Projeto garante atendimento prioritário para professores em instituições de saúde

O Projeto de Lei 302/20 garante atendimento prioritário para professores em instituições de saúde públicas e privadas. O texto está em análise na Câmara dos Deputados.

Pela proposta, o atendimento prioritário consiste em garantir marcação de consulta, exames e procedimentos cirúrgicos, respeitadas as regras atuais de prevalência de gestantes, idosos e eventuais emergências.

Autor da proposta, o deputado Fabio Reis (MDB-SE) cita pesquisa divulgada pela Associação Nova Escola em 2018, feita com mais de 5 mil professores, com as seguintes conclusões: 66% das professoras e professores já precisaram se afastar do trabalho por questões de saúde; 87% dos participantes acreditam que o seu problema é ocasionado ou intensificado pelo trabalho.

“Além de garantir um atendimento mais célere aos professores que vivem hoje em um ambiente adoecedor, conforme demonstram os estudos, a adoção de um atendimento prioritário a estes profissionais trará ganhos indiretos para toda a sociedade, pois teremos professores mais atuantes e saudáveis, logo, teremos menos afastamentos e ausências”, diz o parlamentar.

Tramitação
A proposta será analisada em caráter conclusivo pelas comissões de Seguridade Social e Família; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Agência Câmara de Notícias