Blog do Leonardo Alves - Compromisso com o Leitor!

Aulão do ENEM em Codó é maquiagem governamental, diz jovem ao Coordenador de Juventude, Valdeci Junior

 Desde o início da gestão do governador Flávio Dino a Secretaria de Ciência e Tecnologia e Inovação (SECTI), realiza o Aulão do ENEM no âmbito do Programa universitário (Pré Uni), ofertado propriamente para alunos do 3° ano do ensino médio. O Aulão é uma mega revisão, gratuita, voltada para jovens que concluíram ou estão cursando o 3° ano do ensino médio.

 Repercute muito sobre esse Aulão aqui em Codó, são diversas reclamações. Aproveito para tratar aqui de 2 (dois) assuntos desagradáveis para o governo, uma reclamação de um jovem que diz que o Aulão do ENEM é maquiagem governamental e sobre uma outra reclamação feita por uma estudante da Escola CEJA Lúcia Bayma.

 Na sexta-feira (19), uma jovem estudante conversou comigo, onde reclamou sobre as últimas apostilas distribuídas aos estudantes de Codó, pelo governo do estado. A jovem disse a nossa redação que é uma vergonha distribuir uma apostila com apenas (5) cinco páginas para os vestibulandos e espera que o governo não cometa o que fez no ano passado distribuindo uma apostila tão brega para enganar os estudantes e que as apostilas entregues em 2016 é muito diferente do nível do caderno de questões das provas do ENEM.

 Neste dia 19 (dezenove), as 16:36 hrs, no grupo de WhatsApp “Blog do de Sá”, o Coordenador de Juventude, Valdeci Junior postou um informativo divulgando que Codó foi um dos municípios contemplados com o Aulão do ENEM, com o apoio da Prefeitura Municipal de Codó. Um jovem ex estudante do IFMA, disse ao Coordenador que o Aulão anda longe da real necessidade dos pré vestibulandos, que um aulão desse é somente para maquiar e servir de marketing para o governo, pois somos sabedores que é impossível abordar todas as matérias que são cobradas no ENEM, disse o ex estudante. O Coordenador de Juventude respondeu os questionamentos do mesmo dizendo que são grandes as necessidades dos vestibulandos e que no dia do Aulão será disponibilizado um aplicativo em celulares com centenas de perguntas do ENEM, além de interpretações do exame para o vestibulando acessar e treinar quando quiser e que será o primeiro Aulão em Codó. O jovem disse ainda ao Coordenador que questiona o tempo, ou seja, somente um dia e com certeza esse não é o modelo de educação que está sendo oferecido aos filhos de políticos e gestores que estão a frente dessa enganação que estão chamando de Aulão

 Ano passado foi realizado o Aulão em Codó, pelo IEMA (antigo CETECMA). Valdeci diz que é a primeira vez, só se for o primeiro Aulão da Prefeitura.

Categoria: Educação