PLAN direciona esforços assistenciais para distribuir cestas básicas a 12.500 famílias

Plano de Resposta Humanitária da ONG está baseado em quatro pilares e tem foco em crianças, jovens e suas comunidades

Desde que foi fundada, há 83 anos, durante a Guerra Civil Espanhola, a Plan International sempre teve um foco muito grande em ações humanitárias. Nos últimos anos, a organização não governamental centrou seus esforços na preservação dos direitos das meninas, atuando contra o casamento infantil e pelo fortalecimento de leis que garantam a preservação dos direitos das meninas.

 

Agora, diante da pandemia de COVID-19, todos os escritórios da Plan International nos 75 países de atuação se voltam novamente para a ajuda humanitária por um período mínimo de seis meses. Com base em um Plano Global de Resposta Humanitária, a Plan está redistribuindo seus recursos financeiros para esforços assistenciais e para continuar garantindo que os direitos de crianças e adolescentes, em especial das meninas, sejam preservados e respeitados.

 

No Brasil, o Plano de Resposta Humanitária está baseado em quatro pilares:
⦁ Assistência humanitária, com a distribuição de 12.500 cestas básicas e kits de higiene a comunidades vulneráveis no Piauí e no Maranhão, onde vivem crianças apadrinhadas pela Plan. Onde não for possível distribuir os kits em si, a Plan vai enviar vouchers que as famílias poderão trocar em parceiros locais nos próximos dois meses;

 

 

⦁ Proteção contra violências, por meio de campanhas de sensibilização e materiais informativos sobre proteção infantil. Mapeamento de locais que estão prestando atendimento aos casos de violência contra mulheres e crianças e elaboração de materiais informativos sobre proteção infantil para distribuição nas comunidades inclusive junto com a entrega de cestas básicas e kits de higiene;

⦁ Fortalecimento dos direitos sexuais e reprodutivos, disseminando informações sobre saúde menstrual, infecções sexualmente transmissíveis e prevenção de gravidez precoce, além da distribuição de preservativos e absorventes. Mapeamento de locais que estão atendendo gestantes para o pré-natal;

⦁ Participação ativa de jovens, com a criação de um comitê para discussão dos impactos da pandemia e participação de meninas no Portal Meninas Líderes, um espaço digital seguro.

“Todos os nossos esforços estão concentrados na causa humanitária. Ao reforçarmos a importância de as pessoas ficarem em casa, precisamos também contribuir para garantir que seus direitos sejam respeitados e que elas recebam ajuda para suas necessidades básicas de alimentação e higiene”, diz Cynthia Betti, diretora-executiva da Plan International Brasil.

Apoiada por suas embaixadoras – as jornalistas Ana Paula Padrão, Joyce Ribeiro e Astrid Fontenelle, e a cantora Margareth Menezes –, a Plan também está em campanha para que mais pessoas contribuam com a causa, seja aumentando a doação mensal que já fazem para as crianças apadrinhadas, seja em doações pontuais durante a pandemia. Quem se interessar em doar, pode acessar https://bit.ly/2Ro5iqM.

Sobre a Plan International

A Plan International é uma organização humanitária, não-governamental e sem fins lucrativos que promove os direitos das crianças e a igualdade para as meninas. Acreditamos no potencial de todas as crianças, mas sabemos que isso é muitas vezes reprimido por questões como pobreza, violência, exclusão e discriminação. E as meninas são as maiores afetadas. Trabalhando em conjunto com uma rede de parcerias, enfrentamos as causas dos desafios de meninas e crianças em situação vulnerável. Impulsionamos mudanças na prática e na política nos níveis local, nacional e global, utilizando o nosso alcance, a nossa experiência e o nosso conhecimento. Construímos parcerias poderosas há mais de 80 anos e que se encontram hoje ativas em mais de 70 países.

Sobre a Plan International Brasil

A Plan International chegou ao Brasil em 1997. Desde então, se dedica a garantir os direitos e promover o protagonismo das crianças, adolescentes e jovens, especialmente meninas, por meio de seus projetos, programas e ações de incidência e de mobilização social. Tem também viabilizado condições de subsistência em comunidades que sequer tinham acesso a recursos essenciais, como a água. Implementamos projetos no Maranhão, no Piauí, na Bahia e em São Paulo. Nossas estratégias, atuando em rede com outras organizações do terceiro setor e movimentos sociais, têm pautado as demandas das meninas em novos espaços do Legislativo, Executivo e na sociedade civil, alcançando todo o território nacional. Considerada uma das organizações mais confiáveis do país, a Plan International Brasil recebeu em 2019 a certificação A+ no Selo Doar de Transparência. Mais informações: www.plan.org.br