Blog do Leonardo Alves - Compromisso com o Leitor!

Dicionário de travestis é abordado em prova do ENEM

Milhões de estudantes brasileiros participaram no domingo (4) do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Como ocorreu em outros anos, perguntas com alto teor ideológico chamaram a atenção.

Na prova de Linguagens, por exemplo, havia uma que abordava um dicionário criado somente para o vocabulário usado por travestis. A questão pedia que os candidatos “decodificassem” o que era dito. “Nhai, amapô! Não faça a loka e pague meu acué, deixe de equê se não eu puxo teu picumã! Entendeu as palavras desta frase? Se sim, é porque você manja alguma coisa de pajubá, o ‘dialeto secreto’ dos gays e travestis”.

 

Outras questões de interpretação abordavam “temas de interesse social”, como racismo e violência contra a mulher.

O professor do COC, Everton Silva, revelou ao O Globo que uma das questões utilizou “o resumo de um trabalho acadêmico que falava sobre como o negro era visto pela indústria de produtos de beleza, que reforçava a beleza do negro como menor e, por isso, que era necessário usar esses produtos para alcançar um certo padrão”.

Segundo ele, trata-se de um texto que se posiciona em relação a uma questão social. Em uma das provas, foi abordado o feminismo, mais especificamente com um recorte em relação às mulheres negras. Outra questão tratou sobre o nazismo.

 

Gospel Prime

Categoria: Notícias

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*