Blog do Leonardo Alves - Compromissão com o Leitor!

XVIII Simpósio de Letras é realizado na UEMA Campus Caxias

Professores e acadêmicos do Curso de Letras Campus Caxias realizaram a 18ª edição do Simpósio de Letras, no período de 3 a 6 de julho.

Palestras, mesas redondas, minicursos, oficinas, exposições, lançamentos e sorteios de livros fizeram parte da programação, além da apresentação de trabalhos no auditório, salas e corredores do campus.

A professora Joseane Maia Santos Silva, uma das organizadoras, constatou que o evento cresceu muito: “Começamos tímidos, há 18 anos, com o desejo de nos tornarmos grandes. A história se consolidou por causa de nossos alunos, que se empenham. Nosso departamento tem a característica de realizar eventos de forma conjunta”.

Um dos assuntos tratados no Simpósio foi a relação entre Música Popular Brasileira, sociedade e discurso. De acordo com o palestrante, o Doutor em Educação, Nelson Costa, “a música popular é uma forma de linguagem”.

“Com a linguagem podemos mudar situações. Linguagem é ação e pressupõe tomada de posição”, disse o professor.

Uma exposição fotográfica intitulada “A Cidade e os Olhos” mostrava parte do acervo de Sinésio Santos (que com seu pioneirismo tornou-se referência na cidade).

Acadêmicas do 4º Período usaram cartazes para apresentar pesquisas sobre gêneros20180703_152021 literários e responderam perguntas dos visitantes. A professora Solange Santana Guimarães Morais, Diretora do Curso de Letras, que orientou alguns desses trabalhos e fez parte da comissão organizadora, falou do objetivo do Simpósio: “Além da divulgação que os acadêmicos fazem de seus trabalhos, eles interagem com alunos de outros departamentos. Isso ajuda a motivar os discentes na realização de mais trabalhos, pois eles se sentem recompensados. Além disso, ex-alunos do CESC/UEMA participam, o que reforça esse trabalho de interação. O Simpósio está na 18ª edição e tornou-se tradicional. A edição de 2019 será realizada dentro de outro evento –o ENAELL (Encontro Nacional de Estudos Linguísticos e Literários), que ocorre a cada 2 anos”.

Para Talia, que está no 4º período, expor trabalho no Simpósio significa adquirir conhecimento: “Eu não fazia ideia do que era arcadismo, corrente literária que expliquei. Agora sei que este é o curso que quero fazer. Escolhi a área certa”.  

No encerramento, a Profa. Me. Risoleta Freitas falou de Literatura e Semiótica, fazendo uma análise da diversidade cultural nos sambas enredo da Escola Beija-Flor, tema de seu trabalho de mestrado. “Nesse encontro cultural não há sobreposição de uma cultura sobre outra. Além de Carnaval, meu intuito é falar da semiótica da cultura (signos). A linguagem e a cultura não existem separadas. Sem linguagem não é possível pensar em enredo, tema, samba-enredo, etc. Tudo se dá através do diálogo entre diferentes manifestações culturais”.  

exposição             

 

UEMA

O lugar certo para cuidar da sua motocicleta é na JL MOTO PEÇAS

Você que procura a melhor oficina para dar aquela manutenção na sua motocicleta, e não sabe onde encontrar um bom atendimento, mecânicos qualificados, serviços de qualidade, agora não precisa procurar mais, é só ir para a JL MOTO PEÇAS.

Só na JL MOTO PEÇAS você encontra tudo em um só lugar. Temos uma oficina completa e com atendimento diferenciado. Nosso endereço: Avenida Vitorino Freire 240 -Bairro Santa Filomena. – Codó-MA, telefone (99)9-88493304

Câmara dos Deputados celebra o Dia do Bombeiro Militar

Em homenagem ao dia do bombeiro militar, comemorado no último dia 2 de julho, a Câmara dos Deputados realizou, nesta segunda-feira (9), sessão solene requerida pelos deputados Izalci Lucas (PSDB-DF), Alberto Fraga (DEM-DF) e Subtenente Gonzaga (PDT-MG).

Bombeiros são instituição mais confiável segundo pesquisa nacional realizada pelo Ibope

Em discurso lido no Plenário, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), destacou a forte presença dos bombeiros militares na vida dos cidadãos. “Eles atuam intensamente, realizando os primeiros socorros em acidentes de trânsito, afogamentos, tentativas de homicídio ou suicídio, fazendo parto de mulheres que não conseguem chegar a tempo no hospital. Além disso, resgatam animais domésticos e silvestres nas mais variadas situações”, exemplificou.
O deputado Izalci Lucas também reforçou que a atuação dos bombeiros não se limita ao combate ao fogo. “Nossos bombeiros são preparados para salvar vidas e proteger o patrimônio público e privado. É deles também a responsabilidade de fiscalizar prédios públicos e privados para prevenir tragédias e garantir segurança aos cidadãos e cidadãs que ocupam e circulam por esses lugares”, lembrou
A deputada Érika Kokay (PT-DF) expressou, em nome de seu partido, o reconhecimento pela função que os bombeiros desenvolvem. “Estamos aqui em sinal de eterna gratidão para que os bombeiros continuem exercendo o resgate e defesa da vida, mas, fundamentalmente, para que nós tenhamos o respeito de todos os governantes para com estes profissionais”, pediu.
A deputada exaltou a humanidade do trabalho do corpo de bombeiros. “Talvez não tenhamos uma profissão ou profissionais que lidam de forma tão igual com todas as pessoas. Quando um bombeiro vai atender alguém, ele não olha a cor da pele, ele não olha se a pessoa tem ou não qualquer tipo de característica que considere e reafirme a nossa diversidade. Ele atende. Só vê o ser humano”, finalizou.
Surgimento
Os primeiros registros dos serviços do Corpo de Bombeiros no Brasil surgiram em 2 de julho de 1856, quando o imperador Dom Pedro II assinou um decreto que instituiu a corporação com o objetivo de diminuir os incêndios no país. Por isso, a alusão aos bombeiros remete sempre ao combate heroico de incêndios e outras catástrofes.
No entanto, segundo Rodrigo Maia, o maior contingente de vidas salvas por esses profissionais está no trabalho que eles realizam cotidianamente, “sem alarde, prevenindo situações trágicas, evitáveis graças à adoção de medidas simples de segurança”.
Prestígio
Durante a solenidade, Maia também lembrou do prestígio social que os bombeiros carregam. “Ano após ano, desde 2009, a sociedade brasileira aponta o corpo de bombeiros militares como a instituição mais confiável do país em pesquisa nacional realizada pelo Ibope”, disse.
Câmara Notícias

ROBERTO ROCHA LANÇA GABINETE MÓVEL PARA PERCORRER CIDADES MARANHENSES

O senador Roberto Rocha (PSDB), pré-candidato ao Governo do Estado, tem percorrido várias regiões do Maranhão. Entretanto, pretende intensificar as viagens, para isso, criou o Gabinete Móvel, instalado em um moderno ônibus com dois pavimentos, espaço para reunião, poltronas confortáveis e internet.

A estrutura viabilizará o contato direto com os maranhenses em suas próprias cidades. Segundo Roberto Rocha, “a ideia é conhecer a realidade dos maranhenses em sua própria localidade. Por que para governar é preciso conhecer o Maranhão, em suas diversidades, alegrias e dificuldades”, disse.

O ônibus já está percorrendo as cidades maranhenses com a comitiva de pré-candidatos do PSDB. As primeiras cidades a receberem a visita do ônibus foram Lima Campos, Pedreiras e Trizidela do Vale.
O “gabinete móvel” é equipado com internet e tem trabalhos coordenados pela juventude do PSDB.

 

Mutuários inconformados com a situação do Residencial Timbirano reúnem-se e criam associação

Após quase um ano com as obras paradas, mutuários do Residencial Timbirano realizam reunião e criam associação, entenda o caso.

Em meados de setembro de 2017 o Instituto de Apoio Comunitário (IAC), responsável pelas obras das 100 casas do Residencial Timbirano, conseguiu na justiça liminar de reintegração de posse em desfavor do construtor da obra Sr. Jahyrê Machado Júnior.

Ocorre que, o construtor através de seu advogado Dr. José Walterby Nunes Silva, conseguiu na justiça revogar a liminar poucos dias depois, retomando a posse das 100 casas do Residencial Timbirano ao construtor.

Inconformados com a paralização por cerca de quase um ano, nesta manhã 08 de julho de 2018, os beneficiários realizaram reunião em conjunto com o construtor e seu advogado e deliberaram a criação de nova associação para retomada das obras.

Segundo documentação apresentada ao Blog, o IAC e seu presidente Clodoaldo Monteles da Silva, enfrentam na justiça inúmeros ações em decorrência de falta de pagamentos dos fornecedores e prestadores de serviços.

Com a palavra o IAC e seu presidente.