Othelino Neto anuncia votação de PL que reduz mensalidade de escolas e faculdades em 30%

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), anunciou, na segunda-feira (20), em sua conta pessoal no twitter, que incluirá, na Ordem do Dia da próxima Sessão Extraordinária com Votação Remota por Videoconferência, a ser realizada no próximo dia 27 de abril, às 11h, o Projeto de Lei 088/20, de autoria do deputado Rildo Amaral (Solidariedade), que visa garantir redução de 30% das mensalidades de escolas particulares (ensino fundamental e médio), assim como a emenda ao PL, de autoria do deputado Dr. Yglésio (PROS), incluindo o nível superior.

O chefe do Parlamento Estadual comentou que não percebeu boa vontade por parte da maioria das escolas particulares em discutir, de forma clara e transparente, a possível redução nos valores das mensalidades escolares, nesse período de suspensão das aulas presencias, por conta da pandemia do novo coronavírus.

“Achei que o bom senso iria prosperar e chegaríamos a um entendimento que beneficiasse a todos os envolvidos: empresários, estudantes, professores e funcionários administrativos dos estabelecimentos de ensino. Diante disso, informo que incluirei na Ordem Do Dia da próxima sessão da Assembleia o Projeto de Lei, assim como a respectiva emenda”, afirmou Othelino Neto.

 

Agência Assembleia

One thought on “Othelino Neto anuncia votação de PL que reduz mensalidade de escolas e faculdades em 30%

  • Aldmar Santos says:

    Porque os politicos não colocam em votação a redução dos seus vencimentos?
    Deveria começar pelas câmaras dos vereadores, já que querem a reposição da perda de arrecadação do icms?
    Os Deputados e Senadores que geram um custo astronômico em vencimentos, se reduzissem pelo menos 30% quantas cestas básicas daria para comprar.
    E estas compras além de ajudar a população carente, auxiliaria em muito os pequenos mercados e mercearia.
    Mas o que vejo é que “bom senso” não é uma qualidade dos políticos.

Comments are closed.