“Essa marca nós vamos tirar da história do Brasil”, afirma ministra Damares Alves sobre registros de abuso infantil

Em sua chegada a Imperatriz, na manhã desta sexta-feira, 16, acompanhada do senador Roberto Rocha, para cumprimento de agenda oficial, a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves informou que ainda essa semana entregou, no Congresso Nacional, um projeto de Lei para aumentar a pena do abusador de criança no Brasil (acompanhe o vídeo).

 

“Essa marca nós vamos tirar da história do Brasil” afirmou a ministra, referindo-se aos índices do Brasil sobre o tema. Dos 159 mil registros feitos pelo Disque Direitos Humanos ao longo de 2019, 86,8 mil são de violações de direitos de crianças ou adolescentes, um aumento de quase 14% em relação a 2018.

Enquanto falava com a imprensa, em Imperatriz, a ministra conclamou o apoio do senador Roberto Rocha, e de outros parlamentares do congresso.

“O Brasil e uma nação que vai proteger criança. Criança nasceu pra ser amada, e não pra ser abusada”, enfatizou a ministra.

Compromissos

A agenda oficial da Ministra Damares Alves incluiu a entrega de 20 mil cestas básicas destinadas à segurança alimentar das comunidades indígenas, ocorrida hoje pela manhã, no pátio da Coordenação da Conab de Imperatriz.

Ainda pela manhã, a ministra e o senador Roberto Rocha fizeram uma visita à APAE de Imperatriz.

A programação ainda segue até o final da tarde desta sexta-feira.