Blog do Leonardo Alves - Compromissão com o Leitor!

Edson Araújo denuncia invasão e ameaça às terras indígenas do Maranhão

Edson Araújo

Em pronunciamento na sessão de quarta-feira (4), o deputado Edson Araújo (PSB) chamou atenção das autoridades sobre as constantes invasões e ameaças, que estariam sendo feitas pelos madeireiros às terras indígenas do Maranhão.
De acordo com denúncia encaminhada pela Associação Ascalwa ao gabinete do deputado, as terras pertencentes aos índios Guajajaras e Awá Isolados, estão sendo invadidas constantemente por madeireiros.
“Estamos denunciando às autoridades para que tomem providências e evitem danos maiores. Os madeireiros estão invadindo as florestas, e eu tenho certeza que o Ibama não deu licença para que eles façam isso. Eles estão ameaçando e criando conflitos dentro das comunidades indígenas. Alguma coisa precisa ser feita para minimizar esses problemas, que são graves”, disse Edson Araújo.
Os ofícios foram encaminhados para o Ministério Público Federal do Maranhão; Ministério Público do Meio Ambiente do Maranhão; Delegacia  de  Combate  a  Crimes  contra  o Meio Ambiente,   da  Polícia  Federal do Maranhão; Superintendência  do  IBAMA  do Maranhão;  Comando Geral da  Polícia  Militar; Secretaria  dos  Direitos  Humanos e Participação Popular do Maranhão; Secretaria  de  Segurança  Pública do Maranhão; deputado  federal Sarney  Filho; deputado  federal Roberto de Lucena; FUNAI e para a  Procuradoria-Geral da República.
Guardiões das florestas
A Associação Ascalwa, que existe há anos, está comprometida e engajada na luta pela proteção territorial das terras e povos indígenas. Por isso, ao tomar conhecimento das invasões e ameaças, procurou o deputado Edson Araújo para ajudar nessa luta.
“Esse território – que pertence ao povo Guajajara e aos Awá Isolados – constantemente está sendo invadido por madeireiros ilegais, de uma forma alarmante, colocando em risco as florestas, as nascentes e, principalmente, os Awá Isolados. Se não forem tomadas as devidas providências para a proteção das terras indígenas, todos os Awá serão extintos de uma forma desumana e covarde”, diz o documento elaborado pela Associação Ascalwa, que está preocupada com a segurança dos agentes ambientais (guardiões das florestas) da terra indígena Araribóia, no Maranhão.
De acordo com o documento, os guardiões indígenas estão recebendo ameaças dos madeireiros.  “Nossos guardiões precisam de apoio imediato, de recursos e equipamentos necessários para continuarem a desenvolver o trabalho de proteção de suas terras. Precisam, também, que as equipes se desloquem para essas áreas conflitantes, a fim de combater e expulsarem das terras indígenas esses infratores das leis”.
Nice Moraes / Agência Assembleia

Eliane Figueiredo assume a presidência do MDB e lança Biné pré-candidato a deputado estadual

Ontem à noite em grande festa política foi empossada a diretoria provisória do MDB (antigo PMDB) que tem agora no comando a ex-primeira-dama Eliane Figueiredo.

A ex-governadora e pré-candidata Roseana Sarney elogiou.

“Eliane assumiu o MDB, acredito que o MDB agora vá pra frente em Codó porque tava um pouco parado e que agora com essa animação, com este entusiasmo nós vamos, realmente, poder fazer uma pré-campanha e depois uma campanha muito melhor’, disse à imprensa Roseana

Já a presidente provisória se disse lisonjeada pelo convite e pronta para a luta.

Aproveitou o momento para dizer que Camilo Figueiredo não estava na festa porque estava com a esposa doente no hospital ao mesmo tempo em que foi a responsável pelo anúncio de que Biné será, mesmo, o candidato a família a deputado estadual este ano.

Fonte: Blog do Acélio