Após ser derrotado na 1ª Vara, vereador Raimundo Leonel recorre ao Juizado Especial Cível e Criminal contra blogueiro Leonardo Alves

Vereador Leonel Filho e blogueiro Leonardo Alves

Após ser derrotado na 1ª Vara Criminal, o vereador Raimundo Leonel Magalhães Araújo Filho protocolou mais uma ação contra o blogueiro Leonardo Alves no Juizado Especial Cível e Criminal de Codó.

O vereador denunciado pela Aliança Nacional LGBT por fala ofensiva contra blogueiro e à comunidade LGBTQI+, acusa Leonardo Alves de usar redes sociais e blog para fazer publicações ofensivas à sua imagem. Como já informamos anteriormente, a preocupação do edil é que estamos em ano eleitoral e quer que a população e principalmente o público LGBT esqueça suas declarações preconceituosas em plena sessão da Câmara podendo impactar negativamente no resultado de sua eleição.

Em pepetição, Raimundo Leonel pede que Leonardo Alves retire do ar todas as matérias em que aparece sua imagem e matérias em relação à sua fala na Câmara sobre homofobia e sobre o caso da sua caminhonete com registro de roubo em 2019, tendo inicialmente pedido rejeitado pelo juiz de Direito, Iran Kurban Filho.

O vereador de maneira mentirosa afirma que o titular deste blog usa perfil pessoal no Instagram para fazer ofensas à sua honra. Entre os pedidos feitos, Leonel através de sua advogada que possivelmente tenha tentado espionar as redes sociais privadas de Leonardo Alves, pede retratação, indenização e diz sentir-se incomodado com a divulgação de sua imagem sem autorização no blog.

O juiz Iran Kurban Filho marcou audiência entre Leonardo Alves e Leonel Filho para o dia 16 de maio, ás 10h, na sala de audiências do Juizado Especial Cível e Criminal. Assim sendo, o titular deste blog comparecerá à audiência para cumprir a determinação do Judiciário e de já manifesta desinteresse em conciliação com o vereador “processador” e quer mesmo é a audiência de julgamento.

O vereador está pensando que pode usar de sua imunidade parlamentar para falar baboseiras na Câmara? A população que acompanhou suas declarações contra blogueiro na Câmara já tem opinião formada sobre a atitude do vereador. O Casarão LGBT de São Paulo emitiu nota de repúdio entendendo que a atitude de Leonel Filho foi criminosa, homofóbica e incitatória para que outros sintam-se na liberdade de imitar tal conduta.

0 thoughts on “Após ser derrotado na 1ª Vara, vereador Raimundo Leonel recorre ao Juizado Especial Cível e Criminal contra blogueiro Leonardo Alves

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos HTML :

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>