Blog do Leonardo Alves - Compromisso com o Leitor!

Nagib e ‘coronel’ FC pretendem mudar o jogo de cadeiras em Codó e Timbiras

Os bastidores políticos está ficando agitado, quando se trata das eleições 2020.

Diante do cenário, o prefeito Nagib e o seu pai, o ‘coronel’ FC pretendem mudar o jogo de cadeiras na Câmara Municipal de Codó e Prefeitura de Timbiras.


De acordo com uma fonte, existem possibilidades de ocorrer modificações no legislativo codoense e no executivo timbirense.

O prefeito e o ‘coronel’ pretendem investir em possíveis nomes para Câmara de Codó, como: Valdeci Calixto diretor do departamento de juventude, Junior Goiabeira diretor de esporte, Leda Torres e João dos Plásticos ao governo de Timbiras.

Calixto, Goiabeira e Leda são os possíveis nomes para ocupar as cadeiras de Junior Oliveira, Pastor Max e Cleane do Edson Cobel.

João dos Plásticos já foi destinado para Timbiras e segue confirmando sua pré-candidatura.

O desafio de Nagib é reconquistar o que perdeu, acho quase impossível. O prefeito deve se preocupar.

Governo retira incentivo ao turismo LGBT do Plano Nacional do Turismo

O decreto que aprovou o Plano Nacional de Turismo 2018-2022, publicado no Diário Oficial da União de quarta-feira (15), teve o incentivo ao turismo LGBT retirado.

O texto criado pelo agora ex-ministro do Turismo Marx Beltrão, durante o governo de Michel Temer, garantia estratégias para “sensibilizar o setor para a inclusão das pessoas idosas e do público LGBT no turismo”.

Os turistas da comunidade LGBT representam 10% dos viajantes no mundo e movimentam 15% do faturamento do setor, segundo dados do plano original. Porém o novo texto publicado retirou o público LGBT, restringindo o incentivo apenas ao público idoso.

Ao comentar a mudança, o Ministério do Turismo afirmou que o Plano Nacional de Turismo tem o objetivo de “estimular o desenvolvimento do turismo para que seja acessível a todos”.

A pasta tem meta de gerar 2 milhões de empregos no setor de turismo, incluir 40 milhões de brasileiros no mercado doméstico de viagens e aumentar para 12 milhões o número de turistas internacionais.

 

Gospel Prime

Filho de Bolsonaro teme que pai sofra ‘um golpe’ e perca mandato

O vereador Carlos Bolsonaro (PSL), filho do presidente Jair Bolsonaro, afirmou que “o que está por vir, pode derrubar o Capitão eleito”, referindo-se a seu pai. Ele não dá mais detalhes, contudo, de qual seria a motivação.

“Onde estão os caras feias, os identificadores de problemas, os escritores de cartas para aliados ‘desbocados’? O silêncio não tem nada a ver com a descoberta de seus devidos lugares. O que está por vir, pode derrubar o Capitão eleito. O que querem é claro!”, afirma Carlos Bolsonaro, em seu perfil no Twitter.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

O post é acompanhado de um vídeo de quase 13 minutos do youtuber Daniel Lopez. “Já está tudo engatilhado lá em Brasília para detonar com o Governo, pegar o Brasil e esmagar, amassar e jogar no lixo”, diz ele, convocando apoiadores do presidente Bolsonaro.

 

Tribunapr

Motoristas de Uber, 99, Cabify e apps serão obrigados a pagar INSS

O decreto do presidente Jair Bolsonaro que regulamenta a exigência de inscrição de motoristas de aplicativo de transporte no Regime Geral de Previdência Social foi publicado no Diário Oficial da União desta quarta-feira (15).

Com isso, os motoristas de empresas como Uber, 99 e Cabify, entre outras, passam a recolher contribuição ao INSS e a ter direito a benefícios previdenciários, como auxílio-doença, auxílio-maternidade e aposentadoria por invalidez.

O decreto estabelece que a inscrição no INSS será feita diretamente pelo motorista, que recolherá sua contribuição por iniciativa própria, até o dia 15 do mês seguinte ao da competência, como ocorre com todos os segurados na categoria de contribuinte individual.

Pelo decreto, eles também têm a opção de se formalizar como Microempreendedor Individual (MEI). Para ser considerado MEI, o trabalhador não pode, por exemplo, obter renda superior a R$ 81 mil no ano. Nessa categoria, a alíquota de contribuição previdenciária é de 5% sobre o salário mínimo, atualmente em R$ 998.

A norma reafirma que “compete exclusivamente aos municípios e ao Distrito Federal regulamentar e fiscalizar o serviço de transporte remunerado privado individual de passageiros, além das exigências previstas na Lei nº 12.587, de 3 de janeiro de 2012, a inscrição do motorista como contribuinte individual do Regime Geral de Previdência Social”.

A comprovação da inscrição perante as empresas responsáveis por aplicativos é de responsabilidade do motorista e, ao INSS, caberá apenas fornecer os respectivos comprovantes. No entanto, de acordo com o decreto, as empresas de aplicativos poderão firmar, após autorização do INSS, contrato de prestação de serviços com a Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev) “para fins de confirmação da existência ou não da inscrição dos segurados”.

 

Tribunapr

29 detentos não retornam às penitenciárias após saída de Dia das Mães

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP) informou nesta quarta-feira (15) que 29 presos não retornaram às unidades prisionais após a saída temporária de Dia das Mãe no Maranhão. Ao todo, a Justiça concedeu o benefício a 707 presos do regime semiaberto.

A saída dos presos começou às 9h de quarta-feira (8) e os internos deveriam retornar aos estabelecimentos prisionais até às 18h de terça-feira (14). Quem não retornou agora é considerado foragido da Justiça. Já os presos que voltaram no tempo certo também estão aptos às demais saídas temporárias de 2019 (Dia dos Pais, Dia das Crianças e Natal).

G1

Deputado Wellington se reúne com o pré-candidato à reitoria da UFMA professor João de Deus

Na manha desta quarta-feira (15), o deputado estadual Wellington do Curso recebeu a visita, em seu gabinete, do pré-candidato à reitoria da Universidade Federal do Maranhão, professor João de Deus. Entre outros pontos, abordaram as expectativas que possam garantir o bom funcionamento da Universidade, ocasião em que o professor João de Deus expôs seus objetivos ao parlamentar, que é um dos defensores do sistema público de educação.

“É uma satisfação conversar com o deputado e, também, professor Welington do Curso, onde falamos sobre a defesa da universidade pública e das possibilidades de articulação para potencializar as ações da universidade junto à sociedade”, disse o Prof. Dr. João de Deus, que atualmente é pró-reitor de planejamento da UFMA.

Ainda durante a reunião, o deputado Wellington destacou seu compromisso com a educação, algo que já é reconhecido como característica do seu mandato.

“Sou professor e defendo ações que priorizem a educação pública, obedecendo os limites estabelecidos em nossa competência. A UFMA é um espaço que não apenas forma profissionais, mas também fomenta a cidadania. Por isso, encaro como sendo uma grande responsabilidade a escolha do próximo reitor ou reitora da Universidade. Ao professor João de Deus, desejo sabedoria. Que nossa Universidade opte, ao final, por quem melhor possa agir na luta por melhorias”, afirmou Wellington.

Deputado Wellington

Grupo Carvalho promove café da manhã para comemorar 23 anos da filial Frei Serafim

O Grupo Carvalho celebrou na manhã desta quarta-feira (15), 23 anos da filial Frei Serafim com clientes e colaboradores. A comemoração contou com café da manhã, música ao vivo e corte do bolo.

“A gente preparou ofertas exclusivas para os clientes, aloja está bem animada. Muitos clientes participaram desse momento importante para nós que é a celebração de mais um ano sendo referência nessa região de Teresina”,afirmou Luana Rocha, gerente do Carvalho Frei Serafim.

Para o diretor executivo do Grupo Carvalho, João Passos, a unidade se destaca na capital pois “foi a primeira loja do grupo a ter, por exemplo, climatização. Está muito bem posicionada no centro da cidade, além de ser diferenciada, bonita, com equipe bastante atenciosa com o cliente. A data de hoje é muito significante para nós”, afirma. Ele ainda garante que em breve a unidade ganhará várias novidades de produtos e um novo layout.

“A loja tem tudo que a gente precisa e é um ambiente muito agradável. Os funcionários também estão de parabéns. Para mim, o Carvalho é nota mil”, afirmou Mírian Fernandes, cliente Carvalho.

 

Grupo Carvalho

Comissão de Educação analisa criação da “Semana de Combate à Violência contra Professores”

Na reunião desta quarta-feira (15), a Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia da Assembleia Legislativa analisou vários projetos ou fez a indicação de relatores. Uma das matérias que recebeu relator foi o projeto, de autoria do deputado Rildo Amaral (SD), que cria a “Semana de Combate à Violência contra Professores”.

Outro projeto que recebeu parecer favorável na Comissão de Educação foi o que cria a “Semana Contra o Bulliyng”, de autoria do deputado Wendell Lages (PMN), para ajudar os alunos e professores.

Da reunião da Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia participaram os deputados Rildo Amaral (SD), Wendell Lages (PMN), Zé Inácio (PT), o presidente Hélio Soares (PR) e o vice-presidente, Edivaldo Holanda (PTC).

O presidente da Comissão fez uma avaliação positiva da reunião e disse que outros temas serão analisados nos próximos encontros. Ele disse que o projeto de Rildo Amaral, que cria a semana de combate à violência contra os professores, é importante e que a Comissão está trabalhando da realização da audiência pública feita em Paço do Lumiar. 

Rildo Amaral explicou que o projeto que cria a “Semana de Combate à Violência contra Professores” já recebeu parecer na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) e que, agora, chegou para ser analisado dentro da Comissão de Educação, por conta de haver presenciado, como professor, muitos casos de violência. 

Contra o armamento dos professores, Rildo Amaral disse que o profissional deve ser intocável dentro da sala de aula. “O projeto prevê a criação de um Disque Denúncia. O Estado deve dar segurança e os parentes dos alunos violentos devem ser penalizados. Sociedade que arma professor é sociedade falida. Temos é que desarmar os alunos”, afirmou o autor.

 

Agência Assembleia

Lula aos metalúrgicos do ABC: Nunca esqueci de onde eu vim

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva enviou mensagem ao Sindicato dos Metalúrgicos do ABC por conta do aniversário de 60 anos da entidade, completados neste domingo (12). Escrita de próprio punho, a carta foi lida durante evento comemorativo realizado ontem na sede da entidade, em São Bernardo do Campo.

Lula lembrou da histórica greve dos metalúrgicos na Scania em 1978, que abalou a ditadura e representou um marco no sindicalismo brasileiro. “Há 41 anos, no dia 12 de maio de 1978, as máquinas pararam na fábrica da Scania de São Bernardo do Campo. Foi o início da primeira grande greve no ABC depois de um longo período de repressão e arrocho salarial. Foi quando a classe trabalhadora levantou a cabeça e mostrou sua força, mudando a história do país”, escreveu o ex-presidente.

“Por ter participado daquela greve e tantas outras, tenho muito orgulho de ser membro do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC desde 1968. Junto com vocês aprendi que vale a pena lutar por justiça e democracia, pelos direitos dos trabalhadores e uma vida melhor para o nosso povo, por mais difíceis que sejam as condições dessa luta”, disse.

Em 1975, Lula foi eleito presidente do sindicato, sendo reeleito três anos depois. Em 1980, o sindicato sofreu intervenção e a diretoria foi cassada, com dirigentes fpresos e enquadrados na Lei de Segurança Nacional, Lula entre eles.

Confira abaixo a íntegra da mensagem de Lula:

Companheiros e companheiras,

Há 41 anos, no dia 12 de maio de 1978, as máquinas pararam na fábrica da Scania de São Bernardo do Campo.

Foi o início da primeira grande greve no ABC depois de um longo período de repressão e arrocho salarial. Foi quando a classe trabalhadora levantou a cabeça e mostrou sua força, mudando a história do país.

Por ter participado daquela greve e tantas outras, tenho muito orgulho de ser membro do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC desde 1968.

Junto com vocês aprendi que vale a pena lutar por justiça e democracia, pelos direitos dos trabalhadores e uma vida melhor para o nosso povo, por mais difíceis que sejam as condições dessa luta.

No aniversário de 60 anos do nosso Sindicato, quero dizer a vocês que nunca esqueci de onde eu vim e que, mesmo daqui onde estou preso injustamente, nunca desisti de continuar lutando.

Juntos, fizemos muito para mudar nosso Brasil. Tenho fé que vamos nos reunir novamente para mudar muito mais, porque o nosso povo merece viver num país melhor e mais justo.

Viva o Sindicato dos Metalúrgicos!

Viva a classe trabalhadora!

Um grande abraço do companheiro Lula.

 

Instituto Lula

error: Content is protected !!