Blog do Leonardo Alves - Compromisso com o Leitor!

20 anos após duplo latrocínio, 3 índios que cometeram assassinato são condenados no Maranhão

Após 20 anos, a Justiça condenou três índios que mataram dois comerciantes a tiros e golpes de facão na BR-226, em Barra do Corda, a 350 km de São Luís. O crime aconteceu no dia 27 de outubro de 1999.

Valdemir Guajajaras (à esquerda), José Mathias Guajajadas (meio) e Argemiro Guajajaras (à direita) foram condenados a 47 anos de prisão pela morte dos comerciantes Jeová e Magno

A polícia acusou os índios José Mathias Isaac Guajajaras, Argemiro Guajajaras e Valdemir Tomaz Guajajaras de serem os assassinos. Em março deste ano, todos foram condenados a 47 anos e seis meses de prisão por latrocínio. Os três estão na Unidade Prisional de Ressocialização de Barra do Corda

O CRIME

Segundo a polícia, o crime aconteceu por volta das 10 horas da manhã. Os comerciantes Jeová Alves Palma, de 36 anos, e Magno Araújo, de 30 anos, voltavam para casa após o trabalho.

Eles viram um corpo estendido à beira da estrada, pararam o carro e foram atacados por um grupo de índios armados. Após serem mortos, Jeová Alves ainda chegou a ser degolado com facão, enquanto o corpo de Magno Araújo foi arrastado por mais de 200 metros no asfalto.

Blog do Lucão R/10

Categoria: Notícias
error: Content is protected !!