Parceria visa capacitar 26 mil visitadores do CRIANÇA FELIZ sobre abuso sexual contra crianças

Iniciativa irá contribuir com o enfrentamento ao abuso sexual de crianças. Curso gratuito já está disponível no portal da Escola Nacional de Direitos da Criança e do Adolescente

Um acordo firmado entre os Ministérios da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) e o da Cidadania, nesta segunda-feira (23), irá viabilizar a capacitação de 26 mil visitadores e profissionais que atuam no Criança Feliz — programa do governo federal voltado ao cuidado à primeira infância. As inscrições para a formação on-line já estão disponíveis na plataforma da Escola Nacional de Direitos da Criança e do Adolescente (Endica).
Faça a sua inscrição.

A iniciativa tem o objetivo de preparar os colaboradores para apoiar no enfrentamento ao abuso sexual contra crianças. O secretário nacional dos direitos da criança e do adolescente, Maurício Cunha, ressalta que a qualificação dos atores estratégicos do Sistema de Garantia de Direitos, como é o caso dos visitadores domiciliares do programa, é fundamental para avançar na proteção integral do público infanto-juvenil.

“Damos capilaridade para a temática da proteção da infância. Termos perto de 26 mil visitadores, que estão na casa das pessoas, orientados para perceber sinais identificadores de violência é fechar o cerco em favor da criança. É um grande avanço. Estamos formando um exército que vai poder identificar e encaminhar as crianças para a rede de proteção e orientar as famílias nesse tema tão importante que é a violência sexual contra crianças e adolescentes”, explica Cunha.

“Os nossos visitadores que vão até a casa das famílias mais vulneráveis conseguirão por meio dessa capacitação ter uma percepção melhor nos casos de violência sexual, poderão dar um apoio e trazer o cuidado que essas crianças precisam. É uma forma não somente de encaminhar, mas de prevenir a violência também”, disse a secretária de Atenção à Primeira Infância do Ministério da Cidadania.

O curso tem duração total de 45 horas. A ferramenta possui ainda outras quatro capacitações sobre temas relacionados à proteção da criança e do adolescente.

Sobre o programa

O programa Criança Feliz é uma iniciativa do Governo Federal, de caráter intersetorial, que tem por finalidade promover o desenvolvimento integral das crianças na primeira infância. O público prioritário da política pública são gestantes, crianças de até três anos de idade e suas famílias beneficiárias do Bolsa Família; crianças de até seis anos de idade e suas famílias beneficiárias do Benefício de Prestação Continuada (BPC); e crianças de até seis anos de idade afastadas do convívio familiar em razão da aplicação de medida de proteção.

A principal ação do programa é a realização de visitas domiciliares. O programa está em mais de 2,9 mil municípios em todo o país. Segundo a secretária Nacional de Atenção à Primeira Infância, Luciana Miranda, parcerias como esta contribuem muito para o desenvolvimento das crianças acompanhadas pelos profissionais.

Assessoria de Comunicação Social do MMFDH

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos HTML :

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>