VÍDEO diz que aumento do salário do prefeito Zé Francisco foi orquestrado por Francisco Nagib e Leonel Filho

Um vídeo que está circulando nas redes sociais diz que o aumento do salário do prefeito Zé Francisco foi orquestrado por Francisco Nagib e Leonel Filho.

Assista ao vídeo:

One thought on “VÍDEO diz que aumento do salário do prefeito Zé Francisco foi orquestrado por Francisco Nagib e Leonel Filho

  • GRACILIANO says:

    Vamos aos detalhes…

    – Vereadores de oposição jogam a opinião publica contra o atual Prefeito?
    R: Sim, isso é verdade, pois é algo corriqueiro da politicagem codoense.
    – O Prefeito tem autonomia para aumentar seu próprio subsídio?
    R: Não, por lei isso não é possível.
    – Por lei, quem determina o valor do subsídio do Prefeito, Vice-Prefeito, Secretários (as) e Vereadores em Codó?
    R: De acordo com o artigo 29 inciso V da Constituição Federal de 1988, cabe à Câmara tal responsabilidade. Além de determinar os valores, a Câmara também é responsável pela aprovação ou rejeição do reajuste.
    – Quem era o presidente da Câmara em 2020?
    R: Raimundo Leonel Magalhães Araújo Filho popularmente conhecido como “Leonel Filho”.
    – Mas como funciona o reajuste dos subsídios?
    R: A proposta é apresentada e aprovada dentro do limite legal estipulado pela LOM. A “Legislatura atual” sempre define os subsídios da “Legislatura subsequente (seguinte)”.
    Exemplo: Legislatura 2017 / 2020 “definiu” o valor dos subsídios da Legislatura 2021 / 2024. Já a Legislatura 2021 / 2024 “definirá” os valores para a Legislatura 2025 / 2028.

    Resumo:
    O conteúdo do vídeo é verdadeiro, em partes. Toda essa “patifaria” fez parte do acordo para beneficiar os integrantes do grupo político / empresarial, porém eles não contavam com o principal obstáculo: o povo.
    Para muitos, a Câmara não passa de um “puxadinho” da Prefeitura, lugar onde alguns Vereadores ganham “prestígios” em troca da sua submissão ao Prefeito.
    Quem não se lembra da “saudosa” frase do ex-prefeito de Codó?
    – “Vereador em Codó não se faz, vereador se compra”
    E assim vem acontecendo há quase trinta anos…
    E o resultado? Um munícipio de médio porte sem fiscalização por parte daqueles que foram eleitos para fiscalizar, tornando-o terreno fértil para os maiores escândalos envolvendo agentes políticos.
    Aos vereadores de “primeiro mandato”, que aprenda com os erros dos antigos. Mudem essa realidade. Participem das ações da Câmara, mas saibam “separar o joio do trigo”.

    Agora perguntar não ofende…
    Quem votou contra e a favor desse reajuste?
    Onde está a lista com nome dos vereadores?
    Quando ocorreu a sessão que aprovou o reajuste?
    Por qual motivo não houve alarde dos vereadores de oposição da época?

    Ao povo codoense, amadureçam politicamente até 2024. Caso contrário as “patifarias” se repetirão por mais 30 anos…

    Texto de cunho político escrito por GRACILIANO

Comments are closed.