Federação dos Municípios emite nota de pesar pelo falecimento do ex-prefeito de Codó, Ricardo Archer

A Federação dos Municípios do Maranhão (Famem) emitiu nota de pesar pelo morte do ex-prefeito de Codó Ricardo Archer, que faleceu nesta quarta-feira (29). Empresário do setor gesseiro, Archer, que é mais uma vítima do covid-19, era filho do ex-ministro da Ciência e Tecnologia do Governo Sarney, Renato Archer.

O ex-prefeito foi internado em consequência de complicações de saúde causadas pelo novo coronavírus. Ele foi eleito em 1996 pelo PPB e nas eleições seguintes, em 2004, foi reeleito  pelo PSDB. A reeleição de Archer quebrou uma tradição na cidade que nunca antes havia reeleito um prefeito em mandato sucessivo.

Archer também exerceu mandato de deputado estadual e secretário de Estado de Articulação Política no governo de Roseana Sarney (MDB). O político tinha intenção de disputar mais uma vez as eleições em novembro deste ano. Em março deste ano, Ricardo Archer se submeteu a uma cirurgia de apendicite em São Luís.