ICMar realiza capacitação com estudantes que embarcarão no navio Ciências do Mar II

SÃO LUÍS – Na tarde desta sexta-feira, 31, o Instituto de Ciências do Mar, da Universidade Federal do Maranhão, (ICMar-UFMA) realizou uma capacitação com os quinze estudantes do curso de Oceanografia que embarcarão, no período de 4 a 6 de fevereiro, no navio Ciências do Mar II.

A capacitação, ministrada pelo comandante do navio, Heyder da Silva, teve o intuito de apresentar os espaços, as regras de convívio e de segurança da embarcação. “Esse briefing de campo será reiterado a bordo e tem o objetivo de explicar os ambientes, as práticas e os equipamentos em uma embarcação, para evitarmos riscos e acidentes”, pontuou o comandante Silva.

Ele acrescentou, ainda, que essa é uma ação inédita desde o início das atividades do laboratório flutuante. “Parabenizo o ICMar pela iniciativa e acredito que devemos transformar a capacitação em procedimento padrão pré-embarque”, revelou.

Segundo o diretor do ICMar, Danilo Lopes, a expectativa da capacitação é garantir o sucesso das atividades no navio. “O comandante transferiu todas as informações de segurança necessárias, tanto no embarque, desembarque e durante o período embarcado. Assim, os alunos já vão preparados e saberão como se comportar e agir com sabedoria e tranquilidade casa haja alguma eventualidade no mar”, frisou.

Ansiosa pela viagem, a graduanda Fernanda Soares sentiu-se mais confiante com as informações fornecidas. “Conhecemos a planta do navio, onde ficam as cabines, por exemplo, as regras quanto à vestimenta, normas de segurança, alimentação, além das informações de pré-embarque, e como saber quais remédios são importantes para levar na viagem”, disse.

Sobre o navio Ciências do Mar II

Sob gestão da UFMA e coordenado pelo ICMar, o navio facilita as aulas práticas e a formação dos estudantes de ciências marítimas, permitindo o manuseio e a operação de equipamentos de uso rotineiro em atividades científicas, como coleta, processamento e armazenamento de amostras biológicas e de dados. O Ciências do Mar II beneficia alunos e professores das instituições da região Norte do Brasil, além do Maranhão e do Piauí.