ERA SÓ O QUE FALTAVA: Pacientes do HGM estão proibidos de assistir canais de oposição ao governo Nagib

Comentários 1

Hospital Geral Municipal – HGM

Em meio à diversos problemas no Hospital Geral Municipal (HGM), segundo uma fonte fidedigna, pacientes estão proibidos de assistir canais de oposição ao governo de Nagib. A fonte denuncia a direção do hospital, que segundo informações, um cidadão estava assistindo um canal de oposição ao governo, quando foi chamado atenção por um vigilante, pedindo ao mesmo a mudança de canal, e caso não mudasse o canal teria que comunicar a direção e que só podem assistir somente a FC TV (TV do prefeito).

ERA SÓ O QUE FALTAVA! Vivemos em um estado democrático de direitos e de acordo com a constituição federal, que é a lei maior, que rege ao ordenamento jurídico, se fala que vivemos em um estado democrático de direitos em seu artigo Artigo 5°, inciso IV, a constituição federal assegura a liberdade de pensamento, liberdade de expressão e reprimindo esse direito, obviamente a direção do hospital está ferindo os direitos constitucionais.

Portanto, meus queridos leitores, o que o HGM está fazendo é um ato inconstitucional, uma vergonha e total desrespeito com os pacientes. Até o fechamento desta matéria, a direção não se pronunciou.

Uma resposta para “ERA SÓ O QUE FALTAVA: Pacientes do HGM estão proibidos de assistir canais de oposição ao governo Nagib”

  1. É uma vergonha isso aí, temos que nos levantar vê ir para as ruas, HGM precário e a UPA qua já foi referência agora totalmente sucateada, e lamentável!

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com