PACIENTE RELATA MAL ATENDIMENTO DO MÉDICO FRANCISCO OLIVEIRA NO HGM

Comentários 1

 Na tarde desta terça-feira, o blog do Leonardo Alves foi procurado por M. I. S., que faz uma reclamação sobre mal atendimento na emergência do Hospital Geral Municipal (HGM).

O FATO

 M. I. S., de 22 anos de idade, foi ao HGM com sua filha M. H. de 08 meses, que estava gripada e com febre. Mãe e a filha precisavam de atendimento.

 Segundo M. I. S., esteve no HGM às 17:40 na busca de atendimento. A mesma disse que ao chegar na entrada da emergência uma atendente perguntou se a filha estava com febre e não mediu a temperatura da criança. Em seguida se dirigiu na sala do médico Francisco, onde o mesmo disse que não iria fazer nenhum procedimento porque a criança não estava doente, que o médico é ele, que já tem mais de 40 anos de serviços, sendo que o médico não tocou nenhum dos seus dedos na criança para examina-lá.

 M. I. S. pediu ao médico que atendesse sua filha, caso contrário iria procurar os meios de comunicação para reclamar e denunciar o mal atendimento. Após pedido da mãe, resolveu preencher a ficha de SPA. M. I. S. saiu chateada e indignada com a forma de tratamento que recebeu que acabou trazendo até a ficha de SPA, que deveria ficar no hospital no registro de atendimento. Ao chegar em casa, foi à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), as 23:50hs para buscar atendimento.

 Entramos em contato com Ester Moura, Diretora do Hospital. A Diretora informou que o caso foi notificado.

Uma resposta para “PACIENTE RELATA MAL ATENDIMENTO DO MÉDICO FRANCISCO OLIVEIRA NO HGM”

  1. Meus caros amigos, a saúde pública do município de Codó é publicada pelos meios de comunicação que tem por objetivo favorece ao Governo de FN. Maus tratos no HGM é uma rotina que propaga diariamente, infelizmente os profissionais que atuam nesse instituição são humanamente despreparados para lidar com situações de relações humanas e sociais. O SUS tem uma legislação, parte dos nosso impostos são direcionados ao SUS, por isso o cidadão é consumidor do SUS sendo assim protegido pelo CDC(Código de Defesa do Consumidor) desde um bom atendimento hospitalar até cirurgias de alta complexidade. Caso o municipio ou estado não disponibilize na sua UF o mesmo é obrigado a custear todas as suaa dispesas na rede privada.
    Infelizmente a maioria dos cidadãos desconhecem esses direitos, caso você se sinta lesado pelo poder público procure a defensoria pública, processe-os por danos morais exiga idenização.

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com