Neto Evangelista apresenta propostas e recebe apoio de multidão nos bairros de São Luís

Por onde passa, Neto Evangelista (DEM) vem recebendo o forte apoio da população para a sua candidatura a prefeito de São Luís. Neste sábado (10), o candidato participou de eventos em vários bairros, onde apresentou propostas do seu Plano de Governo para a capital, como o fim da Central de Marcação de Consultas e a construção de Restaurantes Populares Municipais.

Neto agradeceu pelo carinho das centenas de pessoas que garantiram que ele estará no segundo turno das eleições municipais. “Eu acredito que posso transformar a vida das pessoas através da política. É o maior desafio da minha vida, me preparei para isso porque sonho com uma São Luís que respeite seus habitantes”, disse o candidato.

Acompanhado da vice-prefeita Luzimar Lopes, Neto participou de caminhada na Vila Riod e da inauguração do comitê dos candidatos a vereador, Fábio Câmara (PDT), no bairro do Monte Castelo, e do professor Riba, no São Raimundo.

Para Fábio Câmara, Neto é um homem sensível, que fará uma grande gestão na Prefeitura de São Luís. “Momento de celebração e de alegria em ter o Neto Evangelista conosco. Um homem jovem e preparado de fato, para ser prefeito de São Luís, conversando com o povo nas ruas e que com certeza vai realizar grandes feitos na saúde, na educação e em outras áreas. Um prefeito comprometido com as pessoas e que fará a diferença”, disse Fábio Câmara.

Sobre os candidatos a vereador, Neto afirmou que eleger uma bancada forte facilita o trabalho de uma gestão eficiente. “Precisamos de vereadores de confiança na Câmara Municipal de São Luís, que apoiem nossas metas e projetos. Teremos uma grande gestão baseada em minha experiência política e administrativa, além de parcerias importantes que me ajudarão a buscar recursos para São Luís”, finalizou.

35 candidatos a vereadores de Codó tem CANDIDATURAS DEFERIDAS pela Justiça Eleitoral – veja quem são

De acordo com o Sistema de Divulgação de Candidaturas (DivulgaCand), a Justiça Eleitoral julgou os pedidos de candidaturas e deferiu os registros de trinta e cinco  candidatos à Câmara Municipal de Codó. Os Outros candidatos aguardam julgamento.

Estão aptos para votação:

Abelha – PL

Ana Karoline – PSD

Ana Valéria – PSD

Antônia do Cacá – SOLIDARIEDADE

Antonio Luz – SOLIDARIEDADE

Araújo Neto – SOLIDARIEDADE

Carrim Construção- REPUBLICANOS

Chaveirinho – PL

Cláudio Araújo- PL

Cleane do Dezessete- SOLIDARIEDADE

Eliane Turismo – PL

Elizany do Recanto dos Vieiras- SOLIDARIEDADE

Fran Cardoso – PL

Horzelane- PSD

José Figueiredo – PL

Júnior Oliveira – REPUBLICANOS

Manoel Flor – PL

Manoel Veloso- PL

Marcos Freitas – PSD

Márcia Creuza – MDB

Mayara do Amaral – REDE

Monik Mota – PSD

Nalvinha Meskita – SOLIDARIEDADE

Pastor Valdemir – PSD

Raimundo Carombolo – PSD

Raimundo Carlos- SOLIDARIEDADE

Rejane da Pousada- SOLIDARIEDADE

Rejane Reis – PSD

Samara Delgado – REPUBLICANOS

Saruê-  SOLIDARIEDADE

Soraia Produções- PP

Valber Cabral- REPUBLICANOS

Valdeci Calixto- SOLIDARIEDADE

Vitor Coelho- REPUBLICANOS

Zé Domingos Refrigeração – PSD

Camilo diz que Zito Rolim é o filho mais velho do empresário Chiquinho Oliveira e que Jadiel pode ser o prefeito de Codó

Em um  evento da juventude, o ex- deputado Camilo Figueiredo, que concorre o cargo de vice-prefeito ao lado de Zé Francisco fez duras críticas  contra Zito Rolim e Nagib.

O discurso aconteceu durante a II Conferência da Juventude do PSD no Sindicato dos Trabalhadores Rurais na última quinta-feira (08). Além das várias criticas direcionadas a Zito e Nagib, Camilo disse que Rolim  é o filho mais velho do empresário Chiquinho Oliveira e que Jadiel Reis pode ser o prefeito de Codó.

                   Chiquinho Oliveira e Zito Rolim

Veja o discurso de Camilo:

Neto Evangelista apresenta propostas de seu Plano de Governo a lideranças religiosas

Encontro de líderes religiosos com o candidato a prefeito de São Luís, Neto Evangelista (DEM), proporcionou momentos de oração e apresentação de propostas nesta sexta-feira (09, na Igreja Igreja Batista do Angelim (IBA).

Durante a reunião, O candidato falou de suas propostas sobre educação, saúde, esporte, turismo e modelo de gestão eficiente, acompanhado da candidata à vice-prefeita, Luzimar Lopes.

“Quero agradecer a Deus por este momento e ao Pastor Joaquim Neto, pelas palavras de incentivo. É uma alegria que se transforma em grande  responsabilidade. No início, entreguei na mão de Deus o desafio de ser prefeito e depois muitas portas se abriram. Esse é o maior desafio da minha vida. A experiência me deu a convicção de que serei o prefeito de São Luís. Estou preparado para o desafio”, disse Neto.

Presidente da IBA, o pastor Joaquim anunciou o apoio à candidatura de Neto, seguido de uma oração para abençoar a sua trajetória.

“Comecei a conhecer a sua experiência de vida e vi que é um homem de caráter e de família, pai e temente a Deus. Tem experiência parlamentar de três mandatos de deputado estadual e foi secretário de Desenvolvimento Social (Sedes). Vai ser um prefeito competente. Tem visão e projeto para nossa cidade e tem o respeito das igrejas”, assegurou o pastor.

O pastor André Neves falou sobre a importância da escolha de Evangelista para comandar a Prefeitura de São Luís.

“Precisamos colocar o Neto como prefeito para colocar a cidade no caminho do desenvolvimento. É uma noite abençoada, com todos nós aqui reunidos, para que ele tenha sucesso em sua disputa. Ele é um homem de caráter, de família e de Deus. Com ele, os princípios cristãos serão preservados”, disse o pastor.

Neto debateu com pastores e pastoras, propostas sobre educação especial, ações para a zona rural, o papel da igreja na recuperação de usuários de drogas e geração de emprego e renda. Ele explicou que seu Plano de Governo possui diretrizes e metas gerais, além de ser participativo e elaborado a partir de encontros com especialistas e com a população, com propostas que vão atender as necessidades da população de São Luís de acordo com a realidade de cada região da cidade.

PSD tem quase 2 mil candidatos a prefeito este ano

Gilberto Kassab, presidente nacional do PSD. Foto: Valter Campanato

Partido é o que tem o segundo maior número de postulantes e, de acordo com o presidente Gilberto Kassab, “com empenho e nitidez de propósitos, creio que teremos grandes resultados”

O PSD reúne 1.626 candidaturas a prefeito por todo o País e está presente na disputa nas principais cidades das cinco regiões do Brasil. Segundo levantamento do site Poder 360 junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o partido ocupa a segunda posição em um ranking dos partidos com mais candidatos na disputa deste ano. Segundo a pesquisa, o PSD tem 258 candidatos a prefeito a mais do que nas últimas eleições municipais, em 2016. O site “O Antagonista” também traz os números.

Outro levantamento, também junto ao TSE e formulado no dia 29 de setembro, mostra que o PSD tinha 1.343 indicados para vice-prefeito e um contingente de 36.164 postulantes a vereador pelo País. Ao todo, segundo esses números, o partido tem quase 40 mil candidatos nas eleições deste ano.

Os prefeitos de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, e de Campo Grande, Marquinhos Trad, disputam a reeleição neste ano e lideram em pesquisas de intenção de voto nessas cidades. Além disso, em diferentes outras capitais, candidatos do PSD estarão nas urnas, ocupando a “cabeça de chapa” ou representando candidatura a vice. A sigla também apresenta chapas de candidatos a vereador em diferentes capitais.

“Nosso partido reúne quadros preparados e com as melhores propostas nas diferentes cidades e é natural que apresente números expressivos de candidatos. Com empenho e nitidez de propósitos, creio que teremos grandes resultados”, disse o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab.

Fundado em 2011 e participante ativo do cenário político desde então, o partido tem a segunda maior bancada no Senado Federal, com 12 representantes, e um total de 33 deputados federais, a 7ª maior bancada na Câmara. São governadores pelo PSD Ratinho Jr. (Paraná) e Belivaldo Chagas (Sergipe).

As eleições municipais deste ano terão primeiro turno em 15 de novembro, dentro de 40 dias. Nos locais em que houver segundo turno, a data é 29 de novembro. Nos 5.570 municípios do Brasil, disputam as eleições cerca de 19 mil chapas para as Prefeituras e um universo de mais de 500 mil candidatos a vereadora e vereador.

Assessoria de Comunicação – PSD Nacional