No aniversário de Pinheiro, Othelino e Flávio Dino anunciam UTI Neonatal no município

Othelino participa do ato de inauguração do terceiro pavilhão da Feira Municipal Tobias Cordeiro, em Pinheiro

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), celebrou os 165 anos da cidade de Pinheiro, nesta sexta-feira (3), com a entrega de equipamentos públicos e o anúncio de novos serviços, como a instalação de uma UTI Neonatal e Pediátrica, solicitada pela vice-prefeita Ana Paula Lobato e garantida pelo governador Flávio Dino, durante o ato de celebração do aniversário da cidade.

A solenidade também contou com a presença do senador Weverton Rocha (PDT), de secretários de Estado, deputados, entre outras autoridades.

Em extensa programação na cidade, Othelino acompanhou a entrega do terceiro pavilhão da Feira Municipal Tobias Cordeiro, realizada pelo governador Flávio Dino e o prefeito Luciano Genésio. Participou, ainda, do ato de assinatura da ordem de serviço para a execução de pavimentação asfáltica em ruas da cidade, além da entrega de materiais de irrigação e kits esportivos.

Othelino afirmou que as parcerias têm contribuído muito com a cidade e a população. “Aqui, temos vários projetos viabilizados e executados com emendas de minha autoria e de outros colegas deputados. Juntos, cada um colaborando e fazendo a sua parte, vamos transformando a nossa querida Pinheiro e tornando-a, cada dia mais, um lugar melhor de se viver”, disse.

Ações

Durante o evento, o governador Flávio Dino anunciou a ampliação dos serviços de saúde no município com a implantação de uma UTI Neonatal e Pediátrica, solicitada pela vice-prefeita de Pinheiro, Ana Paula Lobato, que vai atender toda a região da Baixada Maranhense.

“A vice-prefeita Ana Paula, o deputado Othelino, o prefeito e vereadores me pediram um presente e estou aqui para dizer que, em 30 dias, estará funcionando, aqui em Pinheiro, a UTI Neonatal e Pediátrica para atender as crianças de toda a região”, ressaltou o governador.

Flávio Dino também destacou os resultados do trabalho que vem sendo realizado pelo refeito Luciano e a vice-prefeita Ana Paula. “Já realizamos vários projetos conjuntamente, a exemplo da construção e requalificação de espaços urbanos, obras do ‘Mais Asfalto’, muitas delas executadas com emendas parlamentares, como as de autoria do deputado Othelino. São ações que visam sempre à melhoria da vida dos pinheirenses”, assinalou Dino.

O prefeito Luciano Genésio agradeceu os investimentos destinados a Pinheiro, que têm colaborado para que o município se torne referência na Baixada. “Sinto-me feliz em fazer uma gestão compartilhada e, assim, vamos engrandecendo, cada vez mais, a nossa Pinheiro e os pinheirenses”, completou.

Também estiveram presentes o vice-governador Carlos Brandão, o deputado federal André Fufuca (PP), secretários de Estado, vereadores de Pinheiro, entre outras autoridades.

Reitor Natalino Salgado recebe Ministro da Educação para inaugurar obras na Cidade Universitária e no Hospital Universitário

Foram inaugurados o prédio da Diretoria de Tecnologias na Educação (Dted), do Centro de Referência em Endocrinologia e Hepatologia e as novas instalações do ambulatório de Cardiologia do HU-UFMA

A Universidade Federal do Maranhão deu mais um passo na ampliação da qualidade do ensino a distância e no fortalecimento do atendimento hospitalar no estado. Nessa quinta-feira, 2, o Ministro da Educação, Milton Ribeiro, e o Presidente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), Oswaldo Ferreira, estiveram com o reitor Natalino Salgado para inaugurar o prédio da Diretoria de Tecnologias na Educação (Dted), do Centro de Referência em Endocrinologia e Hepatologia e as novas instalações do ambulatório de Cardiologia do Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão.

O roteiro de inaugurações contou com visitas nos espaços e descerramento de placas. Participaram também da solenidade a vice-prefeita de São Luís, Esmênia Miranda; o titular da Secretaria do TCU no Estado do Maranhão (SEC-MA), Alexandre José Caminha Walraven; o deputado Edilázio; pró-reitores, superintendentes, diretores de Centro, e colaboradores do Hospital Universitário.

Inauguração prédio da Dted

Em novembro do ano passado, a UFMA deu início à retomada das obras, paralisadas há 5 anos, do prédio onde está instalada a Diretoria de Tecnologias na Educação. Com o orçamento total de cerca de R$ 924 mil, liberados pelo MEC para a sua conclusão, foram ampliadas e melhoradas as estruturas do ensino tecnológico a distância na UFMA.

O novo espaço abrigará equipes multidisciplinares e conta com três pavimentos, auditórios, estúdios de gravação, laboratório de informática, salas para capacitação de projetos, espaço multiuso, reunião e treinamento, copa, refeitório e áreas de lazer.

A diretora da Dted, Ana Emília Figueiredo, destacou que esse espaço contribuirá para a ampliação dos projetos da diretoria. “Nós poderemos ampliar cada vez mais nosso trabalho, além de promover novos projetos que estão em desenvolvimento. Os três braços da Dted: a Universidade Aberta do SUS (UnA-SUS), a Universidade Aberta do Brasil (UAB) e o EaD para Você, já acumulam números expressivos. Na UnA-SUS, por exemplo, entre as 38 universidades brasileiras que compõem a rede, a UFMA tem o maior número de matrículas e de projetos “, destacou.

Segundo o reitor Natalino Salgado, a missão agora, é colocar os projetos em andamento para fortalecimento das tecnologias na EaD. “Auxiliado pela expertise da Superintendência de Tecnologia e Informação da Universidade, pudemos enfrentar a pandemia nesse formato híbrido, com grandes inovações e promovendo inclusão social. Buscamos promover um serviço da qualidade da educação, porque esse formato híbrido veio para ficar e cabe a cada universidade utilizar as ferramentas e complementar as práticas do ensino presencial”, disse.

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, parabenizou a UFMA pela iniciativa. “A internet passou do campo de acessório para ser ferramenta importante do ensino, somada à presença dos professores em sala de aula. Se não fosse a internet, nada poderia ter sido feito na pandemia. A UFMA está de parabéns por desenvolver e dedicar todo um prédio para que as ferramentas tecnológicas sejam desenvolvidas a contento”, discursou.

Inauguração no HU-UFMA

Os investimentos no Centro de Referência em Endocrinologia e Hepatologia e nas novas instalações do ambulatório de Cardiologia somam, aproximadamente, R$ 10,5 milhões do Governo Federal, por meio Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), também gerido pela Ebserh-MEC.

O reitor da UFMA, Natalino Salgado Filho, reforçou que a inauguração desses prédios enfatiza a dupla missão do HU-UFMA, não só de atender à saúde, mas do seu compromisso de ensinar.

“Nossa instituição tem toda uma história e uma tradição. É o maior centro formador de recursos humanos da área da saúde para o nosso estado e é uma referência para todo o país. Agradeço o empenho de todos que fazem parte dessa história e fortalecem o Sistema Único de Saúde”, expôs.

Os dispositivos vão melhorar a qualidade dos 7 mil procedimentos realizados mensalmente, entre consultas e exames voltados aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Para a superintendente do HU-UFMA, Joyce Lages, além da melhoria nos atendimentos, os ambientes promoverão também o ensino de qualidade.

“Nós estamos fazendo hoje uma prestação de contas com a sociedade ao entregar duas unidades que foram construídas com recursos do Rehuf, que já estão prontas e funcionado, mas, principalmente, oferecendo uma área qualificada e humanizada para assistência ao paciente e com locais específicos para nossos alunos”, frisou.

O presidente da Rede Ebserh-MEC, Oswaldo Ferreira, destacou a felicidade em ver a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares evoluir nas suas unidades, que, mesmo em tempo de pandemia, nunca parou.

“É um prazer muito grande voltar a São Luís, uma vez que estamos cada vez mais comprovando a evolução deste hospital que considero uma referência dentro da rede Ebserh. Nós temos dois grandes objetivos em nossa atuação: prestar assistência de qualidade àqueles que dependem do Sistema Único de Saúde e formar os melhores profissionais na área de saúde. Eu não poderia deixar de registrar o esforço que tem sido feito pelo corpo diretor deste hospital para que pudéssemos inaugurar ambientes propícios para o ensino e assistência”, afirmou.

Já o Ministro da Educação, Milton Ribeiro, agradeceu o esforço de todos que fazem do hospital uma referência. “A vocação do Hospital Universitário é promover o ensino paralelo ao serviço prestado à população. Tenho certeza que os profissionais e residentes que passam por aqui saem de uma maneira diferente. E é com muito orgulho que estamos aqui hoje inaugurando esses serviços tão essenciais. Agradeço o empenho de cada um que faz parte dessa conquista”, finalizou.

Sobre a Rede Ebserh

O HU-UFMA faz parte da Rede Ebserh desde janeiro de 2013. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Vinculadas a universidades federais, essas unidades hospitalares têm características específicas: atendem a pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas. Devido a essa natureza educacional, os hospitais universitários são campos de formação de profissionais de saúde. Com isso, a Rede Ebserh atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde da região em que estão inseridos.

Por: Maira Pacheco, com informações da Coordenadoria de Comunicação Social da Rede Ebserh/MEC
Fotos: Sansão Hortegal
Revisão: Jáder Cavalcante

Graciela Nienov lê carta de Roberto Jefferson no maior congresso conservador do Brasil

A Vice-presidente Nacional do PTB, Graciela Nienov, participou do CPAC Brasil, o maior congresso conservador do país, na última sexta-feira (03/09), onde apresentou um painel ao lado de Otávio Fakhoury, Presidente estadual do partido em São Paulo.

Com tema “Liberdade de expressão”, o empresário petebista fez uma contextualização em como a esquerda realizou esse processo com a finalidade de calar a direita brasileira. Relembraram também as prisões que foram embasadas nesse contexto.

 “Tentaram calar o leão que estava multiplicando a vontade dos conservadores, a vontade das pessoas de direita, a vontade do que muito de nós tinhamos de falar. Ele estava sendo a nossa voz”, afirmou Nienov.

No palco principal do evento, a líder Graciela Nienov leu uma carta enviada pelo Presidente Nacional do partido, Roberto Jefferson, encarcerado injustamente por crime de opinião. No registro, o leão petebista relatou acontecimentos ocorridos na Venezuela que levaram à tomada do país pelo socialismo, implementado por Hugo Chávez, que se perpetuou por ter o apoio das Cortes superiores.

Ainda, a Vice-presidente enfatizou que teme pela vida de Jefferson, que se encontra no hospital do presídio à espera de transferência. Mais uma vez reforçou o pedido de liberdade do Presidente Nacional da agremiação e do deputado federal Daniel Silveira. Além disso, incentivou as manifestações do dia 7 de setembro.

Carlos Lula detalha gastos na saúde em audiência na Assembleia Legislativa

Deputados acompanham explanação do secretário de Saúde Carlos Lula, durante audiência na Comissões de Saúde

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, apresentou, na tarde desta quarta-feira (1º), à Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa, o relatório de execução orçamentária e financeira referente ao 1°, 2° e 3° quadrimestres de 2020. A comissão é presidida pelo deputado Antônio Pereira (DEM), Também participaram da audiência os deputados Zito Rolim (PDT), Carlinhos Florêncio (PCdoB), Rafael Leitoa (PDT) e Yglésio Moisés, (PROS), além da equipe técnica da Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Carlos Lula destacou que 2020 foi um ano atípico por conta da pandemia de Covid-19. Durante a explanação, ele destacou que o Maranhão apresentou avanços no setor e ressaltou que, ao contrário do que foi disseminado nos veículos de comunicação, a União repassou pouco mais de R$ 500 milhões para o combate à doença no Estado.

“Em 2020, recebemos da União apenas R$ 249.459.861.01, do Fundo Nacional de Saúde (FNS), e R$ 269.478.071,51, valor determinado pela Lei Complementar 173/2020. Esse foi o montante repassado pelo Governo Federal, mas chegaram a espalhar que o Maranhão teria recebido mais de R$ 17 bilhões. Essa audiência está servindo também para que possamos mostrar a verdade”, afirmou Carlos Lula.

Carlos Lula durante apresentação do relatório de execução orçamentária e financeira à Comissão de Saúde da Assembleia

Dados

O titular da pasta da Saúde esclareceu que, pela Constituição, a obrigação é aplicar 12% da receita corrente líquida no setor da saúde, sendo que o Governo do Estado aplicou, ano passado, 15,11%, o que representa cifras de mais de R$ 2 bilhões.

Na audiência, o secretário também tratou da ampliação e construção de hospitais na capital e interior do Estado, a recuperação de UPAS e de outros benefícios que colocaram o Maranhão como o estado com a menor taxa de letalidade em decorrência da Covid-19. “O Maranhão teve 10 mil óbitos contra 30 mil do estado do Amazonas, por exemplo, que foi um dos mais afetados pela pandemia”, afirmou.

Avanços

O gestor também elencou avanços no atendimento de alta complexidade, na atenção básica, na urgência e emergência, na atenção psicossocial, no serviço ambulatorial e hospitalar especializada, na assistência farmacêutica, entre outros setores.

Em resposta a um questionamento do deputado Antonio Pereira a respeito do legado que a Covid-19 está deixando no Maranhão, ele lembrou que o Estado, por conta dessa urgente necessidade, foi obrigado a instalar hospitais de campanha na capital e no interior, reestruturar e criar novas unidades de saúde, além de dotá-las de estrutura adequada para atender às demandas na área.

Os deputados Antônio Pereira, Zito Rolim, Carlinhos de Florêncio, Rafael Leitoa e Yglésio Moisés destacaram os avanços da saúde na atual gestão e afirmaram que ficaram satisfeitos com a explanação do secretário.

Na reunião, ficou acertado que, na segunda quinzena deste mês, Carlos Lula retornará à Assembleia Legislativa para a audiência pública sobre a aplicação de gastos na saúde referentes a 2021.

Prefeitura e Câmara decretam ponto facultativo na próxima segunda-feira (06)

O prefeito Zé Francisco e o presidente da Câmara Municipal de Codó, Domingos Reis, assinaram decretos que definem ponto facultativo nas repartições públicas na próxima segunda-feira (06).

A decisão foi tomada por conta das comemorações do Dia da Independência, na terça-feira (07).

No prédio da Prefeitura e da Câmara não haverá expediente e atendimento ao público.