Blog do Leonardo Alves - Compromissão com o Leitor!

Justiça do Maranhão condena Banco do Brasil por débitos em conta de cliente Close

A Justiça do Maranhão condenou o Banco do Brasil a pagar de R$ 2.324 a uma cliente da cidade de Cururupu, por conta de descontos em sua conta-corrente desde maio de 2016 referente a recargas de celular. A cliente contestou alegando que o número contemplado e a determinação de recargas eram desconhecidas dela. A decisão foi do juiz Douglas Lima da Guia.
Foram diversas recargas de R$ 14 para um mesmo número da operadora OI. A cliente juntou extratos e boletins de ocorrência para comprovar na justiça o que tinha reclamado ao banco.
“Deve ser aplicada a responsabilidade na modalidade objetiva do banco requerido pelos danos experimentados pelos Requerentes (artigo 14 do Código de Defesa do Consumidor), igualmente decorrente da falta de cuidado na execução de seus relevantes serviços e de falha na fiscalização e cautela na sua contratação, consoante o Código de Defesa do Consumidor”, diz trecho da decisão do juiz.
Segundo o juiz, o Banco do Brasil se defendeu alegando que o prejuízo da cliente foi culpa da própria, mas o argumento não foi aceito. “A requerida (banco) limitou-se a alegar que as cobranças referem-se à falta de cuidado da autora (cliente) ao possivelmente conceder a senha de seu cartão a outras pessoas. Entretanto, sequer junta aos autos algum documento que demonstrem as origens das recargas ou o meio utilizado para a solicitação”, diz o juiz.
Fonte: G1MA

UBES convoca Seminário Nacional de Educação

Nos dias 8 e 9 de junho, em São Paulo, secundaristas discutirão políticas educacionais e definirão prioridades para o ensino médio.

Impossível pensar em mudar o ensino nacional sem a opinião e a participação de quem vive no ambiente escolar diariamente. Por isso, os estudantes secundaristas vão apresentar aos candidatos à presidência da República uma plataforma com as prioridades para a educação brasileira, segundo os próprios jovens.
Estes objetivos serão definidos ao final do próximo Seminário de Educação da UBES, que acontece nos dias 8 e 9 de junho, em São Paulo. A UBES está convocando para o encontro toda sua diretoria plena, formada por quase uma centena de jovens de todo o país, mas o evento é aberto também para qualquer estudante interessado.
>>Inscreva-se aqui para participar do Seminário de Educação
O Seminário de Educação é um espaço de formulação para debater sobre políticas educacionais, realidade das escolas e caminhos possíveis para uma educação pública gratuita e de qualidade. Nestes tempos de duros ataques à área, o tema do encontro será “Construindo a Nossa Escola: Contra a reforma do ensino médio, por uma outra BNCC, para superar os golpes na educação”.
Cadê o PNE?
A ideia principal dos dois dias é entender quais as estratégias necessárias para resgatar o Plano Nacional de Educação, grande pacto nacional de 2014. O documento reúne as metas até 2024, muitas delas hoje esquecidas.
Além da “deforma” de Temer e da Base Nacional Curricular Comum, como o nome do evento sugere, serão debatidas pelos jovens questões atuais como a Lei da Mordaça e o ataques ao Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica).
Os Grupos de Trabalhos acontecem ao longo da sexta e (8/6) e, no sábado (9/6), uma Plenária Final irá definir democraticamente as prioridades e o projeto dos estudantes.
A inscrição tem um valor R$25,00, que dá direito à alojamento e alimentação durante o Seminário. Para participar, os interessados devem preencher seus dados aqui. O pagamento será efetivado na chegada ao local do evento, apresentando um documento com foto.
Fonte: http://googleweblight.com

Morre o professor da UFMA, Sérgio Ferretti

Morreu nesta quarta-feira (23), o professor da Universidade Federal do Maranhão, Sergio Ferretti. O docente estava internado na UTI do Hospital São Domingos e no último dia 7 de maio passou por uma cirurgia. Ele tinha mais de 50 anos dedicado a docência e estudava os costumes, as crenças e as festas populares do país. O antropólogo era membro da Comissão Maranhense de Folclore.
Sergio Figueiredo Ferretti era graduado em Museologia pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) e em História, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ); especializado em Economia do Desenvolvimento e Sociologia do Desenvolvimento pela Université Catholique de Louvain (UCL, Bélgica); possui mestrado em Antropologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e doutorado em Antropologia Social pela Universidade de São Paulo (USP).
Fonte: http://googleweblight.com

PLAN BRASIL FAZ PARCERIA COM SEMED PARA COMBATER VIOLÊNCIA NAS ESCOLAS PÚBLICAS DE PERITORÓ

A Unidade de Programas da Plan e a Secretaria Municipal de Educação de Peritoró – SEMED assinaram na manhã desta segunda-feira (21) um Acordo de Cooperação para implementação do Projeto Aprender Sem Medo. A partir deste mês até novembro, 60 alunos dos 6º, 7º, 8º e 9º anos, na faixa etária dos 11 aos 17 anos, participarão no contraturno escolar de atividades que promoverão um ambiente livre de violência e a igualdade de direitos entre meninos e meninas dentro das escolas. Segundo o coordenador de Projetos e Incidência da Plan Brasil, Clóvis Silva, essa parceria não é apenas uma forma de prevenir e enfrentar o bullying, mas também de conscientizar. “O projeto pretende contribuir na promoção de uma cultura de paz, e esse é um trabalho que envolve toda comunidade escolar. Por isso que além dos estudantes, ainda formaremos professores na temática, para que juntos possam ser multiplicadores.” Além das oficinas temáticas, o Aprender Sem Medo propõe também apoiar a inclusão de medidas de conscientização, prevenção e enfrentamento ao Bullying nos Projetos Políticos Pedagógicos das escolas, em conformidade com a Lei Municipal nº 207/2017. Já a SEMED irá adotar no currículo das séries finais do ensino fundamental o Guia Prático de Bullying Escolar elaborado pela Plan. Afinal, Bullying não é brincadeira!