Estudante maranhense é selecionado pelo Programa Jovem Embaixador

Aos 16 anos, Jédesson Sousa Bandeira, estudante da 2ª série do ensino médio no Centro Educa Mais Antônio Reinaldo Porto, localizado em Passagem Franca, é o novo jovem embaixador. Ele e outros 32 jovens de 24 estados brasileiros e do Distrito Federal foram selecionados em um universo de 10.119 inscritos na edição virtual do Programa Jovens Embaixadores 2021. O resultado foi divulgado nesta sexta-feira (7) pela Embaixada dos Estados Unidos no Brasil.

Devido à pandemia da Covid-19, o Programa Jovens Embaixadores 2021 não poderá ser realizado em formato presencial nos Estados Unidos. Nesta edição, o Jovens Embaixadores será em formato online e realizado entre os dias 14 de junho e 13 de agosto. “Com Jovens Embaixadores, brasileiros e americanos, se juntando para participar de atividades e oficinas sobre liderança, cultura e comunicação, cidadania digital, mudança social em sua comunidade e em nível global e para compartilhar, sempre virtualmente, um pouco de sua história e cultura por meio de suas famílias e comunidades”, informa o portal da Embaixada e Consulados dos EUA no Brasil.

Jédesson Sousa Bandeira comentou a divulgação do resultado, que veio após uma série de etapas para chegar até a seleção. “Primeiramente, gostaria de dizer que estou muito feliz por estar participando do programa Jovens Embaixadores. Queria agradecer primeiramente a Deus por ter me concedido mais uma conquista e em segundo lugar agradecer a minha família e amigos. Todos sabem que sou muito grato por ter eles na minha vida e por ter conseguido. Foi difícil, mas graças a Deus deu tudo certo, mesmo com todas as barreiras”, destacou.

O estudante ainda ressaltou a expectativa de aprendizagem com a experiência de participar do Jovens Embaixadores. “Me sinto muito feliz e realizado, e espero que esse programa dê muitos frutos e que não apenas eu possa mudar, mas que eu mude a realidade de muitas pessoas e que possa fazer a diferença no ‘NUCA’! ”, expressou.

Jédesson Sousa Bandeira integra, em sua cidade, o Núcleo de Cidadania de Crianças e Adolescentes (NUCA), um projeto de empreendedorismo que foi criado pelo município como parte das atividades do Selo UNICEF. No projeto, são realizadas palestras e a Busca Ativa Escolar para inclusão de crianças que estão fora da escola.

O Programa

O Programa Jovens Embaixadores conta com a parceria do Conselho Nacional de Secretários de Educação (CONSED), secretarias Estaduais de Educação, rede de Centros Binacionais Brasil-Estados Unidos, além das empresas FedEx, MSD, IBM, e também da PLT4Way Inglês e Inclusão Social e da Associação de ex-Bolsistas de Programas do Governo Americano (USBEA).

Desde 2003, 667 jovens brasileiros já participaram do programa.

Texto por Assessoria de Comunicação – SEDUC