Neto Evangelista se solidariza com Wellington do Curso por ter sido impedido de ser candidato

O pré-candidato a prefeito de São Luís pelo Democratas, deputado estadual Neto Evangelista, se solidarizou, nesta terça-feira (01), com o colega de Plenário da Assembleia Legislativa do Maranhão, Wellington do Curso (PSDB), por ter sido impedido, pela cúpula da legenda, de ser candidato a prefeito de São Luís. Neto classificou o ato de antidemocrático e disse que eleição é a essência da democracia, com todos tendo direito de participar.

“Pode parecer até esquisito porque sou também postulante ao cargo da Prefeitura de São Luís, mas, acima de qualquer disputa política, existe o direito legítimo de um cidadão que goza dos seus direitos políticos de disputar uma eleição. E não é um cidadão comum, é o cidadão Wellington do Curso, deputado estadual e que, na última eleição para prefeitura de São Luís, teve quase 20% dos votos da cidade”, afirmou Neto.

De acordo com Neto, com o impedimento da candidatura de Wellington do Curso, tiram dele o direito de discutir a cidade. “É ruim para a cidade. A cidade perde uma pessoa que tinha condições de debater em alto nível. Não desista da sua candidatura. Recorra à instância nacional do PSDB, porque lhe deram uma rasteira da forma mais baixa e que desmerece a história do próprio partido”, disse.

“Eu lhe conheço e diferente de nós, eles não tem vínculo com São Luís. Lute até o fim!”, concluiu Neto Evangelista.