Prefeitura de Codó e posto de combustível sofrem investigação do Ministério Público

O Ministério Público Estadual do Maranhão informou em seu Diário Eletrônico Oficial nesta terça-feira (20) que abriu um inquérito civil para apurar supostas práticas de má aplicação de recursos públicos, de corrupção e ato de improbidade administrativa no processo de licitação pública de contratação no fornecimento de combustível  envolvendo a Prefeitura Municipal de Codó e o Posto K Louis Albuquerk.

O promotor de Justiça Carlos Augusto Soares determinou o envio das cópias dos documentos constantes no procedimento ao Núcleo Assessoria Técnica Regional de Caxias e Bacabal – NATAR/POLOTMN, para análise da irregularidade do processo de licitação e do contrato  respectivo com foco na possibilidade de ter havido direcionamento de licitação, bem como sobepreço.

Posto de Combustível K Louis Albuquerk