Blog do Leonardo Alves - Compromissão com o Leitor!

Moradores de Codó denunciam ausência de Agentes de Saúde e Agente de Endemias

    Moradores da Rua 15 de Novembro, no Bairro Santo Antônio, denunciam a falta de assistência dos agentes comunitários de saúde e agentes de endemias responsáveis pelas áreas. De acordo com os moradores eles não recebem visitas há muito tempo. Depois que alguns se efetivaram, deixaram de cumprir com suas obrigações. Entre as atribuições do Agente Comunitário de Saúde, estar a realização de acompanhamento de indivíduos e grupos sociais e manter os cadastros atualizados e orientação das famílias para utilização adequada dos serviços de saúde, encaminhando-as é até agendando consultas, exames e atendimento odontológico. Um dos critérios dos agentes de saúde é residir na área da comunidade que vai atuar.

Os agentes de endemias são responsáveis pelas vistorias das residências, para buscar focos endêmicos e orientações as doenças infecciosas. A dengue representa um grande desafio para gestores e profissionais de saúde e sabemos que um componente importante é o envolvimento da comunidade no controle dos mosquitos transmissores de doenças, tanto os agentes de saúde e agentes de endemias, trabalhando diretamente com a comunidade, são atores importantes para obtenção de resultados.

“Fico preocupado porque estamos vivendo uma epidemia e não há uma fiscalização e orientação maior sobre os cuidados”, disse a estudante Beatriz Soares.

Para a Moradora Adriana do Bairro Santo Antônio, embora o quintal dela esteja bem limpo e aparentemente sem qualquer indício de foco de Dengue, a preocupação da mesma, é em relação às casas vizinhas, nessa chuva, é perigoso, disse.

Percorremos algumas residências nos bairros da cidade, para ver como estão as visitas dos agentes de endemias.

Na casa de Maria Domingas, deixaram de visitar há muito tempo que até a ficha de visita ficou velhinha, impedindo a visualização das datas de visitas.

Ficha da casa de Maria Domingas

No Bairro Santa Filomena já é diferente, a moradora Maria Edite Nunes, residente na rua 24 de agosto, diz que “ O agente de endemias sempre passa, só não passa o agente de saúde”.

Na casa de Jeferson, no Bairro São Pedro, há muito tempo não foi recebida visita em sua residência, conforme a ficha de visita abaixo;

Ficha da casa de Jeferson

Na casa de Antonia Tavares a última visita dos agentes de endemias foi registrada no dia 26 de maio de 2016.

Ficha da casa de Antonia Tavares

Procuramos a Coordenadoria dos Agentes de Endemias, a Senhora Karen informou que os agentes de endemias devem realizar visitas uma vez entre 2 meses e que os moradores podem registrar suas reclamações na ouvidoria municipal.

Em entrevista na FC FM, Prefeito Francisco Nagib disse que “não esqueci e nem vou esquecer dos estudantes universitários”.

Prefeito Francisco Nagib

O prefeito Francisco Nagib, esteve nessa quarta-feira (15), no programa de rádio da FC FM, apresentado por Alberto Barros. Veja o que ele disse;

“Foi uma promessa de campanha. Nos primeiros meses de campanha já estávamos com este projeto pronto. Recebi eles na prefeitura, conversamos, dialogamos e dissemos : Estamos abraçando  a causa, agora tudo que a gente quer rápido no lado público, tem seus trâmites legais para seguir”, disse o prefeito.

Afirmou se não conseguir parceria do governo do estado, irá encontrar uma forma para encaminhar um projeto de lei para Câmara de Vereadores para que o poder legislativo autorize para dar um apoio da forma legal e é pediu para os universitários aguardarem.

Conheça o DESENHISTA Paulo Amorim- Jovem Codoense

Paulo Amorim

 “Sou Paulo Amorim, tenho 21 anos, sou desenhista. Bom, descobri minha vocação para o desenho quando criança através de minha tia (Francisca das Chagas) que sempre me incentivou comprando alguns materiais para que eu pudesse me aprimorar mais e mais. Ao completar 12 anos, tive certa ‘falta de inspiração’, e parei de desenhar por certo período. Somente aos 17 ou 18 anos mais ou menos, voltei a fazer o que mais amava (DESENHAR), e agradeço à Vanderlene Silva (hoje minha esposa), que foi através dela que voltei a me dedicar aos desenhos. Porém, o tipo de desenho era outro (mangá), então comecei a ir mais a fundo, procurando técnicas novas principalmente no Youtube, e comecei a fazer desenhos realistas principalmente de pessoas, e com o passar do tempo com muita prática, treinos e dedicação acabei melhorando muito. Hoje, já faço encomendas, dou aulas faço o que amo e aprecio que é desenhar, e além de mostrar meu trabalho a outras pessoas, ajudo outras com o mesmo talento ou iniciantes no ramo, dando dicas. E não posso deixar de mencionar o nome de outra tia minha, Denise Serra (esposa de Augusto Serra defensor da igualdade racial) que me ajudou muito também a mostrar meu trabalho ao publico. O negocio é não desistir… (ame o que você faz de bom e será reconhecido) Ainda estou batalhando para mostrar mais ainda meu trabalho, e agradeço muito a Deus por ter conseguido o que já consegui.”

trabalhos de Paulo Amorim

Paulo Amorim

POLÍCIA MILITAR DE CODÓ DEFLAGRA OPERAÇÃO FECHA QUARTEL

revista em bairro

  O 17º Batalhão de Polícia Militar de Codó, a comando do Ten Cel Jurandir,  deu início na tarde de ontem,15, a operação Fecha Quartel, que se estenderá durante todo o final de semana na cidade de Codó.

Todo o efetivo do expediente do batalhão abriu mão do serviço interno e foi para a rua realizar as abordagens em barreiras policiais montadas no Povoado KM 17 e posteriormente na entrada da cidade.

Além dos agentes do batalhão, a operação envolveu equipes especializadas do Esquadrão Águia, que realizaram rondas ostensivas em motocicletas e o Serviço de Inteligência da PM que mostrou pontos sensíveis na Região do KM 17. Por conta disso, não haverá expediente no batalhão até sexta-feira.

Como resultado da ação, foi feita a apreensão de dois revólveres com 11 munições intactas, a prisão dos seus respectivos portadores, uma condução por baderna, 47 abordagens de veículos e cerca de 86 pessoas.

revista feita em um bar

revista feita em carro

Polícia Militar a serviço do cidadão de bem!

ASSECOM-17°BPM

Lixão de Codó: O Plano Municipal de resíduos sólidos vai funcionar mesmo?

A população aumenta e a produção de lixo também.

    Tenho acompanhado atentamente os comentários e análises de vários especialistas a respeito dos desdobramentos do não cumprimento do prazo para que as prefeituras acabem com os lixões.

 A Lei da Política Nacional de resíduos sólidos, entrou em vigor em 3 de agosto de 2010, concedendo prazo até agosto de 2012 para os municípios apresentarem seus planos de gestão de resíduos sólidos (art. 55) e até o último dia 2 de agosto de 2014 para o encerramento dos lixões (art. 54). Na gestão passada o máximo que a Câmaras de Vereadores conseguiram fazer foi a elaboração do Plano Municipal, que é o primeiro passo de um grande caminho para a transformação do lixão de Codó em aterro sanitário. O plano foi elaborado em 2012, na Câmara Municipal de Codó. A lei sancionada em 2 de agosto, ela determina ações como a extinção de lixões dos municípios, além da implantação de reciclagem, reuso, compostagem e tratamento do lixo e coleta seletiva nos municípios. Para a lei as prefeituras com o lixo a céu aberto podem responder por crime ambiental além de não receber verbas do governo federal.

Estivemos na Câmara Municipal de Vereadores de Codó, nesta segunda feira (13), as 09:00 hs, para ver o plano municipal de resíduos sólidos, procuramos o presidente Expedito Carneiro, o mesmo não se encontrava no seu gabinete. Em seguida nos dirigimos até a secretaria da Câmara, nos disseram que para podermos vê o plano, tínhamos que ter autorização da presidência da casa.

Nesta terça-feira (14), estivemos novamente na Câmara na procura do vereador presidente, um dos funcionários do gabinete, David, nos informou que o vereador estava doente.  Entramos em contato também com o Diretor do Departamento de Meio Ambiente, Ferdinando Rocha, nos informou que o plano foi elaborado em 2012, nunca foi votado na Câmara, e  precisa ser reformulado para atualização de dados e que encontrava- se em São Luís para tratar sobre essas questões.

Aguardamos resultados.

Timbiras: Realizada a 10° Edição do Torneio de Futebol “PELADINHO”

Timbiras

Dia 11 de Março, as 07 horas, foi realizada a 10° edição do torneio de futebol “PELADINHO”, com crianças e adolescentes. A concentração se deu na Praça da Igreja Matriz. Logo em seguida partirão em caminhada pela Avenida Senador Sebastião Archer, junto com 8 (oito) agremiações que disputarão entre si a “Honra e Mérito” da grande Vitória, chegando ao campo do Bairro Multirão, foi exibido o Hino de Timbiras e as 08 hs, a bola rolou dando início a 1° rodada de campeonato.

O grupo tem 10 (dez) anos de existência, realizando trabalho socioeducativo através do esporte, atendendo crianças e adolescentes de 10 a 14 anos de idade.

Veja e confira os resultados dos jogos abaixo desta primeira rodada;

FORQUILHA (1) X (4) VILA REAL

BONSUCESSO (2) X (3) MILLAN

SOGIMA (0) X (9) MONTE ALEGRE

TABAJARA (1) X (1) ARCO-ÍRIS.

Eduardo Películas *películas de vidro para smartphones!

Eduardo Películas

Películas de vidro para smartphones!
_Apenas 15,00 Reais._ Mais informações whats:
9 8223-8911 Tim
9 9651-8846 Oi

Modelos disponíveis para pronta entrega:

#SAMSUNG
S Duos
S3 Neo
S5 mini
S5 Full
Core Plus
Gran Prime
Gran Neo
Galaxy Note I
Win 1
A3
A5
A5 2016
J1 Ace
J1 2016
J2
J2 Prime
J3
J5
J5 2016
J7
J7 Prime
J7 2016

#MOTOROLA
Moto X1
Moto G1
Moto G2
Moto G3
Moto G4
Moto G4 Play
Moto G4 Plus

#LG
LG G2 mini
LG G2 lite
LG K4
LG K8
LG K10
LG L70
LG X Cam
LG X Power
LG X Style
LG X Screen

#IPHONE
Iphone 4 (frente/costa)
Iphone 5
Iphone 6

#SONY
Xperia Z3
Xperia M2 Aqua
Xperia M4 Aqua

#ASUS
ZenFone Selfie
ZenFone Go
ZenFone 5

#LENOVO
Vibe B
Vibe C2
Vibe K5
Vibe K6

#ALCATEL
Pixi 4

Entregamos em residência 🏡 e aplicamos em seu aparelho 📲 sem nenhum custo adicional.

6 Perguntas que você deve fazer antes do casamento

 

  A escolha de alguém com quem iremos casar é uma das decisões mais importantes da vida, por isso devemos levá-la a sério, com muita oração, reflexão e planejamento. Quando eu era solteiro, eu costumava perguntar aos meus amigos evangélicos casados, como é que eles sabiam que estavam se casando com a pessoa certa. E para minha surpresa, muitos diziam a mesma coisa: “Ah, quando você está com a pessoa enviada por Deus, você sente uma paz diferente. Você sabe que será feliz com ela”. E hoje, com dois anos de casado, eu consigo entender o que eles diziam. Realmente, Deus colocou paz no meu coração e da Thaís quando estávamos nos conhecendo e orando juntos. Porém, acredito que mais do que isso, devemos observar outros fatores de uma forma mais “racional”, para termos a certeza de que estamos tomando a decisão certa. Afinal, Deus nos deu o livre arbítrio e precisamos decidir se realmente queremos passar a vida toda ao lado de tal pessoa, e isso Deus não fará por nós! Por isso escrevi abaixo uma lista de seis perguntas que acredito que cada um deve fazer antes de casar:

1) Eu realmente gosto dessa pessoa?

Eu sei que pode parecer uma pergunta redundante, mas não é. Muitos casais dizem que “amam” um ao outro, mas quando os sentimentos românticos passam, não existe nenhuma amizade no relacionamento. Casar com alguém que você não tem uma amizade forte, prazerosa, eu acredito que seja um casamento destinado ao fracasso. Não basta casar com alguém que você ama e admira, você precisa gostar de estar junto com ela, conversar, sair, curtir etc.

2) Eu sou atraído(a) apenas por sua aparência?

A atração física é sem dúvida muito importante, pois você não vai querer estar com alguém que não acha bonito(a), vai? Não precisa necessariamente ser bonito(a) para os outros, mas para você tem que ser! Porém, você deve entender que um dia seus olhos não verão a mesma coisa. Essa menina “gata” ou o cara “bonitão” que você está olhando agora, vão parecer muito diferentes em 40 anos e você precisa ter certeza de que você é atraído por quem a pessoa é, e não apenas como ela se parece.

3) Eu quero essa pessoa como pai ou mãe dos meus filhos?

Antes de casar, você não precisa se perguntar: “Eu quero que meus filhos se pareçam com ele(a)?” Em vez disso, pergunte-se: “Será que eu quero que meus filhos sejam como ele(a)?” Muitos se iludem, querendo arrumar alguém com ótima genética e aparência física, para terem filhos bonitos e saudáveis, mas se esquecem de analisar o caráter e valores, que são o que realmente fazem a diferença na vida dos filhos.

4) Eu posso ser eu mesmo quando estou perto dessa pessoa?

Esta é uma pergunta importantíssima! Se você sente que precisa ser outra pessoa quando está com seu companheiro, então não se case! Nada é mais desgastante do que fingir ser alguém, só para agradar o outro. Seu companheiro deve gostar das coisas boas que há em você, mas nunca tentar mudar quem você é. Você pode e deve mudar maus hábitos, mas sua personalidade jamais!

5) Essa pessoa fortalece a minha fé?

Como cristão, eu acredito que o projeto de Deus para o casamento é que o marido e a esposa se unam colocando Cristo no centro de tudo. Sem Ele não existe fundamento, e com isso o casamento acabará desmoronando. Você deve casar com alguém que não só compartilha a sua fé, mas também fortalece a sua fé. Seu cônjuge deve trazer você para mais perto de Jesus e não arrastá-lo(a) para mais longe.

6) Essa pessoa estará comigo em qualquer situação?

Vivemos em um mundo onde as pessoas gostam de abandonar qualquer coisa que começa a ficar difícil. Porém, a base de um casamento não são os sentimentos, pois eles mudam… mas é o compromisso, que nunca muda. Quando você diz “sim”, você está dizendo: “Eu topo enfrentar qualquer barreira ao seu lado. Eu estarei com você nos altos e baixos da vida”. Por isso analise a reação do seu(a) namorado(a) ou noivo(a) quando a situação “aperta” e veja se ele(a) está disposto a ficar com você haja o que houver.

Se você encontrar alguém que passe no teste destas perguntas, e se estiver disposto(a) a fazer o mesmo por ele(a), então eu acredito que vocês serão realmente felizes para sempre! Orem juntos, planejem juntos e sigam em frente confiando em Deus!

Pastor Antonio Junior

Empresa com contrato público pode perder sigilo bancário em caso de investigação

A possibilidade de quebra de sigilo bancário está prevista no PLS 29/2017 – Complementar, apresentado pelo senador Romário (PSB-RJ)

Senador Romário (PSB-RJ)

 O Ministério Público e os Tribunais de Contas da União, dos estados e dos municípios poderão ser autorizados a examinar a movimentação bancária de empresas e pessoas físicas contratadas pelo poder público, desde que tenha sido instaurado inquérito ou processo administrativo para investigar o contrato.

A possibilidade de quebra de sigilo bancário nesses casos está prevista no PLS 29/2017 – Complementar, apresentado pelo senador Romário (PSB-RJ). A matéria aguarda designação de relator na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ)

Também pode ter as contas fiscalizadas o beneficiário de subsídios e de incentivo fiscal ou creditício, bem como as organizações que recebem recursos públicos em convênios com prefeituras e governos federal ou estadual.

Romário quer dar aos órgãos que fiscalizam os gastos públicos a mesma prerrogativa que tem a Receita Federal para combater a sonegação fiscal. Como argumenta, os instrumentos de controle da arrecadação de impostos devem também estar disponíveis “para que cada centavo seja aplicado em prol da sociedade e no atendimento ao mais legítimo interesse público”.

Depois de analisado pela Comissão de Justiça, o projeto segue para votação em Plenário.

Fonte: Agência Senado

TSE quer controlar influência das igrejas nas eleições

Existe o uso da religião para direcionar as eleições, afirma Gilmar Mendes

Gilmar Mendes

 O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) está analisando uma cláusula para impedir o uso do poder econômico e a influência das igrejas no período eleitoral, afirmou o presidente da Corte eleitoral, Gilmar Mendes.

“Depois da proibição das doações empresariais pelo Supremo Tribunal Federal (STF), hoje quem tem dinheiro? As igrejas. Além do poder de persuasão. O cidadão reúne 100 mil pessoas num lugar e diz ‘meu candidato é esse’. Estamos discutindo para cassar isso”, alegou o ministro.

Segundo o ministro, existe o uso da religião para direcionar as eleições, contando ainda com os recursos das igrejas, sejam eles material ou mesmo o uso dos templos. “Outra coisa é fazer com que o próprio fiel doe. Ou pegar o dinheiro da igreja para financiar”, afirmou. “Se disser que agora o caminho para o céu passa pela doação de 100 reais, porque eu não vou para o céu?”, ironizou.

Gilmar Mendes comentou que existe uma tendência para abuso de poder econômico de “difícil verificação”, sendo necessário a intervenção do TSE.

Segundo a Veja, a bancada evangélica na Câmara dos Deputados cresce a cada eleição. Conforme informações do TSE, em 1998, eram 47 parlamentares. Em 2014, foram eleitos 80.

A Frente Parlamentar Evangélica do Congresso, tem 181 deputados e quatro senadores participantes, que incluem, os deputados ligados às igrejas, simpatizantes e outros parlamentares que defendem as mesmas matérias.

Hoje no Brasil, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, os evangélicos têm uma representação de 22% da população.

Brasil no sentido contrário

A lei que proíbe que igrejas e organizações sem fins lucrativos participem de campanhas políticas pode estar com os dias contados nos Estados Unidos. O presidente americano, Donald Trump, comunicou no dia 2 de março, sua intenção de revogar a lei que vigora no país desde 1954. Se aprovada a mudança, a ala conservadora cristã conquistaria uma grande vitória após ter apoiado a campanha presidencial de Trump.

“Vou me livrar e destruir totalmente a Emenda Johnson, permitindo que nossos representantes de fé falem livremente e sem medo de retaliação”, afirmou o presidente, no momento em que estava no evento organizado pela fundação cristã The Fellowship.

Os regimentos atuais descrevem que algumas organizações isentas de impostos, categoria que enquadra as igrejas, estão privadas de manifestações favoráveis a partidos ou candidatos. Comprovado apoio, podem perder o benefício concedido pelo governo.

Fonte: Gospel Prime