Blog do Leonardo Alves - Compromissão com o Leitor!

Governo nega apoio a Federação de Jiu-Jistu e Cézar Bombeiro apoia Campeã Sul-Americana

 

O governador Flavio Dino já começou a colocar em prática a sua decisão de retirar entidades da sociedade civil do Conselho Estadual de Esporte e Lazer, no que contou o apoio irrestrito dos deputados estaduais que compõem a sua base e que são de obediência impar.

               A Federação Maranhense de Jiu-Jitsu solicitou a Sedel, a concessão de um ônibus para levar a delegação maranhense para participar do Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu em diversas categorias. O que a princípio estava acertado, simplesmente foi desfeito, logo depois que a Assembleia Legislativa do Estado, aprovou solicitação do Governo do Estado, estabelecendo que o Conselho, será doravante formado apenas por entidades governamentais, que terão o direito de indicar as pessoas para comporem os cargos de direção e assessoramento da Sedel.

                 O vereador Cézar Bombeiro ao ver uma jovem com os seus pais e amigos vendendo água em um semáforo na Cohama, notando que ela recentemente foi Campeã Sul-Americana, decidiu conversar com ela e seus pais. Ao tomar conhecimento da atitude do Governo do Estado, que vai causar uma séria frustração a muitos jovens e adolescentes, a maioria que não tem condições de ir competir em São Paulo.

                Andressa Raquel , recentemente sagrou-se Campeã Sul-Americana  de Jiu-Jitsu na categoria Infanto-Juvenil e também passou para a categoria entre 65kg para 69kg, representando com muita competência e amor o Estado do Maranhão. Os seus pais André Vieira Pitombeira e Sara Raquel Silva, decidiram apoiar a atitude da família em correr atrás do sonho de chegar mais longe nas competições esportivas do Jiu-Jsitu. Eles ficaram bastante emocionados com a atitude do vereador Cézar Bombeiro. Andressa Raquel é neta da professora Rosalina e do mestre Abade Alfaiate, que são da cidade de Viana e que por coincidência são conhecidos dos familiares do vereador.

               César Bombeiro garantiu que vai ajudá-la a ir para São Paulo no final de abril para participar do Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu, além de lamentar profundamente pela atitude da Sedel, em destruir sonhos de muitos jovens e adolescentes. São marcas profundas e uma frustração dolorosa, que toca a sensibilidade de pais e famílias, afirmou Cézar Bombeiro

Fonte:  http://blog.oquartopoder.com

Categoria: Notícias