Plenário da Assembleia Legislativa faz um minuto de silêncio em homenagem ao deputado Zé Gentil

Na abertura da sessão presencial desta terça-feira (23), o Plenário da Assembleia Legislativa do Maranhão fez um minuto de silêncio pelo falecimento do deputado Zé Genttil (PRB), ocorrido no dia 15 de junho, em Teresina (PI), em decorrência de complicações da Covid-19. A pedido do presidente do Parlamento Estadual, deputado Othelino Neto (PC do B), todos os deputados se postaram de pé na homenagem ao parlamentar.

 “Infelizmente, o deputado Zé Gentil não resistiu às complicações causadas pelo novo coronavírus, assim como mais de mil maranhenses. Nós lamentamos profundamente por todas as vidas perdidas nessa pandemia e, hoje, em nome do deputado Zé Gentil, prestamos homenagem a ele e a todas as famílias que perderam seus entes queridos em razão da Covid-19”, disse Othelino Neto.

Antes de proceder à leitura do resumo da ata da sessão anterior, a 2ª secretária da Mesa Diretora, deputada Cleide Coutinho (PDT), emocionada, prestou sua homenagem ao deputado Zé Gentil. “estamos todos aqui, hoje, com a permissão de Deus, e desejamos que o Zé Gentil esteja em bom lugar, assim como todos as pessoas que também sucumbiram a essa doença”.

O deputado César Pires (PV) homenageou Zé Gentil com uma frase do escritor maranhense Humberto de Campos: “As flores que emolduram a vida, também emolduram a morte”.  Ele destacou que no enterro de Zé Gentil também teve flores saudando a entrada do parlamentar ao lado de Deus”.

Legislaturas

Aos 80 anos, o deputado Zé Gentil estava em seu quarto mandato no Legislativo maranhense. Nas eleições de 2018, foi eleito deputado estadual pelo Republicanos, com 62.364 votos. Exerceu ainda a função nas legislaturas de 1987 a 1991 (deputado constituinte), 1991 a 1995, 1995 a 1999 e, na atual, de 2019 a 2023. Antes, em 1982, exerceu mandato de vereador de Caxias, cidade onde nasceu, no dia 18 de maio de 1940.

Zé Gentil marcou história na política maranhense sendo um dos parlamentares constituintes que elaboraram a atual Constituição do Estado do Maranhão, promulgada em 5 de outubro de 1989. Por esse feito, foi homenageado pela Assembleia Legislativa no ato de comemoração dos 30 anos da Constituição Estadual, celebrado no ano passado.

Ao assumir seu quarto mandato no Parlamento Estadual, em 2019, Zé Gentil ganhou destaque com a aprovação do projeto RG+, entre muitos outros que apresentou na Casa, em benefício da população maranhense.