Deputada Mical Damasceno destina R$ 250 mil de suas emendas para aquisição de cestas básicas

A deputada estadual Mical Damasceno (PTB) destinou R$ 250 mil de suas emendas parlamentares para a aquisição de cestas básicas. Com o valor, foram compradas 5102 cestas, que já estão sendo distribuídas nos municípios de São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar, Raposa e na Região da Baixada Maranhense.

A parlamentar destacou que pretende destinar mais emendas para a mesma finalidade. “Enquanto a situação não voltar à normalidade, pretendemos continuar destinando nossas emendas para a aquisição de cestas básicas. O povo está precisando de alimento na mesa. A pandemia tem prejudicado muitos trabalhadores informais, que estão tendo dificuldades em conseguir levar o pão de cada dia para sua família. Por isso, enquanto tivermos passando por esse período tão difícil, vamos continuar destinando emendas para a compra de cestas básicas”, explanou a deputada Mical.

A parlamentar enfatizou que a Bíblia ensina que “se alguém tiver recursos materiais e, vendo seu irmão em necessidade, não se compadecer dele, como pode permanecer nele o amor de Deus”?

Djalma Wilame é o único codoense contemplado no Programa Bolsa Atleta do Governo do Maranhão

Djalma Wilame de 16 anos é o único codoense contemplado pelo Programa Bolsa Atleta do Governo do Estado do Maranhão na categoria estudantil e vai receber 500 reais mensais durante um ano.

Djalma começou a praticar a modalidade atletismo no Colégio Batista de Codó, onde cursou o ensino fundamental e foi bicampeão do JEM’S (Jogos Escolares Maranhenses) 2018 -2019,  atleta filiado à Federação Atlética Maranhense – FAMA, e à Confederação Brasileira de Atletismo – CBAt pelo Clube Instituto Educacional Batista em Codó – IEB-CODÓ.

Sua prova no atletismo é o lançamento do dardo. Representou o Maranhão nos Jogos Escolares da Juventude em 2018 Natal-RN e 2019 em Blumenau-SC. Atualmente cursa o ensino médio no IFMA Campus Codó. Foi 4° colocado no campeonato Brasileiro de Atletismo sub-16 na prova de lançamento do dardo em Fortaleza-CE 2018.

O atleta Djalma Wilame fez sua iniciação esportiva no Colégio Batista com o professor de Educação Física e Treinador de Atletismo Arcelino Martins, CBAt 1201.

Legislação de proteção a crianças pode ser aprimorada com inspiração na Lei Maria da Penha, defende Damares Alves

Com o objetivo de aprimorar a legislação e as políticas públicas de combate à violência contra as crianças no Brasil, a ministra Damares Alves defende um novo modelo legal de proteção a crianças com inspiração na Lei Maria da Penha. A sugestão da titular do Ministério da Mulher, da Família e do Direitos Humanos (MMFDH) foi apresentada em reunião com o diretor do Departamento-Geral de Polícia da Capital, Antenor Lopes Martins Júnior, nesta quinta-feira (15), no Rio de Janeiro.

O delegado integra a equipe de investigação do caso do menino Henry Borel. Em vigência desde 2006, a Lei Maria da Penha criou mecanismos para combater a violência doméstica e familiar contra a mulher e é um marco na proteção dos mais vulneráveis em todo o país.

A ministra buscou entender como o caso da criança de 4 anos, que até o momento tem indícios de crime bárbaro com envolvimento de pessoas próximas, pode auxiliar na implementação de políticas públicas de proteção à criança. Damares também questionou sobre informações para campanhas de prevenção, conscientização e incentivo às denúncias de violência contra crianças.

“Nós precisamos fazer um pacto pela proteção de crianças no Brasil. É necessário unir esforços de governos, do Congresso Nacional, da sociedade civil e dos cidadãos para que mais nenhuma criança sofra violência neste país. Não podemos aceitar que isso aconteça”, disse a ministra.

Mais de 95 mil denúncias de violência contra a crianças e adolescentes foram recebidas pelo Disque 100 em 2020. Dados do serviço mostram que entre 80% e 90% das violações têm suspeitos dentro dos lares. Em 2020, R$ 75 milhões foram investidos no fortalecimento da rede de proteção – inclusive com equipagem e treinamento de Conselhos Tutelares – e na promoção dos direitos da criança e do adolescente.

A violência contra a criança ou adolescente pode ser registrada no Disque 100, que funciona 24 horas por dia e sete dias por semana, inclusive finais de semana e feriados. Pela internet, as denúncias podem ser feitas pelo aplicativo Direitos Humanos Brasil ou nos aplicativos de mensagens Telegram (direitoshumanosbrasilbot) ou Whatsapp, pelo número (61) 99656-5008.

Atendimento exclusivo à imprensa:
Assessoria de Comunicação Social do MMFDH

Secretaria Municipal de Esporte presta contas dos cem dias de trabalho do governo Cidade de Todos e parabeniza Codó pelos 125 anos

Em um criativo vídeo institucional, a Secretaria Municipal de Esportes (SEMDEL) faz um balanço e presta contas com a população dos cem primeiro dias de trabalho do governo Cidade de Todos. Em mensagem de esperança e otimismo, o secretário Expedito Carneiro fala sobre as ações em prol do desenvolvimento do esporte codoense e deixa sua homenagem pelos 125 anos de emancipação política de Codó.

“A pandemia da COVID-19, como sabemos, desencadeou também uma crise social e econômica, da qual o esporte, a atividade física e a educação física, foram particularmente atingidas, forçando governos e entidades ligadas ao esporte a interromperem suas agendas. No entanto, temos a certeza que esta fase vai passar, e todos sairemos vencedores. Nossos cem primeiros dias de trabalho são a prova de que mesmo em tempos difíceis é possível superar as adversidades e lutar pelo bem comum. Mesmo com todas as privações, realizemos muito e tão pouco tempo. E continuaremos trabalhando para desenvolver o nosso esporte e seguir revelando os grandes talentos e levando cidadania aos nossos jovens. Parabéns a todos que contribuíram para o sucesso de nossas atividades e parabéns Codó, pelos seus 125 anos de emancipação política”. Declarou o Secretário Expedito Carneiro.

 

Att// ASCOM SEMDEL CODÓ