Conselho Municipal de Juventude de Codó sofre com falta de estrutura

Comentários 1

Para um bom funcionamento, o Conselho Municipal de Juventude precisa de algumas estruturas mínimas, como uma sala ampla para as reuniões de sua composição; computador e internet, que possam ser utilizados recursos para viabilizar a participação de seus membros em eventos relevantes como; reuniões, assembleias e outras atividades.

Desde o início da gestão de Nagib, o Conselho vem lutando por sua estruturação. O Blog do Leonardo Alves já informou aqui sobre esta situação. Infelizmente, temos que que continuar persistindo em um problema fácil de se resolver. É importante frisar mais uma vez, que na gestão do ex prefeito Zito, foi criada a Secretaria Municipal de Juventude, que atualmente é um departamento ligado a Superintendência de esporte e lazer, que tem como coordenador o cidadão que chama- se Valdeci Calixto. Departamento este que tem mais mídia que trabalhos. Enquanto o departamento tem toda estrutura, o Conselho de juventude não tem nenhum computador para imprimir suas documentações. Quais seriam os motivos de Nagib não priorizar a juventude em seu governo? O cara diz ser o prefeito da juventude. Será?

É de responsabilidade do poder público dá estrutura aos conselhos municipais. A prefeitura propôs 3 espaços para instalação do conselho, mas os locais não tem acessibilidade para as pessoas com deficiência, e por isso, os conselheiros não aceitaram os prédios propostos pela prefeitura.

O Conselho tomou posse no dia 16 de novembro de 2017, e o prefeito sequer meteu a cara no ato de posse. Como sempre inventando viagens, mandando representantes que não entende sobre políticas públicas para juventude. Os conselheiros continuam jogados nas salas alheias, ocupando espaço durante a realização de reuniões por falta de um local fixo. O CMJ precisa ter uma sede para se reunir e atender a juventude.

Novo Conselho Municipal de Juventude – posse em 2017.

Uma resposta para “Conselho Municipal de Juventude de Codó sofre com falta de estrutura”

  1. Estive conselheiro de 2015 a 2017 e este problema que o blogueiro e também Coselheiro do CMJ de Codó, o senhor Leonardo denucia é muito antigo. Entretanto, nós tínhamos outras demandas que demandaram empenho, e dentre elas a elaboração e a aprovação do Regiamento Interno do CMJ e a frequência dos membros do Conselho Municipal de Juventude que era mínima. Situação solucionada em parte em virtude da aprovação do Regiamento Interno do CMJ de Codó no final do ano de 2016.
    O problema agora era lutar pela sede e infelizmente a gestão de diálogo já havia mudado. Encaminhamos vários ofícios para o gestor municipal solicitando uma reunião do CMJ e prefeitura. Porém, até o dia 16/11/17 não tivemos retorno.

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com