Procura por atendimento no Posto do TRE/MA da Assembleia Legislativa aumenta e jovens são o principal público

Três irmãs de 15 e 17 anos, sendo duas delas autistas e gêmeas, foram atendidas, nesta quinta-feira (2), entre centenas de pessoas, no Posto de Atendimento do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE/MA), instalado na Assembleia Legislativa, onde a procura por serviços tem aumentado nos últimos dias. As jovens foram em busca do Título de Eleitor para exercerem o direito de participar do pleito de outubro deste ano.

Segundo a coordenadora do Posto de Atendimento, Conceição Marques, a procura por serviços cresceu às vésperas do prazo final para a mudança de domicílio eleitoral, que é o dia 8 de maio.

“Estamos de casa cheia. A procura por nossos serviços de qualificação e requalificação tem aumentado, principalmente por parte dos jovens, a exemplo das gêmeas autistas de 16 anos que atendemos hoje, que querem dar o primeiro voto. Já atendemos aqui uma eleitora de 95 anos, que nos procurou para regularizar seu título”, destacou.

As menores são as gêmeas Rayssa Gomes Santos e Ellen Gomes Santos, de 15 anos e que completam 16 em setembro próximo, e Josiele Gomes Santos, de 17 anos, que estavam acompanhadas dos pais Josiel Silva Santos e Djanira Silva Gomes Santos, todos moradores do município de Axixá (MA).

Os pais transferiram o título para o município de Icatu e as menores se alistaram e terão o direito de votar pela primeira vez. “Acho muito importante que meus filhos possam votar e escolher seus representantes, seja vereador ou prefeito. Por isso, trouxe elas aqui para tirar o Título de Eleitor, embora ainda sejam menores. Assim, elas poderão exercer sua cidadania desde cedo”, afirmou a mãe Djanira Silva.

Rayssa e Ellen elogiaram o atendimento e ressaltaram a importância de poder votar pela primeira vez. “Achamos muito importante poder votar e escolher nossos representantes, pois isso ajuda a melhorar nossas vidas. Gostamos do atendimento aqui no posto da Assembleia”, afirmaram.

Funcionamento

A coordenadora do Posto do TRE/MA disse que o local funciona no horário das 8h às 17h30, de segunda à sexta-feira, na sede da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão.

Quanto à documentação exigida, ela esclareceu que, se for requalificação, a pessoa deve apresentar o título eleitoral, a carteira de identidade e o comprovante de residência, de março de 2023 até fevereiro de 2024. Em caso de transferência, é obrigatório apresentar o comprovante original de residência no outro município ou a segunda via tirada da internet.

Lula sanciona isenção do imposto de renda para quem recebe até dois salários mínimos

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sancionou, nesta quarta-feira (1º), a isenção do imposto de renda para quem recebe até dois salários mínimos. A adequação estava valendo desde fevereiro, mas agora se tornou lei e será permanente. Na prática, trabalhadores que recebem até R$ 2.824 – em 2024 – terão alívio do imposto na folha de pagamento.

Ao anunciar a medida, Lula também disse que a intenção é fazer com que a isenção seja ampliada para outras faixas de renda, chegando a R$ 5 mil até o fim do governo.

“Eu prometi a vocês que, até o final do meu mandato, [salários] até R$ 5 mil não terão imposto de renda, e a palavra continua em pé. A partir de hoje, quem ganha R$ 2.824 paga zero de imposto de renda, e nós vamos chegar a R$ 5 mil”, declarou.

Lula também voltou a dizer que as ações são voltadas para que a classe média pague menos tributos, onerando outras faixas de renda mais elevadas. “Nessa proposta do Imposto de Renda, todo alimento da cesta básica será desonerado. Não terá Imposto de Renda sobre a comida do povo trabalhador desse país”, pontuou

A sanção veio em uma cerimônia simbólica, durante o evento de comemoração ao Dia do Trabalhador em São Paulo. O ato foi organizado por organizações sindicais, como a Central Única dos Trabalhadores (CUT). Como próximo passo, o texto será publicado no Diário Oficial da União.

Fonte: Sbt News

Vereador Dr. José Mendes solicita recuperação de ruas e a construção de um Calçadão na Avenida 1° de Maio

Durante a 9ª Sessão Ordinária da Câmara, o vereador Dr. José Mendes apresentou três importantes Indicações para área da infraestrutura, que irão beneficiar os moradores dos bairros Codó Novo, Santo Antônio e Trizidela. O edil também levou ao plenário a proposta para a construção de um Passeio Público (Calçadão) em um longo trecho da Avenida 1º de Maio.

Por meio da Indicação Nº 79/2024, o vereador solicitou ao Prefeito de Codó a inclusão da Travessa Maria Quitéria, Bairro Codó Novo, no Programa Mais Asfalto ou no Programa de Pavimentação de Bloquetes do Município. Com a Indicação Nº 80/2024, o edil solicitou a inclusão da Rua Figueiredo, Bairro Trizidela, no Programa Mais Asfalto ou no Programa de Pavimentação de Bloquetes.

E com a Indicação Nº 81/2024, o vereador solicitou a construção de um Calçadão nas proximidades da Linha Férrea na Avenida 1º de Maio, no trecho do cruzamento que dá acesso à Delegacia Regional de Codó-MA até o cruzamento que dá acesso à Rua da antiga CIRETRAN e no trecho do cruzamento que dá acesso à Avenida Duque de Caxias até o cruzamento que dá acesso ao antigo Clube Bati For.

UFMA e Receita Federal firmam parceria para oferecer serviços contábeis e fiscais à população

Com a finalidade de fornecer serviços contábeis e fiscais à comunidade de forma descentralizada e gratuita, a Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e a Receita Federal assinaram, na manhã desta terça-feira, 30, um termo de cooperação técnica para estabelecer o Núcleo de Apoio Contábil e Fiscal, que operará nas instalações da Universidade, tanto em São Luís como em Imperatriz.

A iniciativa foi conduzida pelo curso de Ciências Contábeis da UFMA — em São Luís, sob a coordenação dos professores do Departamento de Ciências Contábeis, Imobiliárias e Administração, Sérgio Roberto Pinto, Telma Maria Chaves Ferreira da Silva, e da coordenadora do curso, Maria Eugenia; em Imperatriz, sob a coordenação do professor de Ciências Contábeis, Hélio Rodrigues. O Núcleo será realizado por meio de um projeto de extensão que selecionou alunos de diferentes períodos do curso de Ciências Contábeis da instituição.

Representando a Receita Federal, estavam presentes o delegado titular da Receita Federal do Brasil no Maranhão, Carlos Eduardo Pereira França; o delegado adjunto, José de Ribamar Diniz Fernandes; o inspetor chefe da Inspetoria da Receita Federal, Roosevelt Aranha Saboia; e a assessora de comunicação e representante de Cidadania Fiscal da Receita Federal de São Luís, Andrea Luciana Furtado Alves Carvalho.

O Núcleo de Apoio Contábil e Fiscal (NAF) é um projeto desenvolvido pela Receita Federal em parceria com instituições de ensino, com o objetivo de oferecer serviços contábeis e fiscais gratuitos para cidadãos e pequenas empresas. Os serviços são de apoio e orientação, e não substituem um escritório de contabilidade.

O projeto de extensão visa atender às demandas do público em relação a questões fiscais, como a elaboração da declaração do imposto de renda, regularização de CPF, imposto de renda e verificação e regularização do MEI, entre outros serviços. Serão beneficiadas pessoas de baixa renda e pequenas empresas.

O NAF surge em resposta à necessidade de integrar a extensão universitária ao currículo, fortalecendo a pesquisa e ações de cidadania fiscal. O reitor da UFMA enfatizou a importância dessa parceria para o desenvolvimento do estado, além de proporcionar oportunidades de aprendizado para os estudantes, que poderão incorporar experiências práticas em seus currículos.

“Esse acordo de cooperação visa, majoritariamente, à criação do NAF, que dá apoio, principalmente, ao nosso curso de contabilidade, com relação à preparação dos nossos alunos, ou seja, você implanta na Universidade a educação fiscal. E esses jovens, nossos discentes, terão um papel importante, porque eles vão ajudar o nosso curso e, principalmente, os microempresários e pessoas de baixa renda para poderem entender toda a questão fiscal da Receita Federal”, destaca.

A coordenadora do curso de Ciências Contábeis de São Luís, Maria Eugenia, reforça a importância da extensão nos cursos contábeis por meio de trabalhos que destaquem a cidadania fiscal e conscientização sobre a importância dos tributos, contribuindo para o perfil profissional e o papel social da contabilidade.

“Um dos vieses da educação é a extensão. Então, para nós, fazer extensão nos cursos contábeis é deveras importante. Nós vamos trabalhar a base da cidadania fiscal, a consciência, o fazer, a finalidade da tributação, por meio do projeto de iniciativa do professor Sérgio Pinto, do Núcleo de Apoio Contábil e Fiscal. Para a extensão, é muito bom, porque vai dar um outro olhar no perfil do profissional. É um trabalho de educação e extensão porque vai aproximar a sociedade, principalmente, aquelas pessoas que não têm conhecimento sobre a importância de pagar o tributo. A contabilidade precisa cumprir com seu papel social também”, salienta.

A UFMA é a primeira instituição pública do Maranhão a integrar o NAF. Atualmente, a Receita Federal possui sete núcleos no estado, incluindo um em Imperatriz e outro em São Luís, na UFMA. O delegado adjunto da Receita Federal em São Luís, Ribamar Fernandes, frisa a importância do Núcleo tanto para a formação acadêmica quanto para a comunidade local, que poderá acessar os serviços oferecidos.

“Estamos firmando essa parceria, que é muito importante para a Universidade, para os alunos e para a Receita Federal. A Universidade vai ganhar, porque vai fortalecer a imagem da instituição e atrair novos alunos. Para os alunos, a experiência vai agregar na formação deles, pois terão agora uma prática, uma vivência com os serviços da Receita Federal. Isso vai ser um diferencial no mercado de trabalho. E para a Receita Federal, porque teremos outro ponto de apoio em relação aos atendimentos que hoje nós realizamos. Com isso, conseguimos levar alguns serviços para mais próximo da comunidade. Esse ganho também é para a sociedade, porque é mais um local que a sociedade vai poder procurar para ter seus serviços da Receita Federal atendidos”.

Segundo o coordenador do projeto, professor Sérgio Pinto, em São Luís, os atendimentos serão conduzidos na sala do Departamento de Ciências Contábeis, Imobiliárias e Administração (Decca) no Centro de Ciências Sociais (CCSo). Os alunos selecionados passarão por um treinamento na Receita Federal para garantir que estejam capacitados a oferecer serviços de qualidade e atender eficientemente às demandas da população. Após o treinamento com os discentes, o atendimento ao público está previsto para começar em meados do mês de maio.

Para Pedro Henrique, graduado em administração e discente do terceiro período de Ciências Contábeis, o projeto de extensão proporcionará experiências positivas para a sua jornada acadêmica e profissional. “Logo nessa minha segunda graduação, principalmente no curso de contábeis, eu desenvolvi o desejo de aproveitar o que a Universidade tinha a me oferecer, além de agregar o conhecimento para minha formação. Por meio do projeto, além de eu poder me inserir no programa de extensão da Universidade para ofertar serviço para a sociedade relacionados à minha formação e agregar conhecimento, acho que com tudo que foi exposto aqui pela Receita, pelos representantes da Receita, fiquei bastante entusiasmado em relação ao NAF”, expressa.

Em Imperatriz

No dia 18 de abril, no Centro de Ciências de Imperatriz (CCIm), foi realizada uma reunião para dar prosseguimento à parceria entre a Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e a Receita Federal, na implementação do Núcleo de Apoio Contábil e Fiscal (NAF) em Imperatriz.

O termo de cooperação técnica assinado hoje, 30, em São Luís, contempla também o Câmpus de Imperatriz. De acordo com o coordenador do curso de Ciências Contábeis do CCIm, Hélio Rodrigues, o NAF proporciona experiência prática para os alunos de contabilidade e impacta positivamente a assistência a comunidade em serviços da Receita Federal.

“O NAF é uma parceria muito importante, tanto para a Receita Federal quanto para a UFMA. Os alunos terão um contato maior com o dia a dia das rotinas contábeis e prestarão um excepcional serviço à comunidade da região, pois os serviços são de grande utilidade e atingem, principalmente, aqueles contribuintes menos esclarecidos e sem acesso às facilidades implantadas pelo sistema da RFB. O impacto será grande, pois eles tomarão conhecimento de ações que podem ajudar a comunidade por meio da prestação de um serviço que a RFB sozinha tem dificuldade em atender”, defende.

Os atendimentos em Imperatriz começaram em 18 de abril e ocorrem na sala da Empresa Júnior de Contabilidade, das 8h às 12h, na UFMA Imperatriz – Unidade Prof. José Batista de Oliveira.

Por: Diretoria de Comunicação da UFMA

Deputado Francisco Nagib é chamado de “moleque” e “Zé Ruela” após divulgar fake news nas redes sociais

Com o objetivo de causar revolta na população codoense através da desinformação, o ex-prefeito de Codó e atual deputado estadual Francisco Nagib, publicou em suas redes sociais nesta terça-feira (30), uma falsa imagem de uma paciente sendo transportada para o Hospital Geral Municipal (HGM) em um carro de mão e logo depois foi desmentido e chamado de “moleque” e de “Zé Ruela” pelos internautas conforme mostra imagem abaixo que viralizou nas redes sociais e divulgada em blog.

Nas redes sociais, o filho do prefeito Zé Francisco e ex-candidato a deputado estadual, Pedro Neres, se pronunciou destacando sua votação obtida em Codó e prometeu mostrar nos próximos dias ato de desonestidade e covardia da oposição política com a disseminação de mentiras contra o atual prefeito.

“Iremos mostrar a verdade e desmascarar um dos maiores larápio do Maranhão, o deputado Francisco nagib de Codó”, prometeu.

Será que o deputado Nagib vai voltar às redes sociais e pedir desculpas à gestão do prefeito Zé Francisco e à população ?

Agora cabe aos advogados da Prefeitura Municipal de Codó entrarem com representação contra Nagib por propagar fake news.