Blog do Leonardo Alves - Compromisso com o Leitor!

Cálculo da aposentadoria muda a partir de segunda-feira

O cálculo das aposentadorias por tempo de contribuição vai mudar a partir de segunda-feira (31), quando será acionada uma regra implementada por lei em 2015. A regra exige um ano a mais para homens e mulheres se aposentarem. A atual fórmula, conhecida como 85/95, vai aumentar um ponto e se tornar 86/96.

Quem quiser se aposentar pela regra atual – e já cumpre os requisitos – têm até domingo (30) para fazer a solicitação.

Pela fórmula 85/95, a soma da idade e do tempo de contribuição deve ser de 85 anos para mulheres e 95 para homens. O tempo de trabalho das mulheres deve ser de 30 anos e o dos homens, de 35 anos. Isso significa, por exemplo, que uma mulher que tenha trabalhado por 30 anos, precisa ter pelo menos 55 anos para se aposentar.

A partir do dia 31, para se aposentar com o tempo mínimo de contribuição, ela deverá ter 56 anos. A mesma soma precisará alcançar 86 e 96. A fórmula será aumentada gradualmente até 2026.

Aqueles que já cumprem as regras podem solicitar a aposentadoria pelo telefone 135, que funciona das 7h às 22h, no horário de Brasília. Pelo telefone, o pedido pode ser feito somente até sábado. Pelo site do INSS.o pedido pode ser feito até domingo (30).

Fórmula

A atual regra é fixada pela Lei 13.183/2015. Nos próximos anos, a soma voltará a aumentar, sempre em um ano. A partir de 31 de dezembro de 2020, passará a ser 87/97; de 31 de dezembro de 2022, 88/98; de 31 de dezembro de 2024, 89/99; e, em 31 de dezembro de 2026 chegará à soma final de 90/100.

Defensor da fórmula, o professor da Universidade de Brasília e assessor do Conselho Federal de Economia, Roberto Piscitelli, diz que o cálculo ajuda a reduzir desigualdades. “Ele combina dois indicadores [tempo de contribuição e idade mínima] que, às vezes, quando considerados isoladamente dificultam a vida do trabalhador. A fórmula ajuda a compensar a situação daqueles que começaram a trabalhar muito cedo, o que sempre foi fator de injustiça do ponto de vista do tempo para aposentadoria”, explicou.

Além de se aposentar pela regra 85/95, os trabalhadores podem atualmente se aposentar apenas por tempo mínimo de contribuição: 35 anos para os homens e 30 anos para as mulheres, independente da idade. Nesses casos, no entanto, poderá ser aplicado o chamado fator previdenciário que, na prática, reduz o valor da aposentadoria de quem se aposenta cedo. 

agenciabrasil

Cemar divulga estratégia operacional para as festa de fim de ano

Segurança, qualidade e continuidade estão entre as ações para o período festivo.

Assegurar o fornecimento de energia elétrica, com qualidade e segurança, e o restabelecimento do sistema em caso de falta de energia, é o principal objetivo do Plano operacional criado pela Cemar para o período de festas de fim de ano em 2018. Este plano busca proporcionar o bem estar e conforto de toda a população maranhense durante esse período festivo. Assim, o Estado estará menos sujeito a problemas de ordem técnica, já que há causas inesperadas relacionadas a fenômenos naturais, como descargas atmosféricas, fortes ventos e erosões. Além de situações como acidentes em vias públicas e vandalismo, que também podem comprometer o fornecimento de energia elétrica.

A Cemar reforçou o número de equipes para o atendimento dos seus mais de 2,4 milhões de clientes em todo Estado, para que as festas transcorram normalmente, mesmo em caso de chuva. Serão 273 equipes e 1.207 profissionais, entre engenheiros, técnicos, operadores e eletricistas que estarão em regime de plantão, distribuídos em pontos estratégicos para garantir eficiência no atendimento em todo o Maranhão. No Natal, o plantão começou às 07h do dia 24/12 e vai até às 08h do dia 25/12. Já no Ano Novo, o plantão será das 07h do dia 31/12 às 17h do dia 01/01/2019.

Ações preventivas ocorrem durante todo o ano, e estão sendo intensificadas, objetivando a diminuição dos impactos do início do período chuvoso, que geralmente coincidem com as festas de final de ano, e aumentar a confiabilidade das redes elétricas. E dentre as ações estão: inspeção prévia, lavagem dos componentes das subestações e das redes de distribuição para minimizar os efeitos da poluição; substituição de isoladores, implantação de espaçadores e podas de galhos de árvores. Essas ações ainda colaboram para minimizar o risco de acidente.

Ligações Provisórias de Energia Elétrica

Para os promotores de eventos e para o comércio informal que necessitarem de energia elétrica em seus pontos de venda, a Cemar lembra que existe o serviço de ligação provisória, uma maneira segura e legalizada de garantir energia com qualidade.

A solicitação deste tipo de ligação pode ser feita com no mínimo 72 horas de antecedência em umas das agências de atendimento da Cemar, e o cliente deve levar: Carteira de identidade (RG), CPF e endereço completo de onde será realizada a ligação, informação da carga que será utilizada e Autorização de Funcionamento expedido pela prefeitura local (em caso de comércio informal).

É muito importante não deixar para última hora para não ser surpreendido pela falta de energia decorrente de uma sobrecarga das instalações internas, além de averiguar junto ao proprietário do imóvel escolhido para o evento, se as instalações elétricas do mesmo suportam a estrutura de equipamentos que serão utilizados (sistema de som, iluminação, palco, etc.). A Cemar conta com equipes para verificar em campo a regularidade dessas instalações durante o período de festa.

Atendimento

Os pontos presenciais de atendimento ao cliente funcionam nesta segunda-feira (24/12) até às 12h e retornam apenas na quarta-feira (26/12) no horário normal. Na segunda-feira (31/12) ficarão abertos das 8h às 12h e retornam na quarta-feira (02/01/2019) normalmente. Vale lembrar que o atendimento pela Central 116 e o chat www.cemar116.com.br funcionam 24h, com 100% da operação.

Já os postos ECOCEMAR não funcionam nos dias 24 e 25/12, mas retornam as atividades na quarta-feira (26/12). E na semana seguinte não funcionarão na segunda (31/12) e nem na terça-feira (01/01/2019), retornando o atendimento em horário normal na quarta-feira (02/01/2019), das 8h às 17h.

As equipes estarão munidas com tecnologia de comunicação de última geração, para garantir eficiência na troca de informações com o Centro de Operações Integradas (COI) e, com isso, muito mais rapidez no atendimento.

Fique atento aos acidentes com quebra de postes

A Cemar alerta que alguns casos de falta de energia podem estar relacionados a acidentes em vias públicas com quebra de postes que muitas vezes comprometem o fornecimento de energia elétrica e a segurança das pessoas. Vale destacar a necessidade de redobrar a atenção na direção para não ocasionar colisões contra postes e assim evitar o desconforto da falta de energia elétrica. E caso, as pessoas presenciem algum acidente com essas características, é importante entrar em contato imediatamente com a Cemar, por meio da Central de Atendimento 116 e com o Corpo de Bombeiros 193 para que as medidas de segurança e restabelecimento do fornecimento sejam tomadas com maior agilidade.

Assessoria de Imprensa da Cemar

Bolsonaro diz que avalia estender para 10 anos o prazo de validade da carteira de motorista

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, afirmou nesta sexta-feira (28), em sua conta no Twitter, que avalia estender para 10 anos o prazo de validade da carteira de motorista. Atualmente, o motorista deve renovar a CNH a cada cinco anos.

“Parabenizo o governo do RJ por extinguir a vistoria anual de veículos. Outrossim, informo que faremos gestões no sentido de passar para 10 anos a validade da carteira nacional de habilitação (hoje, seu prazo é de 5 anos)”, escreveu Bolsonaro.

Depois de passar a folga de Natal na base naval da Restinga de Marambaia, o presidente eleito voltou na quinta-feira (27) para casa, na Barra da Tijuca (RJ). Na manhã desta sexta, ele recebeu de um artista uma obra, feita com cápsulas de munição, que retrata o rosto do presidente eleito dentro do mapa do Brasil. As fotos da homenagem foram divulgadas pela assessoria de Bolsonaro.

Na parte da tarde, Bolsonaro vai se encontrar com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu. Eles vão se reunir no Forte de Copacabana. Netanyahu vai assistir à cerimônia de posse de Bolsonaro, na próxima terça-feira (1º).

G1

Deputado Wellington se reúne com comissão de enfermeiros para tratar da jornada de 30h e piso salarial da categoria

O deputado estadual Wellington do Curso recebeu, na Assembleia Legislativa do Maranhão, e se reuniu com uma comissão de enfermeiros para tratar sobre as reivindicações da categoria, com destaque para a implementação da jornada de 30h e piso salarial digno para os enfermeiros. Na oportunidade, estiveram presentes enfermeiros de várias cidades maranhenses, além da diretora do sindicato dos enfermeiros do Maranhão, Ana Leia Coelho.

Segundo os enfermeiros, a categoria necessita de regulamentação da jornada de trabalho, que, atualmente, é exaustiva, bem como de um piso salarial digno e justo para melhorar a prestação dos serviços de saúde e qualidade de vida dos profissionais da área.

“Nós lidamos com a saúde, com a vida das pessoas. Fazemos isso por amor sim, mas é desumano que nem nossa jornada de trabalho seja definida de acordo com os serviços que prestamos. Não temos qualidade de vida”, desabafou uma das enfermeiras.

Ao ouvir os enfermeiros, o deputado Wellington e a categoria acordaram sobre a realização de um futuro seminário que discutirá os avanços e retrocessos na enfermagem do Maranhão, além de audiência pública que discutirá a implantação do piso salarial e regulamentação da jornada de trabalho.

“É extrema importância que haja uma regulamentação da jornada de trabalho do profissional de enfermagem, pois, muitas vezes, os enfermeiros e técnicos de enfermagem, trabalham em vários turnos e hospitais diferentes. Além disso, é necessário que haja um piso salarial digno e justo para a categoria, objetivando assim a valorização desses profissionais. Por isso, me reuni com uma comissão de enfermeiros e representantes do sindicato da categoria para traçarmos metas com o objetivo de discutir de forma ampla com todos, os principais problemas enfrentados pelos enfermeiros do Maranhão e lutar pela implantação do piso e da jornada de 30h como forma de valorização desses trabalhadores que lidam diariamente com o bem mais precioso que se pode ter: a vida”, ressaltou Wellington.

Em seu Mandato, Wellington apresentou inúmeras proposições em defesa dos enfermeiros e técnicos, dentre elas a implantação de um plano de cargos, carreiras e salário estadual para médicos, enfermeiros, técnicos e auxiliares de Enfermagem, além da criação de projeto de lei que dispõe sobre a jornada de trabalho de 30h semanais dos profissionais da categoria.

Prefeito Nagib tira “casquinha”, em confraternização de comunicadores

Uma confraternização para comunicadores foi realizada na noite de quarta-feira (26), no Buteco Bar, organizada pelo prefeito Nagib.

O evento reuniu a maioria de funcionários da Assessoria de Comunicação da Prefeitura (Ascom) e comunicadores do Sistema FC de Comunicação (FC TV e FC FM). A Ascom é responsável por todas as informações relativas aos setores da administração municipal.

Foto: Blog do Marco Silva

Nagib não perde uma oportunidade, sempre fazendo suas maquiagens à frente os holofotes e não gosta de ser criticado. Durante a confraternização premiou os “melhores”, como fosse o presidente do inexistente Sindicato de Jornalistas de Codó tentando agradar os colegas blogueiros.

Assim como a imprensa deve ser imparcial, todas as atividades que envolva a imprensa deve ser feita com imparcialidade, sem ocultações e omissões que possam influir sobre a formação da opinião pública.

Prefeito, a IMPRENSA CODOENSE precisa é de respeito!

UFMA é a melhor instituição de ensino superior do Maranhão, segundo avaliação do MEC

 

SÃO LUÍS – O Ministério da Educação (MEC) liberou, na última terça-feira, a consulta dos conceitos dos cursos de graduação e das instituições de educação superior, que mais uma vez confirmou a Universidade Federal do Maranhão como a melhor instituição de ensino superior do estado, com a manutenção da nota 4 (Muito Bom), em uma escala de 1 a 5, no Índice Geral de Cursos (IGC) avaliados em 2017.

Em 2014, foram 26 cursos avaliados no Ciclo Azul, com oito notas 4 no Conceito Preliminar de Curso (CPC), 16 com nota 3 e dois cursos sem conceito. No resultado da avaliação de 2017, divulgados nesta semana, houve considerável avanço: desta vez, foram 31 cursos analisados, um curso nota 5 (Engenharia da Computação) ― um dos dois únicos do país com o conceito máximo ―, 19 cursos com nota 4, e 10 com nota 3, o que, no exame do professor Romildo Sampaio, procurador educacional da UFMA, trata-se de um resultado expressivo, superior ao obtido no ciclo anterior.

No IGC, indicador que mede a qualidade das instituições de educação superior, a UFMA manteve-se com nota geral 4, mas aumentou o valor contínuo do indicador em relação ao ano anterior, o que a aproxima um pouco mais do conceito de excelência, que é cinco (5). “Todo o trabalho que estamos fazendo busca consolidar a instituição como uma das melhores do Norte e Nordeste do país. No Maranhão, fomos a única universidade, entre públicas e privadas, a obter o IGC 4”, enfatizou o procurador educacional.

Ele ainda frisou que a conquista resulta do esforço que a instituição vem realizando há alguns anos, envolvendo diversos setores com vistas à melhoria contínua da qualidade dos seus cursos nos diferentes indicadores e órgãos de avaliação. “Trata-se de um trabalho conjunto que abarca a Pró-reitoria de ensino e as coordenações de curso, cujas ações são capilarizadas para os professores e estudantes dos nossos cursos. Envolvemos, assim, todos os atores institucionais, contando sempre com o apoio irrestrito da gestão superior. Os resultados têm aparecido nas diferentes avaliações e rankings da educação superior, nos colocando numa posição de destaque em termos de qualidade, não só na graduação como também na pós graduação”.

Relevantes resultados

Um dos mais emblemáticos resultados obtidos na UFMA foi conquistado pelo curso de Engenharia da Computação, vinculado ao Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia, que foi avaliado como o segundo melhor do Brasil, com a nota 5, entre os 149 cursos da mesma área avaliados no país.

O coordenador do curso, Cláudio Aroucha, fala da satisfação em ser o segundo melhor do país e lembra que o resultado é fruto da dedicação e participação ativa dos professores, estudantes, gestão superior e técnicos-administrativos. “O nosso curso é novo e, em sua maioria, formado por professores jovens que se dedicam para oferecer um ensino de qualidade. A UFMA tem dado suporte à medida que os recursos são destinados, por isso, só temos a agradecer e trabalhar ainda mais para melhorar a educação superior voltada para as engenharias”, disse.

Para 2019, segundo Cláudio, já existe um planejamento quanto à infraestrutura do curso, para que os estudantes estejam mais preparados para fazerem o Enade.“Nosso objetivo, para o ano que vem, é oferecer um suporte maior para os estudantes que vão realizar a prova. Os equipamentos que utilizamos são de última geração e vão contribuir para a formação desses profissionais. Assim, os alunos já saem bem preparados tanto para o mercado quanto para o universo acadêmico, a exemplo daqueles que já iniciaram seus estudos de mestrados e outros até o doutorado. Isso mostra o cuidado e o comprometimento de toda a equipe do curso de Engenharia da Computação”, afirmou.

Outros cursos com grande destaque foram: Bacharelado em História, com nota 4 no CPC, ocupando 15ª posição entre os 55 cursos analisados no Brasil; Letras-Português, com 4, ficando na 36ª posição entre 227 cursos; Engenharia Civil, na 40ª posição entre 537; Engenharia Mecânica, entre os 291 bacharelados, o curso ocupa a posição de número 25; Engenharia Elétrica, no posto 129, entre 365 cursos, etc.

Ainda na lista de cursos da UFMA com a nota 4 estão a Licenciatura em História, Bacharelado em Ciências da Computação, Bacharelado em Ciências Biológicas, Licenciatura em Ciências Sociais, Licenciatura em Educação Física, Engenharia Elétrica, Engenharia Química, Licenciatura em Geografia, Bacharelado em Geografia, Licenciatura em Letras-Espanhol, Licenciatura em Letras-Inglês,Licenciatura em Pedagogia, todos em São Luís, e Licenciatura em Letras-Português, no câmpus de Bacabal.

Entre aqueles que obtiveram nota 3, listam-se o Bacharelado em Ciências Biológicas, Licenciatura em Artes Visuais, Licenciatura em Filosofia, Licenciatura em Matemática, Bacharelado em Matemática, Licenciatura em Música, Licenciatura em Química, todos no câmpus de São Luís, Licenciatura em Ciência da Computação, em Codó, e Engenharia de Alimentos e Licenciatura em Pedagogia, no câmpus de Imperatriz.

Mestrados e Doutorados aprovados pela CAPES

O ano de 2018 foi um dos mais exitosos para a pós-graduação da Universidade Federal do Maranhão. Foram 9 propostas de Mestrado e 3 de Doutorado aprovadas pela CAPES ― Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, evidenciando a envergadura e a relevância das pesquisas desenvolvidas pelos docentes da Instituição.

A mudança desse quadro está ligada à atuação estratégica da Pró-reitoria de Pós-graduação e Inovação sob a gestão do professor Allan Kardec Duailibe Barros Filho, para quem as conquistas são fruto da competência dos professores da UFMA em seus diversos câmpus, de uma política de descentralização e desburocratização e do incondicional apoio institucional e articulação nacional.  

Mestrados aprovados

  1. Comunicação (Acadêmico) ―Imperatriz
  2. Saúde e Tecnologia ― Imperatriz
  3. Comunicação (Profissional) ― São Luís
  4. Sociologia ― Imperatriz
  5.  Formação Docente em Práticas Formativas (Profissional) ― Imperatriz
  6. Geografia ― São Luís
  7. Artes Cênicas ― São Luís
  8. Engenharia Aeroespacial em Rede do Nordeste ―Maranhão, Pernambuco e Rio Grande do Norte
  9. Ciências Ambientais ― Chapadinha

Doutorados Aprovados

  1. Ciência da Computação ― São Luís
  2. Ciências dos Materiais ― Imperatriz
  3. História e Conexões Atlânticas: culturas e poderes ― São Luís

Estrelas na avaliação do Guia do Estudante

A UFMA obteve, novamente, resultados expressivos na análise do Guia do Estudante da Editora Abril deste ano: 61 cursos receberam estrelas na última avaliação. No GE, cada curso recebe de três a cinco estrelas, de acordo com os critérios estabelecidos: infraestrutura, corpo docente e projeto didático-pedagógico. Só recebem estrelas os cursos bem-avaliados.

No total, 31 cursos foram avaliados com quatro estrelas; e 30, com três estrelas. É a maior quantidade de estrelas obtidas em todas as avaliações da UFMA promovidas pela publicação da Editora Abril.

Foram analisados pela Editora quarenta graduações da Cidade Universitária (São Luís): Os 23 cursos que receberam quatro estrelas foram Administração, Artes Visuais, Ciências Biológicas (Licenciatura), Ciências Contábeis, Ciências Sociais (Bacharelado), Ciências Sociais (Licenciatura), Direito, Educação Física, Enfermagem, Engenharia Elétrica, Farmácia, Física (Licenciatura), Geografia (Bacharelado), História, Letras, Matemática, Nutrição, Pedagogia, Psicologia, Química (Licenciatura), Relações Públicas, Serviço Social e Turismo.

Dezessete cursos obtiveram três estrelas: Biblioteconomia, Ciências da Computação, Ciências Biológicas (Bacharelado), Ciências Econômicas, Design, Filosofia, Física (Bacharelado), Geografia (Licenciatura), Hotelaria, Jornalismo, Medicina, Música, Oceanografia, Odontologia, Química (Bacharelado), Rádio, Televisão e Internet e Teatro.

O Guia do Estudante avaliou 21 graduações dos câmpus do continente: Oito graduações do câmpus do continente receberam quatro estrelas: Ciências Biológicas (Chapadinha), Ciências Naturais e Exatas (Bacabal, Codó, Imperatriz, Pinheiro e São Bernardo), Jornalismo (Imperatriz) e Letras (São Bernardo).

Treze cursos com três estrelas: Agronomia (Chapadinha), Ciências Contábeis (Imperatriz), Ciências Humanas (Bacabal, Grajaú, Imperatriz, Pinheiro e São Bernardo), Ciências Naturais e Exatas (Grajaú), Direito (Imperatriz), Enfermagem (Imperatriz), Engenharia de Alimentos (Imperatriz), Pedagogia (Imperatriz) e Zootecnia (Chapadinha).

A 28ª edição da avaliação dos cursos de graduação e licenciatura pelo Guia do Estudante faz parte do Prêmio Melhores Universidades, promovido anualmente pela publicação da Editora Abril. Participam do processo somente os cursos que são presenciais, estão em andamento e serão ofertados no próximo semestre.

Ranking Universitário da Folha ― RUF

Mais uma conquista obtida foi a indicação da Universidade Federal do Maranhão pelo Ranking Universitário da Folha 2018 (RUF), como a melhor universidade do estado. Entre as 196 instituições avaliadas em todo o país, a UFMA ficou em 58º lugar, e, em primeiro, no Maranhão, pela terceira vez consecutiva.

Em relação à 2017, a Federal do Maranhão cresceu em alguns aspectos, como a internacionalização (110ª posição, ano passado, para 98ª, este ano) e inovação (37ª para 34ª posição no ranking). Além desses dois aspectos, o RUF avalia ainda a pesquisa, o ensino e a avaliação do mercado.

Entre os 40 cursos analisados em todo território nacional, a UFMA possui 29 que passaram por avaliação, sendo 26 deles apresentados como os melhores do Maranhão, com destaque para Nutrição (21º entre 400 cursos avaliados no país), Serviço Social (23º entre 350), História (31º entre 300), Geografia (33º entre 182), Física (34º entre 149 cursos brasileiros) e Letras (35º entre 500).

Palavra da Reitora Profa. Nair Portela

Não se constrói uma Universidade relevante da noite para o dia. A UFMA de hoje, reconhecida e de reputação forte, é fruto do esforço coletivo, de planejamento participativo e estratégico, da ausculta de diferentes segmentos e de uma gestão que tem se esmerado por aperfeiçoar processos e atender às necessidades sociais e globais em nível de ensino, inclusão, pesquisa e extensão.

Os excelentes resultados na avaliação do RUF, no Guia do Estudante da Editora Abril e no IGC-MEC-ENADE, assim como a aprovações dos nove novos programas mestrados e três  Doutorados pela CAPES, estão intimamente ligados ao eficaz trabalho realizado por vários setores e atores da UFMA ao longo dos quatro anos da nossa gestão, o que resulta na qualificação dos cursos, cujos conceitos refletem o empenho de diversas pessoas que acreditam que a educação pode transformar e construir um mundo melhor, mais justo e compassivo.

A Universidade Federal do Maranhão chega aos seus 52 anos cheia de vida. Foram muitas as conquistas alcançadas, e vários são os desafios do porvir. Avaliada como Instituição de excelência no ensino, na pesquisa e na extensão, a UFMA é parte fundamental na construção do Maranhão, contribuindo e influenciando no desenvolvimento social, cultural, ambiental e humanitário do estado.

Sabemos que podemos avançar mais, mas nos encontramos muito felizes por estarmos consolidando as conquistas e superando os desafios em um tempo de severos cortes no financiamento do ensino superior público brasileiro.

Ascom

error: Content is protected !!