Blog do Leonardo Alves - Compromisso com o Leitor!

Edital TJ MA PUBLICADO – confira todos os detalhes do certame

O edital TJ MA foi divulgado nesta quarta-feira. Com muitas oportunidades para nível médio e superior, a equipe do Direção Concursos trouxe todos os detalhes importantes do novo certame. As inscrições começam no dia 5 de agosto e vão até o dia 28 do mesmo mês.As provas ocorrerão no dia 29 de setembro. A banca organizadora é a FCC.

Não perca nossa análise de edital amanhã, às 09 horas! Não deixe de clicar no evento e “Definir Lembrete” no sininho.

Leia um resumo básico do novo certame:

  • Banca: FCC
  • Cargos: Analista Judiciário, Técnico Judiciário e Oficial de Justiça
  • Vagas: 63 + CR
  • Escolaridade: nível médio e nível superior
  • Remuneração inicial: por volta de R$ 8 mil
  • Taxa de inscrição: R$ 100 para nível superior e R$ 70 para nível médio
  • Período de inscrição: 5 de agosto a 28 de agosto
  • Data das provas: 29 de setembro
  • Pacotes completos para TJ MA aqui
  • Confira o edital na íntegra aqui

Aqui, você também poderá conferir:

  • cargos e número de vagas
  • remuneração
  • estrutura e matérias das provas

Cargos e número de vagas

O edital oferece 63 vagas imediatas e registro em Cadastro de Reserva para os cargos de Analista Judiciário, Técnico Judiciário e Oficial de Justiça. Confira abaixo nas tabelas:

ANALISTA JUDICIÁRIO

analista judiciario tj ma
edital tj analista judiciario 2
edital tj ma analista 3

OFICIAL DE JUSTIÇA

TÉCNICO JUDICIÁRIO

Remuneração inicial

O vencimento básico do Oficial de Justiça é de R$ 6.883,85, mas pode chegar a R$ 9.917,43. Esses valores não são acrescidos das gratificações e auxílios. Conheça abaixo a progressão da carreira de oficial:

Tomando como base os outros cargos ofertados no edital, a remuneração inicial é por volta de:

  • analista judiciário: inicial de R$8.230,35
  • técnico judiciário: inicial de R$3.927,72

Além desses valores, o servidor do TJ MA tem direito ao auxílio-alimentação de R$ 885, auxílio-transporte, auxílio pré-escola, auxílio saúde e entre outros.

Confiras as disciplinas e etapas do certame exigidas

As provas de todos cargos cobram 30 questões de Conhecimentos Gerais e 30 de Conhecimentos específicos. A área de Conhecimentos Gerais consta o conteúdo abaixo para todas as especialidades:

  • Língua Portuguesa
  • Raciocínio Lógico Matemático
  • Noções de Informática
  • História e Geografia do Estado do Maranhão
  • Organização Judiciária Estadual

OFICIAL DE JUSTIÇA

Os conhecimentos específicos para Oficial de Justiça são:

  • Direito Administrativo
  • Direito Constitucional
  • Direito Civil
  • Direito Processual Civil
  • Direito Penal
  • Direito Processual Penal

As etapas serão as seguintes:

etapas edital tj ma

ANALISTA JUDICIÁRIO – DIREITO

Os conhecimentos específicos para Analista Judiciário são:

  • Direito Administrativo
  • Direito Constitucional
  • Direito Civil
  • Direito Processual Civil
  • Direito Penal
  • Direito Processual Penal

As etapas serão as seguintes:

edital tj ma analista direito

TÉCNICO JUDICIÁRIO – ÁREA ADMINISTRATIVA

Os conhecimentos específicos para Oficial de Justiça são:

  • Noções de Administração
  • Noções de Administração Pública
  • Noções de Administração Financeira e Orçamentária
  • Noções de Direito Administrativo
  • Noções de Direito Constitucional

As etapas serão as seguintes:

 

direcaoconcursos

Abaixo-assinado por Lula livre supera as 100 mil adesões

A terceira edição do Mutirão Lula Livre, realizado no último fim de semana, mobilizou milhares de pessoas por todo o país, com a realização de centenas de atividades e a coleta de assinaturas pela anulação dos julgamentos do ex-presidente. Foi montada uma banca do movimento em Berlim (Alemanha). A intenção da organização do mutirão foi também dialogar com a população, para esclarecê-la sobre a perseguição promovida pela cúpula da Lava Jato e pelo ex-juiz Sergio Moro a Lula. O abaixo-assinado, segundo os organizadores, já soma mais de 100 mil assinaturas.

Lideranças petistas consideram que a liberdade de Lula depende de uma ampla mobilização popular, envolvendo termas como soberania nacional, justiça e democracia, com um trabalho de “corpo a corpo, de ir aonde o povo está, retomando a prática do trabalho de base da esquerda brasileira”, segundo o PT.

A campanha pela anulação das ações tem a adesão de várias personalidades de expressão mundial. São os casos do ministro e economista chileno Carlos Ominami, do ex-chanceler argentino Jorge Taiana, do ex-primeiro ministro italiano Massimo d’Alema. O linguista e filósofo Noam Chomsky, o ex-ministro das Finanças do governo Tsipras, da Grécia, Yanis Varoufakis, e a líder do movimento alter-globalização, Vandana Shiva, também apoiam o movimento. O ex-presidente uruguaio Pepe Mujica e o líder da social- democracia alemã Martin Schulz, assim como o ex-secretário Geral da Unasul, Ernesto Samper, também aderiram ao abaixo-assinado.

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, e o governador do Maranhão, Flávio Dino, que contemplaram o mutirão realizado em seus estados, estão entre as lideranças brasileiras que assinam o documento.

O Mutirão Lula livre iniciou as atividades em São José dos Campos, com o Sarau Lula Livre, na sexta-feira (26). Um dia antes, o Comitê Lula Livre participou da 5ª Feira da Reforma Agrária, em Salvador, onde estiveram presentes inúmeras organizações que militam pela liberdade do petista.

O estado de São Paulo concentrou a maior quantidade de cidades que desenvolveram atividades no sábado, como a própria capital, Mogi das Cruzes, Carapicuíba, Ubatuba, Araçatuba e Pindamonhangaba, entre outras. De acordo com o comitê, houve “coleta massiva de assinaturas” ao abaixo-assinado pela libertação do ex-presidente.

Na capital da Paraíba, João Pessoa, os organizadores do mutirão foram convidados a utilizar um trio elétrico e hastear a bandeira Lula Livre, otimizando o diálogo com a população do bairro Mangabeira, o mais populoso da cidade.

“A aceitação foi maravilhosa. Ainda tivemos a ajuda de uma companheira que trabalha com propaganda e sempre está aqui com um trio elétrico. Ela pediu pra subir com a bandeira de Lula e tivemos a oportunidade de circular pelo bairro neste trio elétrico, fizemos a leitura do panfleto e conseguimos explicar amplamente no bairro o porquê de Lula ser um preso político”, disse Cely Andrade, do comitê.

Em Alagoas o comitê estadual visitou cidades em todo o interior do estado, durante o mês de julho. Em Santa Catarina, foi fundado um comitê local. Em Brasília, a atividade se concentrou na Feira da Diversidade LGBT.

 

Instituto Lula

OAB Maranhão promove curso sobre novos métodos de Mediação e Arbitragem na Advocacia na Subseção de Açailândia

Com o objetivo de instrumentalizar os advogados com ferramentas para atuação no Sistema Multiportas, introduzindo-os na nova cultura jurisdicional de resolução de conflitos, é que a OAB Maranhão, por meio da Comissão de Conciliação, Mediação e Arbitragem e da escola Superior da Advocacia, com o apoio Câmara de Mediação e Arbitragem Empresarial do Maranhão (CBMAE-MA), realizará no próximo dia 31/07, na OAB Subseção Açailândia, o Curso Mediação e Arbitragem na Advocacia Moderna.

O curso será ministrado pelo advogado e professor Ivaldo Praddo que é presidente da Comissão de Conciliação, Mediação e Arbitragem da OAB/MA e presidente da CBME-MA, no auditório da OAB Açailândia, das 14h às 17h30.

O curso buscará ainda introduzir as funções do advogado enquanto gestor de conflitos, apresentar os métodos adequados de resolução de conflitos, e seus principais aspectos legais, sua aplicação prática e fundamentação legal da Mediação e Arbitragem na atividade advocatícia e empresarial.

As inscrições já estão abertas e podem ser feitas no site www.oabma.org.br/esa, na aba “Cursos e Eventos”. Têm o valor simbólico de 2kg de alimentos não perecíveis, exceto sal, a serem entregues no dia do curso. Os participantes receberão um certificado de 4h acadêmicas.

Serviço:
O quê: Curso de Mediação e Arbitragem na Advocacia Moderna. 
Data: 31/07/2019
Horário: 14h ás 17h30minh
Carga Horária: 4 Horas
Local: Subseção da OAB de Açailândia
Vagas: Limitadas
Inscrições: Site da OAB/Esa
Valor: 2kg de alimentos não perecíveis 
Organizadores: Comissão de Conciliação, Mediação e Arbitragem da OAB/MA; Câmara de Mediação e Arbitragem Empresarial do Maranhão (CBMAE-MA); OAB Subseção Açailândia e ESA/MA.
Palestrante: Ivaldo Praddo (Advogado, presidente da Comissão de Conciliação, Mediação e Arbitragem, Presidente da CBME-MA, Mestrado em Relação de Conflitos e Mediação).

oabma

Incêndio atinge loja no centro de Bacabal

Um incêndio atingiu um estabelecimento comercial no início da tarde desta terça-feira (30) na região central de Bacabal, município localizado a 247 km de São Luís. De acordo com o Corpo de Bombeiros, ainda não há informações sobre as causas do acidente e se há feridos no local.

Uma grande cortina de fumaça se espalhando pela região do incêndio e a presença muitos curiosos no local. A área possui uma grande quantidade de lojas que fazem parte do centro comercial da cidade, dentre elas a Casa Lotérica do município e uma loja de parafusos.

Incêndio atraiu curiosos para a região central de Bacabal (MA) — Foto: Divulgação/Redes Sociais

G1

Postos terão de informar a composição do preço do combustível

Uma ideia simples que pode fazer muita diferença na hora do consumidor escolher o posto de combustível menos caro. O Projeto de Lei Posto Legal, protocolado pelo deputado estadual Duarte Jr. (PCdob) na Assembleia Legislativa, estabelece que os revendedores informem sempre a composição do preço dos combustíveis e do gás de cozinha, detalhando os valores de compra, transporte e os tributos incidentes, sejam federais, estaduais ou municipais.

Segundo o projeto de lei, essas informações devem estar visíveis para o consumidor no próprio estabelecimento, afixadas em placas semelhantes às de preço, de modo que não gere custos para os donos de postos ou empecilhos à divulgação das informações, que também poderão ser divulgadas por meio eletrônico ou impresso. Duarte Jr esclarece que, dessa forma, o PL Posto Legal visa trazer mais transparência na relação entre postos e consumidores. “O consumidor poderá entender as razões por trás dos aumentos e das quedas dos preços, assim como os órgãos de defesa do consumidor poderão fiscalizar com mais subsídios”, esclarece o deputado.

O projeto prevê ainda que os postos deverão atualizar a tabela de composição sempre que houver alteração, com fiscalização e aplicação das penalidades sob responsabilidade dos órgãos de proteção e defesa do consumidor.

Caso os postos não cumpram a lei ou deixem de divulgar alguma das informações sobre a composição dos preços, as punições irão variar de multa a apreensão do produto, podendo chegar à cassação da licença do posto e interdição do estabelecimento, entre outras previstas no capítulo VII, Título I do Código de defesa do Consumidor.

“O direito à informação é uma garantia assegurada pelo Código de Defesa do Consumidor e pelo Art. 24, incisos V e VIII da Constituição Federal, que prevê a competência da União, dos Estados e do Distrito Federal para legislar sobre produção, distribuição, consumo e responsabilidade por dano ao consumidor”, informa Duarte Jr, que protocolou o PL Posto Legal a partir da ideia de alunos sugerida em uma disciplina ministrada pelo deputado, que também é professor de Direito.

Informação, transparência e conscientização

Cerca de 70% dos brasileiros desconhecem quanto se paga de impostos embutidos em produtos como gasolina, por exemplo, de acordo com pesquisa realizada pela Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL), no ano de 2019. A falta de acesso à informação, com descrição dos tributos, implica na falta de transparência da própria arrecadação e dos lucros. 

Por exemplo: você sabia que o preço do gás de cozinha é formado pelo custo de distribuição (48% do valor total), ICMS (18%), PIS/PASEP e COFINS (0,3%) e produção da Petrobras (38%)? Ao detalhar e expor essas informações amplamente aos consumidores, o Projeto de Lei Posto Legal fornece segurança no consumo, conscientização e informação sobre a arrecadação realizada pelas empresas e pelo Estado.

Assecom

Conselho de Pastores e Nagib definem programação da Marcha Para Jesus

Na segunda-feira (29), o prefeito Francisco Nagib esteve reunido com o Conselho de Pastores para a definição da programação da Marcha Para Jesus. Na reunião ficou acertado o percurso e atrações, com Trio FC e Banda Elo. O evento será realizado no dia 17 de agosto, com concentração no retorno do Zuza, a partir das 17hs. A marcha seguirá pela avenida até a Praça São Sebastião.

Mais uma vez pudemos contar com todo apoio do prefeito Nagib para um grande evento do calendário da comunidade evangélica de nossa cidade. É com muita satisfação sempre, ano a ano, cumprir nossa missão de lutar para que consigamos realizar os eventos com toda organização, planejamento e sucesso. Agradeço também ao trabalho de todo Conselho de Pastores, pela luta incansável para fazer o melhor a toda comunidade”, disse o vereador Pastor Max.

A Marcha para Jesus é um dos principais eventos do calendário evangélico e uma mobilização que só fortifica a comunidade cristã em nossa cidade. É um evento importante para nossa cidade, pelo aspecto social, cultural, econômico e religioso. Parabenizo ao Conselho de Pastores de nossa cidade e de toda comunidade evangélica. Aguardamos a todos para esse grande encontro de louvor, fé e confraternização das famílias no próximo dia 17 de agosto”. Declarou o prefeito Nagib.

Ascom – PMC

Autoridades e grande público realizam a abertura da 47ª ExpoCodó

No último Final de Semana foi aberta mais uma Exposição Agropecuária em Codó. Antes da solenidade da abertura oficial da ExpoCodó 2019, foi realizada a tradicional cavalgada, onde cavaleiros e amazonas participaram de um café da manhã ofertado pela organização do evento. Logo após o Café da manhã a cavalgada saiu em direção ao Parque de Exposição Walter Zaidan. Estavam presentes no evento o prefeito de Codó, Francisco Nagib, o deputado estadual, Zito Rolim, secretários de governo, representantes do Governo do Maranhão, do legislativo municipal, além de empresários, representantes de entidades e investidores do ramo agropecuário.

O Presidente da ACRIVI, Júnior Pintor, falou da importância da 47ª ExpoCodó. “Começamos neste sábado em uma abertura junto com toda sociedade codoense. No Parque de Exposições Walter Zaidan esperamos receber cerca de 50 mil pessoas durante os sete dias de evento, ajudando a movimentar a economia local. Esperamos que bons negócios sejam fechados aqui, entre as empresas que estarão  com seus Stands. Esperamos muitos bons negócios e entretenimento para o grande público”.

A Expo-Codó 2019 terá em sua programação: leilões de animais, eventos técnicos, parque de diversões, praça de alimentação, exposição de animais, rodeio profissional em touros, cavalgada e muitas outras atrações. De acordo com a comissão organizadora da festa, entre as atrações artísticas confirmadas estão: Karol Bezerra, Ivan Lima e Acácio, Silvano Sales, entre outros shows.

Acostumado a acompanhar a cavalgada abertura do evento ano após ano, o deputado estadual Zito Rolim destacou a importância da feira para a economia da região. “É um evento muito importante para o calendário de atividades econômicas e sociais de Codó. É um trabalho de equipe. A cidade conta com uma equipe muito boa. Eu quero parabenizar a todos da organização, todos os participantes, todos os sócios da Associação dos Criadores. Um evento sempre bem vindo, que movimenta a economia local. Parabenizo a todos da ACRIVI, ao prefeito e a população que está vindo prestigiar”.

O prefeito Nagib também destacou o aspecto econômico da ExpoCodó que, logo depois do bem sucedido festejo junino em Codó, aquecerá o comércio e a economia como um todo. “Nós temos que ser persistentes e esperançosos mesmo diante de crises como a que vivem nosso país. Mais uma vez, com a união de empresários, comerciantes, o governo municipal e a ACRIVI, chegamos ao sucesso. O Parque de Exposição hoje é uma referência graças ao trabalho e coragem dessas pessoas. Quero dar meus parabéns a todos e desejar mais um ano de ótimos resultados. Com o apoio dos amigos, com o apoio do governo estadual, do governo municipal vamos dar continuidade a esse grande evento anual”, finalizou o prefeito.

Ascom – PMC

Por professor Marcos: UMA BREVE ANÁLISE DOS PRINCIPAIS GRUPOS POLÍTICOS QUE PRETENDEM DISPUTAR ÀS ELEIÇÕES MUNICIPAIS DE CODÓ EM 2020

Em primeiro lugar, eu particularmente não acredito na unidade e concretização do propagado grupão!

● Grupo 1
Formado por três ex-prefeitos que juntos governaram Codó por 20 anos, inimigos políticos no passado já tiveram suas oportunidades e agora tentam ressurgir com seus discursos ultrapassados;
● Grupo 2
Encabeçado pelo atual prefeito que em seus praticamente 3 anos de mandato não vem atendendo as expectativas da população e que só agora procura propagar e construir minúsculas obras, apostando principalmente no poder econômico para arregimentar o máximo possível de cabos eleitorais;
● Grupo 3
Formado por ex e atuais vereadores que se apresentam como o novo, mas que observando seus históricos verificamos que foram remanescentes, aliados e apoiadores da velha política e que como parlamentares validaram as ações de muitos ex e até atual prefeito à quem hoje se declaram opositores ferrêneos;
● Grupo 4
Formado por professores que apesar de todas as adversidades provocadas pela velha políticagem comandada pela elite local ao longo da história vem se mantendo firme e se apresentando como alternativa principalmente para classe trabalhadora desde 2012.

Que esta análise, sirva de reflexão para os eleitores codoenses à partir de já.


Por prof. Marcos.

error: Content is protected !!