como interlocutor entre as comunidades e o poder público. “Quero agradecer a atenção de todos do governo e o companheirismo e trabalho do vereador Pastor Max, que sempre esteve presente em nossa comunidade, fazendo esse importante elo entre a gestão e as nossas necessidades. O vereador conhece bem a nossa realidade e sempre tem nos dado a oportunidade de pedir pelas nossas maiores necessidades”, declarou o presidente da associação.

Para o vereador Pastor Max, o encontro é mais uma oportunidade de servir a comunidade. “É o nosso papel. Fomos eleitos para isso. para representar os interesses das comunidades. Principalmente as que mais precisam. Buscar os meios necessários ara que todas as demandas sejam atendidas. Queremos sempre estar a disposição dos amigos da zona rural, que sofrem a precisam de muita assistência. Fico feliz de encontrar na pessoa do prefeito Francisco Nagib, um gestor sensível e que sempre está disposto a atender os anseios e necessidades do nosso povo. E se Deus quiser teremos essas demandas da localidade Lagoa do Mato atendidas.”

Ascom

AQUILES EMIR

Roseana Sarney

A declaração de bens apresentada pela ex-governadora Roseana Sarney (MDB) à Justiça Eleitoral supera R$ 11 milhões, segundo números constantes na sua inscrição no site Divulgacand no portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Dentre os bens declarados, há três casas que, somadas, custam mais de R$ 3,3 milhões e há ainda uma “sala ou conjunto” avaliada em R$ 1,440 milhão e aplicações financeiras que superam R$ 5,1 milhões.

Pela declaração, o patrimônio de Roseana Sarney aumentou mais de R$ 3,6 milhões em oito anos, pois na última eleição que disputou, o seu patrimônio declarado foi de R$ 7.838.530,34, e este ano a soma chega a R$ 11.427.380,30.

Também nesta terça-feira (14) foi apresentada a declaração do senador Roberto Rocha (foto ao lado), que disputa o Governo do Estado pelo PSDB. Seus bens somam pouco mais de R$ 2,2 milhões. O bem mais valioso do senador seria um apartamento avaliado em mais de R$ 1,2 milhão.

Dos quatro candidatos a governador já registrados, Roseana é disparada a mais rica, pois o governador Flávio Dino (PCdoB) declarou R$ 885.534,54 e Ramon Zapata (PSTU), R$ 103.500,00.

Conheça os bens pertencentes a Roseana Sarney:

Depósito bancário em conta corrente no País R$22.284,18
Sala ou conjunto R$1.440.806,24
Terreno R$16.666,67
Casa R$961.666,67
Veículo automotor terrestre: caminhão, automóvel, moto, etc. R$90.490,00
Terreno R$150.000,00
Apartamento R$259.890,46
Terreno R$8.327,67
Terreno R$20.000,00
Terreno R$354.218,23
Depósito bancário em conta corrente no exterior R$65.774,66
Veículo automotor terrestre: caminhão, automóvel, moto, etc. R$35.000,00
OUTROS BENS E DIREITOS R$306,35
Aplicação de renda fixa (CDB, RDB e outros) R$48.999,20
Benfeitorias R$333.599,00
Casa R$1.750.000,00
Caderneta de poupança R$8.750,71
Linha telefônica R$5.012,79
Outras aplicações e Investimentos R$2.125.205,33
Casa R$748.450,43
Quotas ou quinhões de capital R$2.981.931,71

Conheça os bens dos senador Roberto Rocha:

Tipo Valor do Bem
Ações (inclusive as provenientes de linha telefônica) R$125.899,58
Ações (inclusive as provenientes de linha telefônica) R$23.211,72
Apartamento R$1.299.400,00
Terreno R$16.000,00
OUTROS BENS E DIREITOS R$446,92
Fundos: Ações, Mútuos de Privatização, Invest. Empresas Emergentes, Invest.Participação e Invest. Índice Mercado R$2.500,00
Quotas ou quinhões de capital R$10.000,00
Casa R$300.000,00
Terreno R$69.000,00
Fundos: Ações, Mútuos de Privatização, Invest. Empresas Emergentes, Invest.Participação e Invest. Índice Mercado R$640,00
Depósito bancário em conta corrente no País R$319,98
Quotas ou quinhões de capital R$10.000,00
Apartamento R$429.112,93

 

Fonte: maranhãohoje

O deputado federal Hildo Rocha destacou, em pronunciamento na tribuna da Câmara Federal, as conclusões de pesquisa realizada por estudantes de agronomia do Instituto Federal do Maranhão do campus de Codó.

deputado federal Hildo Rocha

De acordo com o deputado, o estudo além de contribuir com ensinamentos práticos, utilizáveis por qualquer pessoa ligada ao setor da agricultura familiar, contém um componente útil no campo da preservação ambiental.

“Parabenizo Míria Casado da Silva, Maksaila Gomes da Silva e Artur Oliveira Abreu, que por meio de pesquisas, comprovaram que o garrafas PET, protegem os grão contra a ação de insetos e  conservam as sementes, mantendo-as em boa qualidade por até 120 dias”, destacou Hildo Rocha.

Reconhecimento internacional

As conclusões sobre o aproveitamento de garrafas de politereftalato de etileno, mais conhecido como PET, ganharam destaque em revista de circulação internacional. “Isso mostra que a qualidade do ensino ofertado pelo Ifma é muito boa. Tanto é que estudantes de Agronomia daquela instituição escreveram artigo sobre as conclusões do estudo que foi muito bem aceito por membros de universidades internacionais. Portanto, parabenizo o Instituto Federal do Maranhão pelo bom trabalho que vem prestando, principalmente no campus da cidade de Codó” disse Hildo Rocha.

Vídeo:

Fonte: radiovozdearari

Estudantes da Universidade Federal do Maranhão, Campus Codó participaram do II Conil_ II Congresso Internacional de Letras, entre os dias 08, 09 e 10 de agosto, na Universidade Federal do Maranhão, Campus Bacabal. O evento contou com mesas redondas, simpósios, mini- cursos, lançamentos de livros, festa de confraternização e apresentações culturais. Estiveram presentes no evento a Diretora da UFMA Campus Codó, Professora Franciele Monique Scopetc e Professor Luís Henrique Serra, Coordenador do Grupo de Investigação do Ensino de Língua Portuguesa _ GIELP, UFMA Campus Codó, juntamente com cinco alunas do Curso de Pedagogia e participantes do grupo (Natali Nartene, Raimunda Ferreira, Sandra Regina, Franciele Vieira e Maria Mary), no qual apresentaram trabalhos no evento nas sessões de comunicação oral.

 

Com informações de Nataly Nartene

A Força Tática do 17° BPM, recuperou na tarde deste domingo mais uma motocicleta roubada.

A guarnição realizava patrulhamento de rotina quando avistou um homem suspeito pilotando uma motocicleta Honda Fan de cor preta sem nenhuma placa de identificação na Avenida João Ribeiro.

Ao ser abordado o mesmo não apresentou nenhuma documentação do veículo e informou que havia comprado a moto no valor de R$ 2.000,00 (Dois mil reais), sendo que ao ser consultado a situação do veículo junto ao sistema inforseg o veículo apresentava registro de roubo/furto.

A motocicleta havia sido roubada no dia 13 de julho do corrente ano, na praça de São Sebastião onde na época estava acontecendo um festejo.

Mediante a situação foi dado voz de prisão ao acusado identificado por Marcelo da Silva e Silva de 31 anos, sendo apresentado na 4 Delegacia Regional de Polícia Civil para que as providências sejam adotadas.

MATERIAL APREENDIDO:

01 Motocicleta Honda Fan preta chassi: 9C2KC168ER573138

 

 

ASSCOM 17º BPM

Ser pai não é cargo nem função, mas sim uma das mais importantes missões a serem cumpridas na vida. Digo sem ter medo de errar, que a mais marcante herança que um pai pode deixar a seu filho(a), é a construção do caráter e os passos a serem seguidos. Foi assim que aprendi com o meu pai. Desejo a todos pais, filhos e mães que fazem ou fizeram o papel de pai, um Feliz Dia dos Pais!

Júnior Marreca Deputado Federal

1 2 3 83
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com