No Maranhão, quem propagar fake news sobre coronavírus será multado

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Othelino Neto, vai propor um projeto de lei que estipula multas financeiras a quem propagar notícias falsas nas redes sociais relacionadas à pandemia de coronavírus.

A matéria deve ser protocolada nesta segunda-feira (04).

A iniciativa, já aprovada em outros estados do país, quer barrar a disseminação de informações que provoquem agitação e ponham em risco a saúde dos maranhenses.

Na semana passada, uma fake news sobre a decretação do lockdown em São Luís provocou aglomeração na porta de supermercados e congestionamento nas ruas.

 

Marrapa