ZITO ROLIM descumpre legislação eleitoral e deverá ter candidatura indeferida pela Justiça Eleitoral

O deputado Zito Rolim do PDT que registrou sua candidatura para disputar a Prefeitura de Codó deverá  ter seu registro indeferido pela Justiça Eleitoral.

Segundo o DivulgaCand, sistema responsável pela divulgação das candidaturas registradas para as Eleições Municipais de 2020, o pedetista deixou de apresentar o seu plano de governo exigido pela legislação eleitoral, podendo fazer com que o Ministério Público Eleitoral (MPE) se manifeste pelo indeferimento de seu registro de candidatura.

 

Zito descumpre um dos requisitos indispensáveis para o deferimento de sua candidatura, deixando de apresentar à população codoense o que pretende fazer durante sua gestão, caso eleito for. Mais do que uma utilidade, a apresentação do documento (plano de governo) tem caráter obrigatório  e está na lista de documentos que o candidato precisa enviar ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Os planos de governo são ferramentas úteis para o eleitor se informar a respeito das ideias e das prioridades de cada candidato. O documento que é mantido público pelo TSE, também ajudará a sociedade a cobrar dos eleitos aquilo que prometeram.

One thought on “ZITO ROLIM descumpre legislação eleitoral e deverá ter candidatura indeferida pela Justiça Eleitoral

  • Carlos Santos says:

    O único compromisso desse cara é sentir o cheiro do suvaco do FC daonde ele jamais irá sair. No meu ponto de vista ele não passa de um laranja do FC pois dará obrigatoriamente CONTINUIDADE AO PROJETO DO NAGIB BUZAR mantendo tudo como está. Vai passar quatro anos caladinho e obedecendo ao Nagib e ao seu pai. Acorda Codó. 12 anos cansou!

Comments are closed.