Reitor Natalino Salgado recebe Ministro da Educação para inaugurar obras na Cidade Universitária e no Hospital Universitário

Foram inaugurados o prédio da Diretoria de Tecnologias na Educação (Dted), do Centro de Referência em Endocrinologia e Hepatologia e as novas instalações do ambulatório de Cardiologia do HU-UFMA

A Universidade Federal do Maranhão deu mais um passo na ampliação da qualidade do ensino a distância e no fortalecimento do atendimento hospitalar no estado. Nessa quinta-feira, 2, o Ministro da Educação, Milton Ribeiro, e o Presidente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), Oswaldo Ferreira, estiveram com o reitor Natalino Salgado para inaugurar o prédio da Diretoria de Tecnologias na Educação (Dted), do Centro de Referência em Endocrinologia e Hepatologia e as novas instalações do ambulatório de Cardiologia do Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão.

O roteiro de inaugurações contou com visitas nos espaços e descerramento de placas. Participaram também da solenidade a vice-prefeita de São Luís, Esmênia Miranda; o titular da Secretaria do TCU no Estado do Maranhão (SEC-MA), Alexandre José Caminha Walraven; o deputado Edilázio; pró-reitores, superintendentes, diretores de Centro, e colaboradores do Hospital Universitário.

Inauguração prédio da Dted

Em novembro do ano passado, a UFMA deu início à retomada das obras, paralisadas há 5 anos, do prédio onde está instalada a Diretoria de Tecnologias na Educação. Com o orçamento total de cerca de R$ 924 mil, liberados pelo MEC para a sua conclusão, foram ampliadas e melhoradas as estruturas do ensino tecnológico a distância na UFMA.

O novo espaço abrigará equipes multidisciplinares e conta com três pavimentos, auditórios, estúdios de gravação, laboratório de informática, salas para capacitação de projetos, espaço multiuso, reunião e treinamento, copa, refeitório e áreas de lazer.

A diretora da Dted, Ana Emília Figueiredo, destacou que esse espaço contribuirá para a ampliação dos projetos da diretoria. “Nós poderemos ampliar cada vez mais nosso trabalho, além de promover novos projetos que estão em desenvolvimento. Os três braços da Dted: a Universidade Aberta do SUS (UnA-SUS), a Universidade Aberta do Brasil (UAB) e o EaD para Você, já acumulam números expressivos. Na UnA-SUS, por exemplo, entre as 38 universidades brasileiras que compõem a rede, a UFMA tem o maior número de matrículas e de projetos “, destacou.

Segundo o reitor Natalino Salgado, a missão agora, é colocar os projetos em andamento para fortalecimento das tecnologias na EaD. “Auxiliado pela expertise da Superintendência de Tecnologia e Informação da Universidade, pudemos enfrentar a pandemia nesse formato híbrido, com grandes inovações e promovendo inclusão social. Buscamos promover um serviço da qualidade da educação, porque esse formato híbrido veio para ficar e cabe a cada universidade utilizar as ferramentas e complementar as práticas do ensino presencial”, disse.

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, parabenizou a UFMA pela iniciativa. “A internet passou do campo de acessório para ser ferramenta importante do ensino, somada à presença dos professores em sala de aula. Se não fosse a internet, nada poderia ter sido feito na pandemia. A UFMA está de parabéns por desenvolver e dedicar todo um prédio para que as ferramentas tecnológicas sejam desenvolvidas a contento”, discursou.

Inauguração no HU-UFMA

Os investimentos no Centro de Referência em Endocrinologia e Hepatologia e nas novas instalações do ambulatório de Cardiologia somam, aproximadamente, R$ 10,5 milhões do Governo Federal, por meio Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), também gerido pela Ebserh-MEC.

O reitor da UFMA, Natalino Salgado Filho, reforçou que a inauguração desses prédios enfatiza a dupla missão do HU-UFMA, não só de atender à saúde, mas do seu compromisso de ensinar.

“Nossa instituição tem toda uma história e uma tradição. É o maior centro formador de recursos humanos da área da saúde para o nosso estado e é uma referência para todo o país. Agradeço o empenho de todos que fazem parte dessa história e fortalecem o Sistema Único de Saúde”, expôs.

Os dispositivos vão melhorar a qualidade dos 7 mil procedimentos realizados mensalmente, entre consultas e exames voltados aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Para a superintendente do HU-UFMA, Joyce Lages, além da melhoria nos atendimentos, os ambientes promoverão também o ensino de qualidade.

“Nós estamos fazendo hoje uma prestação de contas com a sociedade ao entregar duas unidades que foram construídas com recursos do Rehuf, que já estão prontas e funcionado, mas, principalmente, oferecendo uma área qualificada e humanizada para assistência ao paciente e com locais específicos para nossos alunos”, frisou.

O presidente da Rede Ebserh-MEC, Oswaldo Ferreira, destacou a felicidade em ver a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares evoluir nas suas unidades, que, mesmo em tempo de pandemia, nunca parou.

“É um prazer muito grande voltar a São Luís, uma vez que estamos cada vez mais comprovando a evolução deste hospital que considero uma referência dentro da rede Ebserh. Nós temos dois grandes objetivos em nossa atuação: prestar assistência de qualidade àqueles que dependem do Sistema Único de Saúde e formar os melhores profissionais na área de saúde. Eu não poderia deixar de registrar o esforço que tem sido feito pelo corpo diretor deste hospital para que pudéssemos inaugurar ambientes propícios para o ensino e assistência”, afirmou.

Já o Ministro da Educação, Milton Ribeiro, agradeceu o esforço de todos que fazem do hospital uma referência. “A vocação do Hospital Universitário é promover o ensino paralelo ao serviço prestado à população. Tenho certeza que os profissionais e residentes que passam por aqui saem de uma maneira diferente. E é com muito orgulho que estamos aqui hoje inaugurando esses serviços tão essenciais. Agradeço o empenho de cada um que faz parte dessa conquista”, finalizou.

Sobre a Rede Ebserh

O HU-UFMA faz parte da Rede Ebserh desde janeiro de 2013. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Vinculadas a universidades federais, essas unidades hospitalares têm características específicas: atendem a pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas. Devido a essa natureza educacional, os hospitais universitários são campos de formação de profissionais de saúde. Com isso, a Rede Ebserh atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde da região em que estão inseridos.

Por: Maira Pacheco, com informações da Coordenadoria de Comunicação Social da Rede Ebserh/MEC
Fotos: Sansão Hortegal
Revisão: Jáder Cavalcante

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos HTML :

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>