Blog do Leonardo Alves - Compromisso com o Leitor!

Docente da UFMA participará de Workshop de Biologia Celular Dendrítica em Portugal

professora Ana Paula Silva de Azevedo dos Santos

SÃO LUÍS – A professora Ana Paula Silva de Azevedo dos Santos, do Departamento de Ciências Fisiológicas da Universidade Federal do Maranhão, teve seu projeto selecionado pela Sociedade Brasileira de Imunologia (SBI) — com as despesas de hospedagem, passagem e inscrição pagas pela instituição —, para participar do 5th Workshop on Dendritic Cell Biology, realizado pela Fundação Champalimaud e pelo Institut Curie, entre os dias 27 e 29 de março, no Champalimaud Centre for the Unknown, em Lisboa, Portugal.

A 5º edição do Workshop de Biologia Celular Dendrítica tem por foco a imunoterapia antitumoral, desde seu papel biológico até a aplicação clínica, e tem por objetivo proporcionar uma compreensão sobre como os agentes do sistema imunológico, e isso inclui as células dendríticas, detectam e combatem as células tumorais, e como suas atividades podem ser estimuladas. O evento conta com a participação de profissionais de diversas nacionalidades, como França, Estados Unidos, Itália, Reino Unido, Irlanda do Norte e Brasil, tratando de pesquisa básica, translacional e clínica.

A minha perspectiva sobre a minha participação no evento é no sentido de atualizar os grandes pesquisadores que estarão no workshop sobre os estudos desenvolvidos no Brasil acerca do câncer de pênis. Colher informações de profissionais que estão na ponta do processo de criação do conhecimento e poder compartilhar dentro do universo acadêmico maranhense”, afirmou a professora adjunta da disciplina de Bioquímica do Departamento de Ciências Fisiológicas da Universidade Federal do Maranhão.

Com foco no estudo das células dentríticas dos pacientes com câncer de pênis no Maranhão, o projeto que será apresentado no workshop constitui-se de resultados obtidos por meio de pesquisa feita pelo Grupo de Estudos em Câncer de Pênis (Gecap), composto de professores dos departamentos de Biologia, Medicina e Ciências Fisiológicas e estudantes do Programa de PósGraduação em Ciências da Saúde (PPGCS) da UFMA.

Saiba mais

O câncer de pênis é um tumor na região da glande peniana ou no prepúcio e possui maior incidência em homens a partir dos 50 anos de idade, mas isso não exclui os jovens. Só no Brasil, cerca de 2% da população de homens são afetados, sendo mais frequente nas regiões Norte e Nordeste.

Vale ressaltar que a limpeza diária do pênis com água e sabão é imprescindível, principalmente após as relações sexuais e a masturbação. Não deixe de utilizar preservativo em qualquer relação sexual, já que a prática com vários parceiros ajuda a aumentar o risco da doença, além de combater doenças sexualmente transmissíveis.

No surgimento de qualquer ferida ou escorrimento no órgão genital, não hesite, procure o serviço de saúde mais próximo de sua residência.

 

ufma.br

UFMA abre inscrições para concurso público com salário acima de R$ 4 mil

A Universidade Federal do Maranhão (UFMA) abriu nesta terça-feira (12) edital para preenchimento de cinco vagas para o cargo de professor do Magistério do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico com atuação no Colégio Universitário, pertencente à UFMA, em São Luís. O salário inicial será de R$ 4.463,93.

Segundo o edital, será disponibilizado uma vaga para a disciplina de Educação Física, uma para a disciplina de Geografia, uma para a disciplina Matemática, uma para Português-Francês e uma para a disciplina Português-Inglês que deverão ser exercidas 40 horas semanais na instituição.

A inscrição será feita no período de 12 de março a 11 de abril de 2019, das 08:00 às 11:00 horas e das 14:00 às 17:00 horas de segunda a sexta-feira, junto à Divisão de Expediente, Protocolo e Arquivo (DEPA) da UFMA, situada na Cidade Universitária Dom Delgado, Avenida dos Portugueses, 1966, Prédio Marechal Castelo Branco, na capital. O valor da taxa de inscrição será de R$ 100.

O concurso terá prova escrita, de caráter teórico, eliminatório e classificatório; prova didática, de caráter prático-pedagógico, eliminatório e classificatório e julgamento de títulos, de caráter classificatório a serem realizados em São Luís ainda em dia hora e local a definir.

G1

Protagonistas, jovens parlamentares e embaixadores têm reunião com Flávio Dino

Apesar da pouca idade, a consciência política e a atitude socialmente engajada são uma realidade para Amanda Barros, Graciele da Silva, Maria Regina, Paulo Victor Abreu e Wellington Fernando.

Estudantes da rede estadual de ensino em diferentes municípios maranhenses, eles foram selecionados para os Programas Parlamento Jovem Brasileiro, Jovem Senador e Jovens Embaixadores. Nesta segunda-feira (11), apresentaram ao governador Flávio Dino os resultados da participação nos programas gerenciados pela Secretaria de Educação. O encontro aconteceu no Palácio dos Leões.

“O projeto me possibilitou conhecer mais sobre política, mudar meu ponto de vista, comecei a ver como a política é importante e o quanto a participação do jovem na política é importante também”, disse Maria Regina Lima da Silva.

Selecionada para o Jovem Senador 2018, a aluna do Centro de Ensino Integral Raimundo Araújo, de Chapadinha, destacou o papel dos jovens na construção do país: “Temos nossa opinião e nossa influência e, através disso, podemos conseguir um país melhor para todos”.

Projetos

No Parlamento Jovem Brasileiro, os estudantes selecionados vivenciam o processo democrático com a participação de uma jornada parlamentar na Câmara dos Deputados. Os jovens tomam posse e atuam como deputados, apresentando projetos de que tenham impacto local e também nacional.

Wellington Fernando dos Santos Menezes, estudante de Bacabal que representou o Maranhão na experiência, escolheu oferecer curso de Primeiros Socorros nas escolas de Ensino Médio no país.

“Eu fiz algumas pesquisas e percebi que a saúde pública no Brasil não andava muito bem pelo atraso no atendimento, falta de profissionais… Pensei na ideia de preparar os alunos para agir em ocasiões como essa, melhorando assim a saúde pública e até melhorando as condições de vida”, explicou o estudante do Centro de Ensino Maria Casemiro Soares.

Faróis

O governador Flávio Dino, que recebeu os estudantes e ouviu os relatos, projetos e os sonhos de carreira de cada um, destacou o papel dos alunos como “faróis”, orientadores para os demais jovens da rede de ensino.

“Vocês agora são referências, faróis para ajudar outros jovens como vocês a sonharem, acreditarem também, vocês conseguem”, disse.

Ele também ressaltou a importância dos investimentos em educação, como o Programa Escola Digna, que já construiu e reformou mais de 800 escolas em todo o estado.

“O fato de a gente conseguir que esses jovens, com essas vivências e experiências, adquiram todo esse conhecimento faz a gente acreditar que é possível e como é um caminho certo investir na educação”, completou.

O secretário Adjunto de Educação, Anderson Lindoso também participou da ocasião. Ao final da reunião, os estudantes receberam placas de homenagens entregues pelo governador do estado.

 

ma.gov.br

“Demônio” na Igreja Universal diz que é dono de igrejas e fala através de “revelações”

Circula pelas redes sociais um vídeo de uma reunião da Igreja Universal do Reino de Deus onde o bispo Formigoni conversa com um homem supostamente endemoniado que afirma que o diabo é dono de todas as igrejas evangélicas.

O homem afirma que todas as denominações pentecostais que há revelações são dele [demônio]. “Toda aquela que tem revelação é minha. O que revela é a palavra do Teu Deus, não a palavra do homem, o que fala na boca dele sou”, diz.

Além delas, o homem cita também que é dono de algumas igrejas batistas, presbiterianas, Igreja Mundial, Igreja Plenitude, Igreja Contemporânea, Quadrangular, Adventista do Sétimo Dia, Congregação Cristã, Deus é Amor, e outras. Menos a Igreja Universal.

Diante da polêmica, Formigoni gravou um vídeo pedindo perdão a todas as denominações, desejando que Deus abençoe todos os ministérios.

“Peço desculpas, peço perdão, porque não foi essa a intenção”, disse ele sobre a entrevista com o homem supostamente endemoniado. O bispo declarou também que o vídeo foi tirado do canal.

Gospel Prime

Delegado reforma delegacia com dinheiro do próprio bolso

A delegacia de Uruaçu, no norte de Goiás, está de cara nova graças à iniciativa do delegado Rafhael Neris Barboza, 29 anos. O prédio passou por uma reforma que mudou a realidade de quem trabalha e busca atendimento no local. Partiram do delegado a mobilização e a maior parte do dinheiro investido na obra.

De acordo com o delegado, que assumiu a unidade em novembro do ano passado, o prédio não passava por obras havia 17 anos. Em nota, a Polícia Civil declarou que existe uma obra em andamento para construção de uma nova sede para a delegacia de Uruaçu, em imóvel diverso de onde funciona atualmente.

Mudanças começaram já do lado de fora da delegacia, onde foi construído um estacionamento — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Mudanças começaram já do lado de fora da delegacia, onde foi construído um estacionamento — Foto: Divulgação/Polícia Civil

O custo da reforma foi de R$ 15 mil, diz Rafhael. Do total, R$ 12 mil foram investidos por ele. O restante veio de um advogado e dois fazendeiros da região. A unidade também abriga a Delegacia da Mulher, atendendo vítimas de Uruaçu e de São Luís do Norte.

“O clima na delegacia já é outro para todo mundo. Cada melhoria quem vai usufruir somos nós mesmos. [Valeu a pena] Apesar de ouvir muito isso, de que era loucura, né, tirar do próprio bolso. Eu achei que não conseguiria muitos recursos do Estado, pela crise, né. Valeu a pena, não me arrependo”, disse Rafhael.

As mudanças começam já do lado de fora da delegacia. A parte externa, que antes era ocupada por veículos apreendidos, documentos antigos e entulho, se transformou em um estacionamento. A fachada do prédio, calçada e muro também foram melhorados. Todo o imóvel foi pintado por dentro e por fora.

Para atender as cerca de 50 pessoas que passam por dia na delegacia, uma nova recepção foi construída.

“Geralmente, a pessoa chegava e ficava meio desnorteada ou ia direto na sala do delegado. Agora não, ela chega, passa por uma triagem, já aguarda, sabendo pra onde ela vai ser direcionada”, informou Rafhael.

Delegado Rafhael Neris Barboza, de 29 anos, decidiu tirar dinheiro do próprio bolso para reformar a delegacia de Uruaçu  — Foto: TV Anhanguera/Reprodução

Delegado Rafhael Neris Barboza, de 29 anos, decidiu tirar dinheiro do próprio bolso para reformar a delegacia de Uruaçu — Foto: TV Anhanguera/Reprodução

Também foram reformadas a sala do delegado, um banheiro, uma das duas celas e as salas de cartório.

“Além da reforma, coloquei placas de identificação em todas as sala, comprei algumas mobílias para a delegacia e colchonetes novos para os presos”, afirmou Raphael.

O empresário Antônio Rodrigues Neto vê as melhorias na delegacia como uma forma de aproximar a população da polícia. “Com certeza [foi bom]. Eles achavam até então que delegado só serve pra prender pessoas, e ele [Rafhael] está fazendo algo para a população em geral”, afirmou.

Segundo o delegado, as mudanças no local não são apenas estruturais, e os resultados já estão sendo sentidos.

“O principal disso tudo é que o funcionário da delegacia trabalha em um ambiente agradável e fica mais produtivo. Quando você tem o bom atendimento, as pessoas sentem mais confiança em vir e trazer denúncias para cá, trazer informação. Então, tudo isso a gente está sentindo, que está melhorando. O bom atendimento gera resultado”, completou o delegado.

Ainda sobre a construção da nova sede da delegacia de Uruaçu, a Polícia Civil informou que a unidade terá aproximadamente 420 m² de obra construída, erguida em um terreno de 1,6 mil m². Segundo a nota da corporação, a obra é custeada através de parceria público-privada e, conforme recebimento de recursos, pode ser concluída em sete meses.

G1

Internos do sistema prisional confeccionarão móveis planejados para órgãos públicos

Internos que trabalham nas oficinas de marcenaria do sistema prisional do Maranhão passarão a produzir móveis planejados para Secretarias de Estado e outros órgãos públicos. A oportunidade surgiu com a repercussão da alta qualidade das peças confeccionadas por eles para a nova sede da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP), inaugurada há três meses.

“A alta qualidade dos móveis produzidos pelos internos é sempre destacada por quem visita a nova sede da SEAP, no bairro Vila Palmeira, em São Luís. O governador Flávio Dino, e o vice-governador, Carlos Brandão, foram os primeiros a elogiar e recomendar a produção dessas peças para outros estabelecimentos públicos”, explica o secretário da Seap, Murilo Andrade de Oliveira.

Pelo menos 25 internos trabalham em quatro marcenarias instaladas nas Unidades Prisionais do estado. Os móveis planejados são feitos de MDF e também de paletts. “Esses pallets são doações de empresas parceiras, feitas diariamente às Unidades”, explica Fernanda Ribeiro, coordenadora de Terapia Ocupacional da Supervisão de Profissionalização, Trabalho e Renda (STR) da SEAP.

Nova Sede

A confecção de móveis em MDF foi uma inciativa que surgiu durante a construção da nova sede da SEAP. Quatro internos de regime semiaberto, sob a supervisão de um profissional da área, fizeram todo o mobiliário do prédio administrativo da pasta. Os móveis são de alta qualidade e são utilizados como estações de trabalho pelos servidores penitenciários.

“Foram construídas 50 estações coletivas de trabalho, acomodando cerca de 500 servidores. São mesas de trabalho e de reuniões. No dia 1º deste mês, abrimos processo pra adquirir os insumos, pois já há algumas Secretarias interessadas”, afirma o Agente Estadual de Execução Penal, Fabrício Gomes, que é gestor da Unidade Gestora de Manutenção e Automação (UGMA) da SEAP.

Na produção de móveis em paletts, a gestão prisional já conta com 21 internos trabalhando no interior do estado. Nove estão na Região Tocantina, distribuídos na Penitenciária Regional de Imperatriz (PRITZ) e na Unidade Prisional de Ressocialização (UPR) de Imperatriz. A UPR de Timon também possui marcenaria, e lá são 12 internos trabalhando na nessa produção.

Mais

A Secretaria Adjunta de Atendimento e Humanização Penitenciária (SAAHP) tem um projeto previsto para ser executado em maio deste ano, por meio do qual será instalada a primeira marcenaria de móveis em MDF em uma unidade prisional de São Luís. A ideia é aumentar o número de internos que trabalhem com esse material e distribuí-los para os órgão públicos interessados.

 

ma.gov.br

Pastor Eurico apresenta o projeto “Escola Sem Maconha”

O deputado federal Pastor Eurico (Patriota/PE) apresentou o projeto de Lei (PL) 1133/2019, que acabou apelidado de “Escola Sem Maconha”.

O objetivo é incluir no currículo, a partir do 5º ano do ensino fundamental, o tema “conscientização sobre os malefícios da maconha”. Segundo o parlamentar, que é capelão da bancada evangélica e próximo ao presidente Jair Bolsonaro, as aulas devem ser, preferencialmente, ministradas aos alunos em parceria com a Polícia Militar.

Na justificativa do projeto, Eurico destacou que foi disseminada na sociedade brasileira “uma falsa ideia de que o consumo de plantas do gênero cannabis – conhecida popularmente como maconha – é algo benigno e não provoca dano algum ao usuário”.

Citou também uma pesquisa recente que mostra como o uso de maconha na adolescência eleva risco de depressão e suicídio.

A nova lei, que ainda não fui submetida à votação no Congresso, determina ainda que “não se admitirá debate ideológico no ensino” desse tema em sala de aula.

 

Gospel Prime

BÊBADO PERIGOSO: Deputado do Maranhão é preso em Teresina e diz que vai matar Policial Militar do Piauí

O deputado estadual maranhense Fábio Macedo (PDT) foi preso na noite desta sexta-feira (08) após agredir duas pessoas e ameaçar policiais de morte em Teresina.

A confusão aconteceu em um bar, na zona Leste de Teresina, considerada área nobre da cidade. Segundo informações da Polícia Civil do Maranhão, o deputado Fábio Macedo agrediu um cantor, identificado como Léo Cachorrão, dentro de um bar, além de um policial militar que fez a condução do deputado para a delegacia.

O deputado maranhense foi levado para Central Flagrantes em Teresina. Na hora da condução, Fábio Macedo, visivelmente alcoolizado, chegou a ameaçar um policial do Piauí de morte.

Um áudio gravado por um PM na hora da abordagem, revela que o deputado fez várias ameaças. “Eu te pego, eu sou deputado e sou rico e vou mandar te matar vagabundo”.

Segundo testemunhas, a confusão no bar teve início após a cobrança de uma dívida entre o deputado e o cantor. Durante a briga, Fábio Macedo chegou a lesionar o rosto de Léo Cachorrão com um copo. Já o PM, foi agredido quando tentava conduzir o deputado até a delegacia.

Após chegar na delegacia, o deputado ainda desacatou os policiais.

Governo aplicará 1º ‘Simuladão Mais Ideb’ e Avaliação de Nivelamento e para estudantes da rede pública

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) realizará nos dias 14 e 20 de março o 1º ‘Simuladão Mais IDEB’ e as avaliações de Nivelamento para estudantes da rede pública. As ações visam fortalecer a articulação entre a prática avaliativa dos professores e as avaliações externas e diagnosticar o desenvolvimento de habilidades de leitura, interpretação textual e resolução de problemas em Língua Portuguesa e Matemática, propostas pelas Matrizes de Referência do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb).

Essas avaliações integram o Plano Mais IDEB, que desde 2017 vem executando uma série de ações com o objetivo de melhorar a qualidade do ensino na rede pública estadual. Nesse ano, o plano vem com uma novidade: o público alvo foi extendido e as avaliações serão aplicadas para estudantes matriculados no 5º e 9º anos do Ensino Fundamental e de 1ª, 2ª e 3ª séries do Ensino Médio, da rede pública estadual.

O ‘Simuladão Mais IDEB’ e as avaliações de nivelamento têm o propósito de diagnosticar a desenvolvimento de habilidades de leitura, interpretação textual e resolução de problemas em Língua Portuguesa e Matemática.

Aproximadamente, 280 mil estudantes participarão dessas avaliações, que contarão com provas impressas em fonte regular e provas ampliadas e em braile, para garantir participação de todos os estudantes matriculados nas séries avaliadas.

A exemplo das avaliações de 2018, este ano também contaremos com a expertise da parceria da Mira Educação, que disponibilizará seus recursos, incluindo o aplicativo Mira Aula, para correção e elaboração de boletins que servirão de subsídios para a Secretaria, Unidades Regionais de Educação, equipes de gestão escolar e professores analisarem resultados e, se for o caso, proporem as devidas intervenções pedagógicas, visando o pleno desenvolvimento das habilidades avaliadas.

 

ma.gov.br

error: Content is protected !!