Graciela Nienov integrou painel sobre governança feminina em fórum internacional

Foto de Weleson Nascimento

A Presidente Nacional em Exercício do PTB, Graciela Nienov, representou a voz feminina na política em sua participação no Global New Economy Forum. Na manhã desta terça-feira (23/11), a líder apresentou os projetos desenvolvidos em sua gestão no PTB Mulher e dissertou sobre as dificuldades da mulher no meio político. A fala da petebista integrou o painel Liderança Feminina e os desafios de representatividade no mercado empresarial e no universo político.

“Este painel representa a necessidade de termos voz”, disse. Em seu momento de fala, Graciela apresentou os frutos advindos após a implementação de projetos pelo movimento PTB Mulher, como o Vez, Voz e Voto, que colocou o partido em quarta colocação, a nível nacional, no ranking estabelecido a partir do coeficiente eleitoral, na eleição de mulheres no pleito de 2020; também o Mulheres Empreendedoras Superando a Crise, iniciativa que focou no incentivo e capacitação do público feminino através de conteúdos educativos e workshops.

Como mulher mais jovem a presidir um partido atualmente, Nienov também compartilhou os desafios ocasionados pela posição que ocupa. “Precisamos falar sobre a violência política contra a mulher. Eles tentam nos calar”, afirmou. Lembrou também da jornada tripla e da solitude de muitas que se veem sozinhas para sobreviver e cuidar da família.

Enfatizou estar lisonjeada por integrar o seleto grupo para discutir o futuro da Nação brasileira. Ainda, compartilhou ser a favor do impulso à participação de mulheres na vida política por meio de cotas, tanto partidárias quanto financeiras, pois, para ela é uma forma de ocupar espaços em prol da igualdade.

“A gente quer fazer com que a nossa Nação seja cada dia mais igual entre homens e mulheres, que a gente não tenha pessoas passando fome, nem as nossas mães chorando porque os seus filhos entraram pro mundo das drogas”, relatou.

Ministério Público divulga resultados da Operação KM Zero

O Ministério Público do Maranhão realizou na manhã desta quarta-feira, 24, a Operação KM Zero, em busca de provas de um esquema fraudulento em contratos firmados pela Prefeitura Municipal de Bom Jesus das Selvas para a locação de veículos leves e pesados.

Em Bom Jesus das Selvas, foram apreendidos computadores, celulares, tablets, HDs, pendrives e documentos, além de automóveis e motocicletas, armas de fogo e R$ 10.320 em espécie. Foram realizadas, ainda, quatro prisões em flagrante por posse ilegal de armas. Um dos presos foi o pai do prefeito Luís Fernando Lopes Coelho.

A operação também foi realizada em São Luís, onde foi apreendido um veículo e R$ 6.900,00; e Teresina-PI, com a apreensão de celulares, pendrives, CPUs e dois veículos.

A Operação foi realizada pela Promotoria de Justiça de Buriticupu (comarca da qual Bom Jesus das Selvas é termo judiciário), com auxílio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) do Ministério Público do Maranhão (MPMA) e da Superintendência Estadual de Combate à Corrupção (Seccor). Também deram apoio aos trabalhos os promotores de justiça das Comarcas de Olho d’Água das Cunhãs e Maracaçumé.

INVESTIGAÇÕES

O MPMA apurou que as empresas que participaram dos procedimentos licitatórios para locação de veículos atuariam em conluio, com confusão de sócios e colaboradores, sem possuírem veículos e sedes administrativas que demonstrassem atividades lícitas.

Foram quebrados judicialmente os sigilos bancários e fiscais das empresas, sócios e servidores públicos envolvidos nas irregularidades.

Após o processamento dos dados recebidos no Laboratório de Tecnologia Contra a Lavagem de Dinheiro (LAB-LD), foram encontradas volumosas transações financeiras atípicas, em montantes que superam dezenas de milhões de reais.

Entre as movimentações estão o recebimento de dinheiro em conta-corrente pelo prefeito, vice-prefeito, secretários municipais, presidente da Câmara Municipal, vereadores do Município de Bom Jesus das Selvas e diversos servidores públicos municipais, por meio de transferências diretas feitas pelas empresas.

Redação: CCOM-MPMA

Deputado Wellington do Curso critica diretor do DETRAN e reafirma apoio aos servidores em greve

Wellington do Curso disse que tem sido solidário aos servidores do Detran, desde o início da greve

O deputado estadual Wellington do Curso (PSDB) reafirmou, na sessão de quarta-feira (24), apoio aos servidores do Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA), que estão em greve. Com discurso proferido no Pequeno Expediente, o deputado também voltou a criticar o diretor-geral do órgão, Francisco Nagib.

“Desde o início da greve, nós temos sido solidários aos servidores do Detran. Já fomos, inclusive, fazer manifestação presencial no órgão para defendê-los. Também fizemos contato com a direção do Departamento e pedimos que tivesse sensibilidade, que pudesse abrir o diálogo com o sindicato, com os representantes, para que pudessem atender as reivindicações da categoria”, afirmou o parlamentar.

Ele informou que os grevistas estão reivindicando recomposição salarial. “Ao longo dos últimos sete anos, há perda do poder aquisitivo por parte não somente dos servidores do Detran, mas de todos os servidores do Maranhão. É por isso que nós solicitamos ao Governo do Estado que tenha a sensibilidade e que possa dialogar para solucionar esse problema”, frisou.

Segundo Wellington do Curso, tão logo foi empossado no cargo, o diretor do órgão, Francisco Nagib, fez a nomeação de um parente e de aliados políticos.

“São contratações irregulares, mais de 16 milhões de aditivos e contratos ilegais no Detran, e só não tem dinheiro para conceder o reajuste salarial dos servidores”, declarou o parlamentar, afirmando ainda que o “atual gestor do Detran é investigado por improbidade administrativa e desvio de recursos públicos à época em que exerceu o mandato de prefeito do município de Codó”.

O deputado afirmou que está fazendo requerimento solicitando informações ao Tribunal de Contas do Estado, ao Ministério Público Estadual e, também, à Secretaria de Estado da Saúde para obter esclarecimentos sobre denúncias de malversação do dinheiro público feitas contra o ex-prefeito de Codó.

Agência Assembleia

Vereador Delegado Rômulo solicita ao governo municipal e SAAE a construção de poços artesianos em comunidades da zona rural

Em sua participação na 28ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal, ocorrida na última terça-feira (23), o vereador Delegado Rômulo apresentou e teve aprovadas duas importantes Indicações que irão beneficiar comunidades da zona rural de Codó.

Com a Indicação Nº 391/2021, o edil solicita ao Poder Executivo Municipal, que determine ao Serviço Autônomo de Água e Esgoto – SAAE/Codó, para que seja construído um Poço Artesiano na Comunidade Passagem Grande, Zona Rural de Codó. E com a Indicação Nº 392/2021, solicita a construção de um Poço Artesiano na Comunidade Buriti Dantas.

“São demandas passadas para nós por moradores dessas comunidades. São duas localidades que sofrem muito com o problema de abastecimento de água e precisam do recurso para suas atividades laborais e pessoais”, justificou o parlamentar.

Repórter Jair Ribeiro acompanha prefeito Dr. Zé Francisco e comitiva em São Luís para reunião com vice-governador do Maranhão Carlos Brandão

O repórter Jair Ribeiro acompanhou o prefeito Dr. Zé Francisco e comitiva em São Luís para reunião com vice-governador do Maranhão,Carlos Brandão, nesta quarta-feira (24).

Assista a reportagem: