Blog do Leonardo Alves - Compromisso com o Leitor!

Deputado Wellington cobra da CAEMA que encaminhe a lista de cargos comissionados à Assembleia Legislativa

O deputado estadual Wellington do Curso solicitou à Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão – CAEMA, por meio do requerimento n° 381/2019, a lista atualizada de funcionários que ocupam cargos comissionados, bem como suas respectivas funções e salários. O requerimento foi aprovado pela mesa diretora e encaminhado ao presidente da CAEMA, Carlos Rogério Santos de Araújo.

Segundo Wellington, o objetivo é dar mais transparência aos atos da Companhia e informar a população sobre o custeio da folha de pagamento dos funcionários, uma vez que a CAEMA, segundo o presidente Carlos Rogério, passa por uma crise financeira e tem prestado serviços de péssima qualidade no abastecimento de água em todo Estado.

“Solicitamos a Companhia que informa a lista atualizada de funcionários que ocupam cargos comissionados, bem como, de suas respectivas funções e salários. O objetivo é saber como a CAEMA tem custeado a folha de pagamento dos funcionários diante da crise assumida pelo próprio presidente. Além disso, a população maranhense tem sofrido com a falta d’água em todo o Estado diante dos péssimos serviços prestados pela CAEMA. Por isso, para dar mais transparência aos atos da Companhia e informar a população, aguardamos as informações solicitadas em nosso requerimento. A população maranhense não merece ser prejudicada diante da incompetência do governo do Estado na gestão da CAEMA”, disse Wellington.

Dr. Zé Francisco reúne amigos e lideranças em CAFÉ DA MANHÃ

O presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) Dr. Zé Francisco reuniu  amigos, lideranças e apoiadores de sua pré-campanha na manhã de ontem (06). O encontro aconteceu no Sindicato dos Trabalhadores Rurais. 
Emilio Matos, Professor Falcão, Dr. Mendes, Dr. Machado, Fred Lamarck, representante do deputado federal Zé Carlos, pré-candidatos a vereadores e outras lideranças participaram da programação.
Zé Francisco reafirmou sua pré-candidatura a prefeito de Codó.

Deputado Wellington defende idosos durante projeto “Direitos, Cidadania e Dignidade na Melhor Idade”

Durante o último sábado (06), o deputado estadual Wellington do Curso participou do projeto “Direitos, Cidadania e Dignidade na Melhor Idade” da Faculdade Estácio São Luís. O evento que é realizado pelos alunos do Curso de Direito e coordenado pelo Marco Aurélio, contou com a presença do promotor de justiça Augusto Cutrim que ministrou uma palestra sobre os direitos da pessoa idosa, além da Dra Bruna Feitosa, presidente da Comissão do Direitos dos idosos da OAB/MA.


Na ocasião, o deputado Wellington fez referência à importância de se lutar, diariamente, para que os direitos dos idosos sejam assegurados.

“Em defesa dos idosos do Maranhão, na Assembleia Legislativa, já apresentamos e aprovamos os projetos de lei nº 51/2017, que cria o Programa de Fisioterapia para Idoso (fisioterapia geriátrica) e, ainda, o PL 32/2017, que previne acidentes domésticos com idosos. É nossa obrigação lutar, diariamente, para que os nossos idosos sejam protegidos”, disse o deputado estadual Wellington do Curso.

Jovem furta carro de empresa e veste farda de vítima na fuga

Um jovem furtou o veículo de uma empresa de telefonia e vestiu a farda do funcionário, que estava dentro do carro, para burlar as barreiras policiais e fugir com o automóvel. O roubo do carro (Novo Gol) ocorreu no sábado (06) no município de José de  Freitas.

O rapaz, de 25 anos, foi preso ao chegar em Teresina, na BR-343 KM 333,0, pelos agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) ao serem.  Ele conduzia o carro furtado no momento da prisão.

“Entrei em contato com os colegas do posto, e a informação que temos é deque a roupa estava dentro do veículo. Ele não trabalha para a empresa e a utilizou para passar nas barreiras se passando por funcionário. Ele roubou o veículo juntamente com a roupa do funcionário, que estava dentro dele”, comentou o inspetor Alexandre Lima. 

De acordo com a PRF, ao ser preso, o jovem confessou que decidiu furtar o veículo ao  encontrá-lo aberto e em funcionamento em uma rua. 

A identidade do jovem não foi revelada. Ele foi conduzido a Central de Flagrantes de Teresina para os procedimentos levais cabíveis, segundo a PRF. 

Cidade Verde

Em Codó, ex-cantor da Companhia do Calypso Robertinho do Pará, conta seu testemunho

O ex-cantor da Companhia do Calypso Robertinho do Pará, esteve no domingo (30), na Igreja do Evangelho Quadrangular contando seu testemunho.

Os pastores Rafael Sena e Fátima Oliveira juntamente com toda a igreja receberam o cantor.

Com o intuito de louvar a Deus e contar seu testemunho de vida, Robertinho do Pará iniciou sua participação no culto cantando suas músicas evangélicas.

O cantor falou sobre tudo que aconteceu na sua vida durante seu percurso na banda Companhia do Calypso, com a participação em programas de TVs a nível nacional como Domingo Legal (Gugu SBT), Sábadaço (Gilberto Barros – BAND) e Programa Tudo é Possível (Eliana – RECORD). Depois que aceitou Jesus teve sua vida transformada.

Desembargador Lourival Serejo é convidado para integrar Academia Brasiliense de Letras

O vice-presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, desembargadorLourival Serejo, foi convidado pela Academia Brasiliense de Letras paraintegrar o Quadro de Membros Correspondentes da instituição. O magistrado, que é também escritor, poeta e jurista, já é membro efetivo de outras quatro academias. Serejo ocupa a cadeira nº 35 da Academia Maranhense de Letras e é membro fundador da Academia Maranhense de Letras Jurídicas, da Academia Imperatrizense de Letras e da Academia Vianense de Letras.

O convite formal foi feito pelo presidente da Academia Brasiliense de Letras, Fábio de Sousa Coutinho, por deliberação da diretoria da Associação. O patrono do desembargador, na cadeira nº 12 do referido quadro, será o escritor Francisco Adolfo Varnhagen.

O desembargador Lourival Serejo lançou recentemente, no mês de maio, a obra “Mistérios de uma cidade invisível”. O título da crônica remete aos 400 anos de histórias, lendas e mistérios da cidade de São Luís, fundada em 8 de setembro de 2012. A obra é uma homenagem à cidade de São Luís, onde o autor, natural de Viana (MA), reside desde 1969.

O AUTOR E SUAS OBRAS

Lourival Serejo publicou 23 obras: Rua do Porto (1997), O Presépio Queimado (1998), Contribuições ao Estudo do Direito (1998), Do Alto da Matriz (2001), O Baile de São Gonçalo (2002), Do Alto da Matriz, 2ª Edição (2004), Direito Constitucional da Família, 2ª Edição (2004), As Provas Ilícitas no Direito de Família (2004), Na Casa de Antônio Lobo (2006), Na Casa de Clóvis Bevilácqua (2007), A Família Partida ao Meio (2007), Da Aldeia de Maracu à Vila de Viana (2007), A Ética como Paradigma de Ativo Judicial (2010), Formação do Juiz, anotações de uma experiência (2010), Temas e Temáticas Jurídicas (2011), Entre Viana e Viena, 100 crônicas escolhidas (2012), Pescador de Memórias (2013), Aluísio Azevedo Sempre (2013), Novos Diálogos de Direito de Família (2014), Direito Constitucional da Família, 3ª Edição (2014), Direito Eleitoral (2016), Casablanca (2016) e Mistérios de uma Cidade Invisível (2019).

O desembargador Lourival de Jesus Serejo Sousa nasceu na cidade de Viana, Maranhão. Filho de Nozor Lauro Lopes de Sousa e Isabel Serejo Sousa. Formou-se em Direito, em 1976, especializando-se em Direito Público, pela Faculdade de Direito do Ceará, em 1980 e, posteriormente, em Direito Processual Civil pela Universidade Federal de Pernambuco, em convênio com a Escola Superior da Magistratura do Maranhão. Atualmente, é desembargador do Tribunal de Justiça do Maranhão e vice-presidente da Corte.

Antes de ingressar na magistratura, Lourival Serejo foi advogado e promotor de Justiça. Na magistratura já exerceu as seguintes atividades: diretor da Escola Superior da Magistratura do Estado do Maranhão, juiz auditor da Justiça Militar, membro do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão e ouvidor do Tribunal de Justiça do Maranhão.

“Renuncio a minha homossexualidade todos os dias para ir pro céu”, afirma cantor

O cantor Elias dos Santos foi homenageado no Programa Raul Gil do último sábado (8). Entre os anos de 2006 a 2009 ele participou do quadro de calouros de Raul Gil, mas sua vida virou depois disso e nos anos seguintes ele viveu grande destruição.

“De 2009 a 2016 foi só tristeza, decepção e derrota”, revelou o jovem cantor. Ele iniciou sua carreira musical na igreja que ele frequentava em Bebedouros, interior de São Paulo.

Seu talento o fez ser o grande vencedor do quadro Jovens Talentos do Raul Gil. Em 2008 ele gravou um CD ao lado de Gabriela Rocha chamado “Irmãos na Fé”.

Em 2011, Elias se assumiu homossexual, se mudou para uma república em São Paulo e passou a frequentar bares, festas e levar uma vida leviana. Ele se prostituiu e ficou viciado em drogas e em álcool.

Perdido, resolveu voltar para a casa de seus pais. Sua mãe o convidou para ir a um culto e ele aceitou, naquele mesmo culto ele aceitou Jesus novamente e reiniciou o seu ministério como cantor.

Elias também usa as redes sociais para contar seu testemunho e dar palavras de ânimo aos seus milhares de seguidores. Ao ser questionado sobre o que aconteceu, ele respondeu que ele quis ir para o mundo e que ele queria experimentar o álcool e as drogas.

“Já roubei, me prostitui, roubava pessoas que confiavam em mim e relacionava com pessoas com interesse”, relevou o cantor que não chegou a ser preso pelos crimes que cometeu.

“Eu usei cocaína, usei maconha, bebia muito a ponto de não conseguir trabalhar”, revelou. “Minha família ficou em casa, orando, chorando, intercedendo e nunca me esqueceram”, completou.

Ele desistiu da música dizendo que queria outras coisas, como estudar Medicina e assumir sua homossexualidade. “Eu decidi que não queria mais cantar para Jesus”.

O cantor também revelou que renuncia a sua homossexualidade todos os dias. “Eu renuncio a minha homossexualidade todos os dias para poder ir morar no céu”, disse. “A minha homossexualidade é parte do que eu sou, mas Jesus disse que ‘quem quiser vir após mim, negue-se a si mesmo todos os dias, tome a sua cruz e siga-me’. Eu renuncio a mim”, completou.

Gospel Prime

Por professor Marcos: GOVERNO DAS CONTRADIÇÕES PARTE II

GOVERNO DE CONTRADIÇÕES PARTE II.

Quem não lembra que logo no início de sua administração, o atual prefeito de Codó, reduziu em praticamente pela metade o n° de secretarias, reduziu também o n° de zeladoras nas escolas em seguida fechou diversas escolas principalmente no campo através da nucleação, criou um projeto de concurso público para apenas 124 vagas, quantidade totalmente fora da realidade e demanda, tudo isto com a justificativa de contenção de gastos e falta de recursos, pois bem, se não bastasse os mais de 25 milhões de recursos extras do fundef recebidos pela gestão, o prefeito ainda envia um projeto de lei pra câmara solicitando autorização para individar o município através de um empréstimo de 30 milhões de reais. E não para por aí, agora por último PASMEM, o mesmo prefeito que no início de sua administração reduziu o n° de secretarias encaminha um projeto pra câmara faltando um pouco mais de um ano para o fim de seu mandato, criando cinco novas secretarias juntamente com diversos outros cargos comissionados.
Será se só agora, passados quase 3 anos de sua gestão, o prefeito sentiu a necessidade de ampliar seu secretariado?
E a contenção de gastos não se torna mais necessária?
Seria uma forma de agradar e/ou arregimentar mais pessoas em seu favor devido a proximidade do período eleitoral?

Que todos nós codoenses, façamos uma reflexão diante dessas atitudes tomadas pelo governo municipal!

SINTSERM-CODÓ:

Em: 04/06/2019

Professor Marcos

 

 

Homem é condenado a mais de 20 anos de prisão por matar mulher a pauladas no Maranhão

José Domingos Lopes foi condenado a 21 anos de prisão pelo feminicídio contra Claudiane Pereira, no dia 31 de janeiro de 2018. O crime, que aconteceu no povoado Pindoval, zona rural de Miranda do Norte, distante 119 km de São Luís, foi julgado esta semana, pelo Tribunal do Júri Popular da Comarca de Itapecuru-Mirim.

O condenado já estava preso na Unidade Prisional de Itapecuru-Mirim e por decisão da Justiça, ele vai continuar recolhido, pois vai começar a cumprir a pena em regime fechado.

O crime

O assassinato de Claudiane Pereira foi bárbaro. Segundo investigação policial, o crime foi motivado por ciúmes. A vítima foi executada a pauladas nas regiões cervical e do rosto.

A acusação foi feita pelo promotor Igor Adriano Trinta Marques. A juíza que presidiu a sessão foi Edeuly Maia Silva, titular da 3ª Vara da Comarca de Itapecuru-Mirim. A defesa foi do defensor público Vítor de Sousa Lima.

G1

Deputado Wellington do Curso solicita ao TCE Termo de Ajustamento com a Prefeitura em defesa dos cobradores de ônibus de São Luís

Na manhã de sexta-feira (05), o deputado estadual Wellington do Curso se reuniu com cobradores de ônibus e com Antonio Blecaute, Conselheiro don Tribunal de Contas do Maranhão. O objetivo da reunião foi com base na Resolução TCE/MA Nº 296, de 20 de junho de 2018, a fim de que o Tribunal proponha à Prefeitura de São Luís, a celebração de Termo de Ajustamento de Gestão, determinando ao Sindicato das Empresas de Transportes a manutenção dos cobradores nos seus respectivos postos de trabalhos.

Durante a reunião, o deputado Wellington apresentou representação em que faz constar toda a fundamentação jurídica e reafirmou o seu compromisso com os cobradores de ônibus de São Luís.

“A ausência de cobrador no interior de ônibus significa possibilidade de danos aos usuários, mesmo porque os motoristas não tem capacidade de ao mesmo tempo dirigir e auxiliar internamente as pessoas dentro do veículo. A automatização, alegada pelas concessionárias, não importa em dispensar a mão de obra do cobrador, conforme melhor interpretação da Lei 8.987/95. Entre outras medidas, estamos aqui no TCE para que seja proposta à Prefeitura de São Luís a celebração de Termo de Ajustamento de Gestão, determinando ao Sindicato das Empresas de Transportes a manutenção dos postos de trabalho dos Cobradores nos seus respectivos postos de trabalhos. Nossa luta continua!”, disse o deputado Wellington do Curso.

error: Content is protected !!