Blog do Leonardo Alves - Compromisso com o Leitor!

Alô CMDCA e Ministério Público: Pré-candidato a Conselheiro Tutelar diz em redes sociais que tem apoio de três pré-candidatos a prefeito

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e Ministério Público devem ficar atentos aos atos ilícitos que poderão ocorrer durante o processo eleitoral para escolha de novos conselheiros tutelares de Codó.

Podemos ter uma quantidade muito grande de candidatos, alguns não estão preocupados e comprometidos com a causa de nossas crianças e adolescentes, podendo prejudicar o futuro do Conselho Tutelar e das nossas crianças. Os pré-candidatos que estão sendo indicados por apadrinhamento político querem um emprego, buscando influência política para o processo eleitoral.

O Ministério Público Estadual deve coibir qualquer tentativa de influência política (politicagem) no processo eleitoral, devendo prevalecer o interesse pela  população infanto-juvenil.

Um cidadão codoense que pretende disputar uma vaga ao Conselho Tutelar já começou sua pré-campanha cometendo irregularidades. O pré-candidato usou redes sociais informando que terá apoio de três pré-candidatos a prefeito de Codó. Veja o print abaixo:

O problema é que estão interessados no salário de R$ 1.996,00 e em garantir a influência política do que resolver casos de violações dos direitos da criança e do adolescente.

Se for comprovada a influência de políticos junto às comunidades, deverá ser denunciado pelo CMDCA e Ministério Público.

Categoria: Notícias
error: Content is protected !!