Sindicato denuncia descaso com profissionais da saúde em Codó

NEGLIGÊNCIA E DESVALORIZAÇÃO POR PARTE DO GOVERNO MUNICIPAL PARA COM OS VERDADEIROS HERÓIS NO COMBATE À PANDEMIA.

Segundo informações apuradas pelo sindicato dão conta de que _profissionais_ _da_ _saúde_ contratados principalmente trabalham em Codó com excesso de carga horária, sem direitos básicos tais como:
• Adicional de insalubridade;
• Adicional de periculosidade;
• Adicional noturno, entre outros, … além de não terem a sua disposição todos os epis ( equipamentos de proteção individual) suficientes e necessários para suas seguranças já que os mesmos por estarem na linha de frente do combate a covid-19, muitos terminaram sendo infectados pelo vírus devido também as más condições em seus locais de trabalho.

Diante do exposto, esta entidade sindical cobra da secretaria municipal de saúde e do prefeito Nagib ações de valorização e respeito para com estes trabalhadores que se expõem e se arriscam diariamente nos hospitais e postos médicos na luta incessante em salvar a vida dos codoenses.

SINTSERM-CODÓ.

Em: 03/07/2020.