Governador FLÁVIO Dino passa ‘voando’ por Codó rumo a Coroatá

A aeronave trazendo o governador pousou no Aeroporto FC em Codó, por volta das 8h30 da manhã de hoje. Flavio Dino foi recepcionado pelo prefeito Francisco Nagib, acompanhado de vereadores e secretários municipais.

Flávio Dino foi recebido por Francisco Nagib (foto do Correio Codoense)

O governador veio à região para inaugurar o Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) em Coroatá. Flávio Dino falou aos jornalistas e afirmou que no mês que vem, virá a Codó para fazer inaugurações e apresentar projetos de investimentos do governo estadual em parceria com a prefeitura, inclusive sobre a educação.

Flávio Dino foi recebido por Francisco Nagib (foto do Correio Codoense)

“Nós termos uma agenda na cidade de Coroatá, que é uma escola de tempo integral e vou a Afonso Cunha que vamos inaugurar a estrada Afonso Cunha/Coelho Neto. E ao mesmo tempo tenho a alegria de ser recebido pelo prefeito Francisco Nagib. Relativo a Codó tivemos eventos importantes nos últimos dias, e temos muitas novidades que estão em curso, relativo à cidade de Codó, e quero vir já aqui no próximo mês para que a gente faça o lançamento de obras, início de obras, inaugurações”, disse o governador.

O prefeito Francisco Nagib falou de como essa parceria entre Estado/Município vai beneficiar o povo codoense. “Eu só tenho a agradecer ao apoio do Governo do Estado porque esse povo humilde da cidade de Codó espera muito que as políticas públicas cheguem até a população. Então, eu agradeço muito governador Flávio Dino pela forma com que o senhor tem nos recebido, e tem se preocupado com Codó. É assim, com essas parcerias que a gente vai conseguir melhorar a qualidade de vida de nosso povo”, disse Nagib.

Do Aeroporto Flávio Dino embarcou a bordo de outra aeronave, de helicóptero, o governador seguiu para Coroatá cumprir agenda de inaugurações nesta terça-feira, em seguida irá para Afonso Cunha inaugurar a estrada que liga o município a Coelho Neto.

Por Francisco Oliveira/Correiocodoense

Sinal da Claro não está funcionando em Codó.

Sinal da Claro não está funcionando  em Codó
Um de nossos leitores, entrou em contato com  este  blog, solicitando  divulgação, que o sinal da Operadora Claro não está funcionando desde Sexta-feira (17), deixando prejuízos, transtornos,  atrasos para quem utiliza o serviço para o trabalho. Uma das grandes  reclamações de desrespeito e violação dos direitos do consumidor estão relacionadas a operadoras de telefonia celular. Alguns usuários até questionam que quando o cliente atrasa o pagamento de fatura, a operadora passa o dia quase todo ligando incansavelmente para fazer cobranças e que quando o cliente reclama sobre a má prestação de serviços não são atendidos. Abaixo segue print enviado ao blog.

Professor Wolney Campos: Como amar essa Pátria?

Prof. Wolney Campos Graduado em Pedagogia, Especialista em metodologia do Ensino Superior, Gestão e Supervisão Escolar.

O Brasil viveu um momento de transição política, com a saída de Dilma e a ascensão de Temer à presidência. Há que se analisar o governo Dilma e os inúmeros programas sociais desenvolvidos na sua gestão. Os programas sociais envolvem educação, saúde, habitação,transporte e tudo o que fiz respeito ao bem-estar do povo brasileiro. Muitos dizem que esses programas são alienatórios, deixando as pessoas ” viciadas” em apenas ” receber”.
Para as vozes discordantes, é importante lembrar que milhões de crianças não frequentam a escola ou a abandonam antes mesmo de aprender a ler e escrever corretamente; milhões estão à procura de trabalho mas sem oportunidades; milhões estão morrendo por doenças relacionadas à pobreza e à situação de extrema vulnerabilidade social em que se encontram. Com a ausência desses programas, esse quadro só tende a evoluir.
O atual presidente propõe Emendas Constitucionais (PEC’s) que negam ao povo direitos inalienáveis. A Reforma do Ensino Médio, retira da grade curricular as disciplinas de Filosofia e Sociologia, entre outras, que levam o aluno a pensar e se posicionar enquanto cidadão crítico,reflexivo e participativo, o que não é de interesse  das classes dominantes.
A Reforma da Previdência é uma afronta ao trabalhador brasileiro, com uma proposta de aposentadoria que o levaria a se aposentar numa idade em que já não teria nem mesmo condições físicas de ir a um banco receber seu benefício. São apenas algumas colocações entre as diversas implicações dessas propostas absurdas e aviltantes ao povo brasileiro e aos seus direitos.

Deixamos um questionamento para que você se posicione enquanto cidadão:
Como você vê o atual contexto político brasileiro, sabendo que essas medidas acabarão por  massacrar e subjugar ainda mais os cidadãos brasileiros que trabalham, estudam, num país onde a maioria das pessoas lutam, simplesmente , para sobreviver, sem muitas oportunidades e perspectivas?

Prof. Wolney Campos

SISU 2017: IFMA divulga procedimentos e datas para Lista de Espera

Candidatos da lista de espera devem manifestar interessa nas vagas presencialmente no campus de oferta.

Imagem relacionada

O Instituto Federal do Maranhão (IFMA) divulgou os procedimentos e prazos para a convocação de candidatos a vagas em seus cursos de graduação por meio da Lista de Espera do SISU 2017. O edital estabelece que os interessados devem comparecer ao campus para o qual se inscreveram no período de 20 a 23 de fevereiro, munidos de documento oficial de identidade e CPF, a fim de manifestar interesse em concorrer a uma das vagas remanescentes.

Clique aqui para acessar o edital.

As vagas disponíveis estão especificadas de acordo com curso, turno e cota. A classificação será feita de acordo com a nota no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2016) e a divulgação da primeira convocação está prevista para o dia 6 de março. Outras três convocações poderão ser feitas, caso ainda haja vagas remanescentes.

Há vagas em 19 cursos de graduação tecnológica, licenciatura e bacharelado nos campi de Açailândia, Alcântara, Bacabal, Barreirinhas, Buriticupu, Caxias, Codó, Imperatriz, Santa Inês, São João dos Patos, São Luís – Centro Histórico, São Luís – Maracanã, São Luís – Monte Castelo, São Raimundo das Mangabeiras, Timon e Zé Doca. O quadro geral de vagas pode ser consultado no Anexo I do Edital PROEN nº 04/2017.

Fonte: Por Portal IFMA

Governo paga youtubers para fazer elogios às mudanças do ensino médio

https://www.youtube.com/watch?v=ENIPdSbuafA

Um vídeo no YouTube que explica “tudo que você precisa saber sobre o ensino médio” já tem mais de 1,6 milhão de visualizações. Com conclusões positivas sobre a reforma, o material tem a aparência de espontaneidade, mas trata-se de publicidade disfarçada do MEC (Ministério da Educação).

O governo Michel Temer pagou R$ 65 mil para o canal Você Sabia falar bem da reforma. Comandado por dois jovens, o canal no YouTube conta com 7,1 milhões de assinantes.

No vídeo, publicado em 31 outubro de 2016, os youtubers Lukas Marques e Daniel Molo explicam benefícios da reforma. “Com esse vídeo você aí deve estar dando pulo de alegria. Se eu tivesse que fazer o ensino médio e soubesse dessa mudança eu ficaria muito feliz”, diz um deles.

Nada no vídeo diz que se trata de conteúdo pago. Pelo contrário. “A gente achou o tema bastante interessante, uma galera [estava] discutindo nas redes sociais, e então falamos: deixa com nós que a gente explica direitinho”, reforça um deles no final.

A reforma no ensino médio foi sancionada nesta quinta-feira (16) pelo presidente Michel Temer. O governo acelerou a tramitação no Congresso Nacional por meio de uma medida provisória.

Os youtubers ressaltam aspectos do projeto, como a possibilidade de escolher as áreas de aprofundamento. “Você ai que quer trabalhar com história, não vai ficar perdendo tempo com célula”.

Daniel Miolo afirmou que frequentemente trabalham com conteúdo patrocinado. Quando julgam que o resultado será “interessante”.

“A gente já ia fazer um vídeo sobre o novo ensino médio. Como recebemos a proposta, decidimos aceitar”, diz Molo, que não comentou valores. “Recebemos uma coxinha e um refrigerante em troca”, brincou.

https://www.youtube.com/watch?v=buAkicqxOAg

O canal do youtuber Pyong Lee também produziu um vídeo sobre o novo ensino médio, com 86 mil acessos (veja acima). Procurado, o MEC ainda não confirmou o valor pago por esse conteúdo.

Os dois canais estão associados à produtora Digital Stars, que encomendou os vídeos. A empresa representa alguns dos youtubers mais bem-sucedidos do Brasil, como Kéfera Buchmann, Christian Figueiredo, Felipe Castanhari e Flavia Calina.

“Uma das condições incluídas pela Digital Stars foi dar os influenciadores total liberdade sobre o teor de suas opiniões sobre a reforma do ensino médio, sem a necessidade de seguir qualquer roteiro ou diretriz política”, afirmou à Folha o CEO da Digital Stars, Luiz Felipe Barros.

Em seu vídeo, Pyong Lee afirma: “Sinceramente, acho que [com a reforma] a gente tem um caminho, uma luz. O fato de haver uma preocupação em relação à educação, o que há muito tempo a gente não vê, é positivo e inovador, independente do que deve ser reformado.”

A Folha apurou que outros dois canais foram procurados, mas ambos recusaram as propostas.

Segundo o MEC, canais de influenciadores digitais complementam a estratégia de comunicação institucional. A pasta informou que o pagamento foi realizado dentro da legalidade, por meio da agência já escolhida por licitação para atender o MEC.

Para rebater críticas à reforma, o MEC reforçou o gasto com publicidade. De outubro a janeiro, gastou R$ 13 milhões, valor 51% superior ao gasto no período anterior.

Ao menos até esta quinta-feira (16), propagandas oficiais na TV, rádio e internet divulgavam a reforma do ensino médio.

Fonte: Por Folha de S.Paulo