Deputada Mical Damasceno denuncia caso de intolerância religiosa no Interior do Maranhão

 

Na sessão plenária desta terça-feira 29, a deputada Mical Damasceno denunciou caso de intolerância religiosa que ocorreu em um povoado da Cidade de Arari/MA.

O caso ocorreu quando o pastor João Martins Sampaio e um grupo de irmãos estavam pregando nas ruas do povoado e foram agredidos fisicamente, com ovos e água.

A deputada destacou o discurso do Presidente da República Bolsonaro na 75ª Assembleia Geral da ONU que o Brasil é um país de princípios cristão e falou que não permitirá que o direito de liberdade religiosa seja infringido: “Ano passado marcamos reuniões com padres, pastores e autoridades policiais para resolver o caso de intolerância religiosa no povoado Manoel João, desta vez iremos mais além se for necessário, mas não permitiremos que o povo de Deus seja afligido. Se calar diante tamanha atrocidade é aceitar que nossa voz seja calada, e nós não nos calaremos. Como representante deste povo, denunciaremos e agiremos para que o povo de Deus possa exercer o seu direito fundamental de cultuar, de ir e vir e de pregar a Palavra de Deus”. destacou a parlamentar.

Senador Roberto Rocha destina equipamentos ao IFMA de Imperatriz para auxiliar na recuperação de nascentes

O “kit Adote Uma Nascente” foi entregue oficialmente ontem para a Instituição

Quando a pandemia do novo coronavírus acabar, os alunos do Curso Técnico em Meio Ambiente do Instituto Federal de Educação Tecnológica de Imperatriz –IFMA, vão encontrar uma ferramenta a mais para melhorar as aulas e o trabalho de pesquisa: o “kit Adote Uma Nascente”, destinado pelo senador Roberto Rocha (PSDB), para ser utilizado nas ações de preservação das nascentes de Imperatriz e região. Pelo menos 20 nascentes passarão a ser monitoradas.

Os implementos que formam o kit foram formalmente entregues ontem pela manhã pela chefe de gabinete do senador em Imperatriz, Zilda Reis, que no ato representou o parlamentar, que ao longo dos anos tem sido um parceiro do IFMA no Maranhão. A contribuição dele tem sido com a destinação de recursos e a doação de equipamentos, como esse kit de nascentes. Vários campi já foram beneficiados.

O kit “Adote Uma Nascente” é composto por um veículo Off Road (Troller), microcomputador desktop com office e monitor, receptor portátil de GPS e Glonass (navegação), microcomputador notebook com office, frasco estéril em polipropileno, medidor multiparâmetro-Tipo 1, com sondas, medidor multiparâmetro à prova d`água, impressora multifuncional monocromática, reagentes, e ainda uma câmera fotográfica digital.
Juntos os equipamentos destinados pela emenda do senador Roberto Rocha, por meio da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) somam R$ 183.074,30.

Com os devidos cuidados sanitários, o ato da entrega dos equipamentos ocorreu no pátio da Instituição, e foi testemunhado por técnicos, professores e a direção.

Na oportunidade, a chefe de gabinete do escritório do senador Roberto Rocha em Imperatriz, Zilda Reis, elencou as ações do parlamentar para o município e reiterou o compromisso dele com toda a região tocantina.

O atual diretor do IFMA de Imperatriz, professor Saulo Cardoso, fez os agradecimentos em nome da Instituição. Lembrou que o benefício destinado pelo senador surgiu ainda no ano passado, a partir de uma visita do então assessor parlamentar, o ex-prefeito Sebastião Madeira. Ele também ressaltou a importância do equipamento.

“Que chegue ao senador nosso agradecimento, um parlamentar que faz política com “P” maiúsculo. São poucos como ele que fazem política pensando na educação e no meio ambiente”, declarou o diretor.

Os equipamentos ficarão sob a responsabilidade do professor José Costa Alencar. Mestre em tecnologia ambiental, ele já desenvolve uma linha de pesquisa na área da preservação do meio ambiente com os alunos do IFMA. Ele aproveitou a oportunidade ressaltar a importância dos equipamentos. “Vão contribuir muito para melhorar os trabalhos de pesquisa e gerar os resultados que tanto a gente espera”.

CONHEÇA O PROJETO ADOTE UMA NASCENTE-

O Projeto Adote uma Nascente, desenvolvido pelo gabinete do senador Roberto Rocha, tem como objetivo proteger e revitalizar áreas de nascentes localizadas nas bacias hidrográficas dos rios maranhenses, a partir de intervenções técnicas adequadas em consonância com o Código Florestal (Lei 12.651/2012). O Código define nascente como “afloramentos naturais de lençóis freáticos que apresentam perenidade e dão início a cursos d`água.

CAMINHÃO E GELEIRA PARA OS PESCADORES
O “kit adote uma nascente” foi doado uma semana depois da entrega de uma geleira e um caminhão frigorifico, também emenda do senador Roberto Rocha, para a Colônia de Pescadores Z-29, reivindicação protocolada no gabinete do parlamentar (Imperatriz), ainda ano passado, pelo presidente licenciado da entidade Salomão Santana.

O caminhão frigorífico tipo ¾, no mesmo dia, começou a ser utilizado pela Colônia, que conta com cerca de 700 associados, muitos com dificuldades para transportar o pescado.

Para o presidente em exercício da entidade, Albane Freitas de Souza, esses equipamentos (caminhão) serão de extrema utilidade para os pescadores, já que muitos não têm como bancar o transporte do pescado, maior parte vindo do Estado do Pará.

Como o Blog do Leonardo Alves antecipou, Justiça Eleitoral DECIDE que ZÉ FRANCISCO terá o maior tempo de TV e rádio

Veja como ficou a distribuição do tempo de propaganda eleitoral para os 3 candidatos a prefeito de Codó, considerando suas coligações.  Cabo Bezerra por estar apenas com o PTC ficou com 20 segundos no rádio e na TV.

Dr. Zé Francisco, da Coligação UNIÃO DO POVO ficou com 5 minutos, cinco segundos e 26 milésimos. Zito, da coligação FORTE É O POVO ficou com 1,16 minuto a menos – Terá 4 minutos, 34 segundos e 74 milésimos para propagar sua campanha.

Restou 1 minuto para ser sorteado entre os três candidatos.

Também já ficou definido que serão 2.939 inserções no rádio e na TV (aquela propaganda que aparece no intervalo da programação de rádio e TV.

CABO BEZERRA terá 98 apenas.
ZÉ FRANCISCO terá 1.495 inserções
ZITO ROLIM 1.346 inserções

Por Acelio Trindade

 

 

DE NOVO: FC TV insiste em polemizar sobre suposta inelegibilidade de Zé Francisco

Na tarde desta terça-feira (29) o advogado Hômulo Buzar concedeu mais uma entrevista no Quadro Eleições 2020 da FC TV. O advogado  falou da suposta inelegibilidade do médico Zé Francisco de um processo que vence no dia 07 de outubro.

Pela lei, a assessoria jurídica do candidato Zé Francisco pode pedir direito de resposta no programa, caso o  conteúdo atente para tentar manipular o eleitorado codoense, equívoco de informação ou prejudicar reputação do candidato.

A FC TV está sendo democrática e imparcial ?

TSE lança campanha “#EuVotoSemFake”, contra a desinformação nas eleições

Iniciativa, que será lançada na nesta terça (29), busca conscientizar os eleitores sobre o seu papel na divulgação de informações verdadeiras durante o pleito.

A nova campanha do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra a desinformação, “#EuVotoSemFake”, espera falar diretamente com o eleitor. A iniciativa, que será lançada nesta terça-feira (29), busca conscientizar os eleitores sobre o papel que eles têm na divulgação de informações verdadeiras durante as Eleições Municipais 2020 e sobre como podem se juntar à Justiça Eleitoral no combate à desinformação.

Segundo Thiago Rondon, coordenador digital de Combate à Desinformação do TSE, o principal objetivo da campanha é passar informações precisas sobre o processo eleitoral, como os cuidados sanitários para a realização do voto no dia das eleições, o funcionamento do fluxo de votação e as orientações para os eleitores em relação à apresentação de documentos, entre outras. “Tendo acesso à informação verdadeira, a população fica mais tranquila para votar e mais preparada para combater as chamadas fake news”, destaca.

As principais recomendações da campanha aos eleitores são: sigam os canais oficiais do TSE e do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de seu estado; e baixem os aplicativos do TSE, como o e-Título – a versão digital do título de eleitor –, o Mesário – usado para treinar e auxiliar os mesários antes e durante as eleições – e o Pardal – criado para receber denúncias da sociedade sobre irregularidades em campanhas eleitorais.

Outro importante aliado na campanha será o assistente virtual via WhatsApp que o Tribunal lançará em breve para esclarecer diversas questões sobre o processo eleitoral. “A desinformação vem sendo acelerada pelo uso da tecnologia digital, e seu combate é uma prioridade do TSE. Com mais instrumentos, chegaremos a um maior número de pessoas. Nossa intenção é que os eleitores possam exercer sua liberdade de voto sem desinformação”, ressalta Thiago.

Compromisso do TSE

Thiago Rondon conta que, por meio dos aplicativos e dos canais sociais do TSE e dos Tribunais Regionais Eleitorais, também serão transmitidas informações da Justiça Eleitoral. “Cada eleitor pode colaborar, compartilhando em seus grupos de família e de amigos, informações do Tribunal sobre as Eleições 2020. O eleitor deve também ficar atento para não passar para frente notícias falsas. Para isso, é preciso prestar bastante atenção às informações que chegam até ele. Ao receber uma notícia muito urgente ou sensacionalista, é melhor pensar duas vezes antes de replicar. Checar antes de passar para frente é o melhor caminho”, recomenda Thiago.

O combate à desinformação é um dos compromissos da gestão do presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, que enfatiza a missão da Justiça Eleitoral em assegurar a democracia brasileira e a preocupação da Corte com campanhas de desinformação, de difamação e de ódio na internet.

Para o ministro, “as mídias sociais, as plataformas de internet, os veículos de imprensa e a própria sociedade são os principais atores no enfrentamento da desinformação”, uma vez que, segundo sua avaliação, a Justiça Eleitoral tem papel importante, porém residual, no enfrentamento das fake news, pois o Judiciário não tem nenhuma intenção de se tornar censor da liberdade de expressão das pessoas.

Programa de Enfrentamento à Desinformação

Voltado ao processo eleitoral deste ano, o TSE mantém, desde agosto de 2019, o Programa de Enfrentamento à Desinformação com Foco nas Eleições 2020. A iniciativa conta com a parceria de 52 instituições – entre partidos políticos, entidades públicas e privadas, associações de imprensa, plataformas de mídias sociais, serviços de mensagens e agências de checagem –, que se comprometeram a trabalhar com a Justiça Eleitoral para minimizar os efeitos negativos provocados pela desinformação no processo eleitoral brasileiro.
A Corte Eleitoral também mantém uma página específica na internet com diversos conteúdos sobre o tema. No site Desinformação, é possível encontrar esclarecimentos sobre informações falsas divulgadas durante as eleições envolvendo a Justiça Eleitoral, a urna eletrônica e o voto. O cidadão também tem acesso a uma série de vídeos explicativos produzidos pelo Núcleo de Rádio e TV da Assessoria de Comunicação do Tribunal.

De acordo com Thiago, o TSE está observando e monitorando atentamente todos os aprendizados, a cada campanha e a cada eleição, para que a Justiça Eleitoral seja fortalecida e o combate à desinformação seja feito de forma cada vez mais estruturada.

Assessoria de Comunicação