Blog do Leonardo Alves - Compromisso com o Leitor!

Governo Estadual inicia nova oferta de cursos profissionalizantes em unidades prisionais

O Governo do Estado iniciou, na segunda-feira (08), a oferta de cursos do Programa de Educação Profissional nas unidades prisionais em 2019. A ação é realizada pela Secretaria de Educação (Seduc), por intermédio da Secretaria Adjunta de Educação Profissional e Inclusão Social e o Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema), em parceria com a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap).Ao todo, foram oferecidas 500 vagas, distribuídas nas unidades de: Açailândia, Davinópolis, Grajaú, Presidente Dutra, São João dos Patos, Pedreiras, Coroatá, Chapadinha, Itapecuru-Mirim, São Luís, Rosário, Viana, Pinheiro, Zé Doca, Codó e Timon.

Cada unidade está ofertando um curso com carga horária de 160 horas, entre os quais: Operador de Caixa de Supermercado, Manicure e Pedicure, Pintor de Obras, Redeiro de Pesca, Carpinteiro de Obras, Reciclador, Artesão de Biojoias, Encanador Predial, Agricultura Orgânica, Montagem e Manutenção de Computadores e Mecânico de Motocicletas.

“De acordo com a política do governador Flávio Dino de ressocialização das Unidades prisionais e de regeneração dos detentos, para que possam voltar para a sociedade e a partir daí trabalhar e ter uma vida digna, o governador determinou que a Seduc oferecesse cursos profissionalizantes em unidades prisionais e já temos resultados bastante significativos. Hoje iniciamos o segundo ano, com a meta de alcançar 500 alunos, com vários cursos de diversos eixos, cujo objetivo é a ressocialização”, ressaltou André Belo, adjunto de Educação Profissional e Inclusão Social da Seduc.

A ação integra o Programa Rumo Certo, que visa ampliar as oportunidades de formação e qualificação de mão de obra, oferecendo cursos de capacitação profissional, alfabetização, pós-graduação e preparatório para vestibulares, totalmente gratuitos, no âmbito do sistema carcerário maranhense.

Este é o segundo ano de cursos do Iema nas unidades prisionais pelo ‘Rumo Certo. Ano passado foram oferecidas 16 turmas, em 13 unidades prisionais, com a certificação de 306 pessoas privadas de liberdade em 11 municípios.

ASCOM

Categoria: Notícias
error: Content is protected !!