Ministério Público investiga possíveis irregularidades no aumento do salário do prefeito e vereadores em Codó

O Ministério Público do Estado do Maranhão, por intermédio do promotor de Justiça, Carlos Augusto Soares, instaurou inquérito civil com o objetivo de investigar o aumento do salário do prefeito, vice-prefeito e vereadores,  que foi aprovado pela Câmara Municipal de Codó.

O aumento de subsídios do prefeito, vice-prefeito e vereadores foi aprovado em 2020, por vereadores aliados do ex-prefeito Nagib. A intenção era beneficiar uma eventual vitória de Zito Rolim.

O inquérito foi publicado no Diário Oficial do Ministério Público nesta segunda-feira (23).

Segundo um vídeo divulgado nas redes sociais em 2020, o plano de aumentar os subsídios foi orquestrado por Nagib e  Leonel Filho. Relembre no vídeo abaixo: