Blog do Leonardo Alves - Compromisso com o Leitor!

Sem desistências, número de graduados poderia dobrar no Brasil

Diminuir a taxa de desistência e a permanência prolongada de alunos nas instituições de ensino superior são desafios da educação brasileira. Dados do Censo da Educação Superior 2018 apontam que, dos estudantes ingressos em 2010, 56,8% desistiram do curso – só 37,9% concluíram os estudos. Outros 5,3% continuavam na graduação após 6 anos. O recorte vai até 2016.

Em coletiva de imprensa nesta quinta-feira, 19 de setembro, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, destacou que a melhoria na educação não necessariamente passa por destinar ainda mais dinheiro para universidades e institutos.

“Se a gente reduzisse significativamente essa ineficiência, a gente conseguiria dobrar o número de pessoas com ensino superior completo no Brasil, utilizando os mesmos recursos atualmente disponíveis”, ressaltou. “Qualquer atividade econômica – e o estudo é uma atividade econômica – precisa ter eficiência. E o Brasil é muito ineficiente”, disse.

Bolsistas e alunos que contratam financiamentos tendem a concluir os estudos mais do que os outros. Em 2016, 53,3% dos alunos da rede privada com Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) concluíram a graduação – sem Fies, só 35,1%. Com e sem ProUni, os percentuais são 56% e 34,8%, respectivamente. “Esse jovem que está vendendo o almoço para pagar o jantar faz mais”, disse Weintraub.

Total de estudantes – O Brasil tem 8,4 milhões de estudantes de graduação matriculados em instituições de ensino superior, 24,6% deles em instituições públicas.

Um total de 3,4 milhões de estudantes ingressou em cursos de graduação em 2018. No mesmo ano, 1,2 milhão de estudantes concluíram a educação superior. As informações do censo foram coletadas em 2.537 instituições, 2.238 delas privadas. Neste grupo, estão matriculados 75% dos estudantes, cerca de 6,3 milhões de alunos.

Além destes dados, o Censo oferta informações sobre:

  • vagas e cursos oferecidos;
  • financiamento estudantil;
  • perfil dos docentes;
  • cursos presenciais e a distância;
  • recursos de tecnologia assistiva para pessoas com deficiência, entre outras.

Todos os dados do Censo da Educação Superior 2018 estão disponíveis no portal do Inep.

Censo da Educação Superior – O objetivo do levantamento é oferecer informações detalhadas sobre a situação e as tendências do setor, bem como guiar as políticas públicas de educação. Após a divulgação, os dados passam a figurar como estatísticas oficiais da educação superior.

O Censo subsidia a formulação, o monitoramento e a avaliação de políticas públicas do setor, além de contribuir no cálculo de indicadores de qualidade como o Cálculo Preliminar de Curso (CPC) e o Índice Geral de Cursos (IGC).

A atuação do Inep se concentra na apuração, produção e tratamento das estatísticas.

Com informações do Inep

 

Portal Mec

ENQUETE: 44% dos internautas preferem Irene Neres como a próxima primeira-dama de Codó

Após uma semana de enquete do Blog do Leonardo Alves, internautas escolheram Irene Neres (esposa do pré-candidato Zé Francisco), para ser a primeira dama do município de Codó.

Em segundo lugar ficou a atual primeira dama Agnes Oliveira e em terceiro lugar ficou Cintia Figueiredo.

O Blog do Leonardo Alves agradece a todos os internautas que votaram na enquete.

Veja o resultado:

Auditoria revela acúmulo de plantões médicos irregulares em maternidade de Caxias

Uma auditoria do Denasus revelou que médicos estão acumulando irregularmente cargos na Maternidade Carmosina Coutinho, em Caxias.

Segundo o documento obtido pelo Blog do Neto Ferreira, somente para um profissional são destinados cerca de 7 plantões de 24h seguidos.

“Na análise das escalas de plantões médicos e o registrado no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde – CNES da Maternidade, com consulta em 14/05/2019 e última atualização no sistema em 09/05/2019 ficou evidenciado a existência de profissionais médicos trabalhando com até 07 plantões de 24 horas seguidos, infringindo os incisos XVI e XVII do Art. 37 da Constituição Federal de 05/10/1988, que veda a acumulação remunerada de cargos públicos”, diz o relatório.

Os técnicos também constataram que a maternidade não dispõe de Alvará de Autorização Sanitária dos exercícios 2018 e 2019, diz auditoria do Denasus.

Foi solicitado o documento, mas a diretoria administrativa da maternidade informou que a licença não havia sido expedida porque a unidade estava irregular de acordo com a exigência da Vigilância Sanitária Estadual.

 

Neto Ferreira

INCLUSÃO: Maranhão passa a ter intérpretes de Libras em eventos públicos

A Lei 11.097/2019, promulgada pela Assembleia Legislativa do Maranhão, de autoria do deputado estadual Neto Evangelista (DEM), assegura a presença de intérprete de Língua Brasileira de Sinais (Libras) nas exibições de eventos públicos culturais e sociais no Maranhão.

Além de possibilitar o entendimento e a participação de deficientes auditivos nos eventos, a lei objetiva equiparar oportunidades às pessoas surdas, além de promover sua inclusão social.

“É uma forma de garantir a interação dos deficientes auditivos na sociedade, a preservação da sua identidade e o exercício da cidadania, sendo esta a forma mais expressiva de inclusão”, defendeu Evangelista.

No Maranhão, a Lei Estadual 8.708/2007 já reconhece oficialmente, como meio de comunicação objetiva e de uso corrente, a linguagem dos sinais. E nessa mesma conjuntura, o Estatuto da Pessoa com Deficiência assegura o direito à cultura, ao esporte, ao turismo e ao lazer.

De acordo com a lei, a partir de agora, os organizadores de eventos públicos culturais, peças teatrais, aberturas solenes, inaugurações, entre outros, ficam responsáveis por oferecer intérprete de Libras.

“Agora, assim como aos demais espectadores, às pessoas com deficiência sensorial auditiva estão garantidos a participação, compreensão e proveito de tudo o que é oferecido nos eventos,”, finalizou Neto Evangelista.

 

Assecom

Justiça abre ação contra cunhado de Roseana e deputado por desvios na Saúde

A Justiça Federal do Maranhão recebeu denúncia do Ministério Público Federal (MPF) contra o deputado estadual Antonio Pereira Filho (DEM) e o ex-secretário de Saúde do Estado do Maranhão Ricardo Murad (governo Roseana Sarney), além de outros sete investigados por supostos desvios de verba pública federal destinada à Saúde. A acusação atribui ao parlamentar, a Murad e aos outros crimes de peculato e associação criminosa.

Segundo a denúncia, “a associação dita criminosa objetivava, em tese, dissimular favorecimentos pessoais e pagamentos a blogueiros supostamente ligados a grupo político eventualmente liderado por Ricardo Murad.”

Murad é cunhado de Roseana, filha do ex-presidente José Sarney (MDB/AP). A Procuradoria pede ainda a condenação dos envolvidos ao pagamento de R$ 2,969 milhões para reparar o dano causado pelos supostos desvios de dinheiro público.

De acordo com a denúncia, o deputado Antonio Pereira Filho e o então secretário de Saúde estadual Ricardo Murad teriam formado o núcleo político do esquema que, entre 2011 e 2013, supostamente desviava verbas públicas federais oriundas do Fundo Nacional de Saúde e que eram administradas pela Organização da Sociedade Civil de Interesse Público Bem Viver.

No período citado, a Bem Viver emitiu 19 cheques e nove transferências eletrônicas, no valor total de R$ 2,178 mi para a Justino Oliveira Filho & CIA Ltda, supostamente em nome de Justino de Oliveira Filho, e dez cheques de R$ 791 mil à Banda Pilantropia, em tese pertencente a Luciano Almeida.

A Procuradoria acredita que essas empresas sejam de fachada, e que tanto o deputado quanto o ex-secretário de saúde, além dos empresários Emílio Borges, Plínio Medeiros Filho, Justino de Oliveira Filho e Luciano Almeida, sejam os beneficiários dos valores.

“A verba, em tese, desviada foi utilizada supostamente para pagamento de blogueiros, objetivando suposta publicidade positiva em favor de Ricardo Murad, e o pagamento do assessor André Belchior de Sousa Lima.”

Os blogueiros e o assessor não foram denunciados porque o Ministério Público Federal não encontrou provas suficientes de que eles soubessem da origem ilícita do dinheiro.

Prorrogação do foro

Ao analisar a competência da Justiça Federal para análise da denúncia, o juiz federal substituto Luiz Régis Bomfim Filho considerou que “a reeleição não deve ensejar prorrogação do foro por prerrogativa de função, a qual objetiva a proteção jurídica do exercício legítimo do cargo público em favor do interesse da sociedade.”

“Cada legislatura detém unidade suficiente a justificar a análise autônoma da contemporaneidade dos fatos ditos delitivos em cotejo ao exercício do atual mandato.”

Defesas

A reportagem busca contato com a defesa dos nove acusados pelo Ministério Público do Maranhão. O espaço está aberto para as manifestações de defesa.

 

Jornal de Brasilia

Cemar dá dicas de como economizar nos meses mais quentes do ano

Ao contrário de outras regiões do Brasil, o Nordeste registra altas temperaturas o ano inteiro, mas nos últimos meses do ano, o termômetro tem apresentado números mais elevados. Desde o final de agosto, o Maranhão e o Piauí ficaram entre os estados mais quentes do país, com temperaturas entre 37°C e 39°C. Com o aumento do calor, consequentemente, há um crescimento no consumo de energia elétrica.

Nos dias mais quentes, recorrer ao ar condicionado é uma das principais formas de amenizar o efeito causado pelas altas temperaturas. Mas, para a maioria, o eletrodoméstico acaba sendo o vilão e grande causador no aumento da conta de energia. Além do ar condicionado, outros eletrodomésticos também impactam nesse aumento. Em ambientes mais quentes, os aparelhos como geladeiras e ventiladores consomem mais energia para funcionar com boa qualidade. Além disso, a bandeira tarifária continua vermelha, o que sinaliza a importância de buscar formas de economizar.

Algumas ações podem fazer diferença na conta no fim do mês; como não dormir com a televisão ligada; acumular o maior número de roupas possível para passar tudo de uma vez, pois quando o ferro é ligado e desligado várias vezes há um grande desperdício de energia; e até mesmo pintar as paredes com cores claras ajuda na economia de energia.

“Dicas importantes podem reduzir o valor da conta como uso de lâmpadas fluorescentes ou de LED; manutenção da rede elétrica e atenção a borracha da geladeira, que não deve estar desgastada”, orientou Ricardo Lima, Líder de Serviços da Cemar. O técnico ressalta ainda que a simples prática de colocar uma garrafa com água congelada fora da geladeira, pode influenciar consideravelmente na redução da conta de energia, pois assim evitamos abrir e fechar a geladeira muitas vezes nos dias de calor intenso.

Além disso, a Cemar orienta que mesmo utilizando o ar condicionado por mais tempo é possível economizar. Veja algumas dicas para o uso consciente do aparelho:

– Escolha um produto com “Selo Procel de Economia de Energia” e com a capacidade de acordo com o ambiente onde será usado;

– Programe o aparelho para ficar ligado por um período determinado de tempo;

– Isole o ambiente mantendo portas e janelas fechadas e diminua a incidência do sol fechando cortinas e persianas;

– Faça manutenção preventiva e mantenha o filtro sempre limpo;

– Utilize o aparelho na temperatura 23° ou 24°, que é recomendado pelos fabricantes, com menor consumo de energia.

Usar a energia elétrica de forma responsável e sustentável é a melhor forma de economia.

Assessoria de imprensa da Cemar

Associação dos Criadores conquista apoios para a realização da Expoema 2019

A Associação dos Criadores do Estado do Maranhão (ASCEM) realizará, no período de 20 a 27 de outubro, a 61ª edição da Exposição Agropecuária do Estado do Maranhão (Expoema). O evento tem recebido o apoio de diversas instituições e este ano terá como foco a produção de conhecimento, com inclusão social e geração de oportunidades de negócios.

“Além de ser a mais tradicional feira agropecuária do Maranhão, a Expoema tem a tradição de ser um evento da família maranhense, e queremos que seja também um espaço de produção de conhecimento, de inovação, de tecnologia e de inclusão social. É com esse foco que estamos buscando o apoio de diversas instituições e finalizando a montagem da programação que vamos apresentar à população até o final deste mês”, destaca o presidente da ASCEM, Ivaldeci Mendonça.

Além do Governo do Estado, da Prefeitura de São Luís e do Porto do Itaqui, a Associação dos Criadores já conta com o apoio da Câmara de São Luís, da Assembleia Legislativa do Maranhão, da Federação dos Municípios do Maranhão e do Tribunal de Justiça. Nos últimos dias, Ivaldeci Mendonça teve encontros com representantes dessas instituições para estabelecer parcerias para a realização da Expoema 2019.

“É uma feira que gera negócios, empregos e renda em São Luís. Incentivar a sua realização é uma ação importante que contribui para fomentar os setores da agricultura e da pecuária, impulsionando a economia da cidade e do Maranhão”, declarou o presidente da Câmara de São Luís, Osmar Filho, que recebeu Ivaldeci Mendonça com os vereadores Genival Alves e Paulo Victor.

Na Assembleia Legislativa, a ASCEM também recebeu o apoio do presidente da Casa, Othelino Neto, e dos deputados Neto Evangelista e Vinícius Louro. “Não podemos permitir que um evento tão importante para a agropecuária perca força em nosso estado”, declarou Vinícius Louro, após o encontro com representantes da Associação dos Criadores.

Da mesma forma, o presidente da Famem, Erlânio Xavier, destacou a importância da Expoema. “O evento investirá em inclusão, em formação técnica e capacitação profissional, além de desenvolver atividades abertas à comunidade. Conta, portanto, com nosso apoio”, declarou ele.

PROGRAMAÇÃO
A comissão organizadora está finalizando a programação da Expoema 2019, que incluirá a realização de cursos, palestras, leilões, rodeios, atrações culturais e diversas outras atividades. A intenção dos organizadores é priorizar a produção de conhecimento – em parceria com instituições de ensino – e a prestação de serviços à comunidade, com o apoio de instituições como o Tribunal de Justiça, que levará para o Parque Independência ações como a emissão de certidão de nascimento, conciliação e renegociação de dívidas.

Paralelamente, a comissão organizadora iniciou a comercialização de estandes para os interessados em expor seus produtos na Expoema 2019, e também está preparando o Parque Independência para receber o evento. O espaço está passando por diversos serviços em sua estrutura, para receber criadores, expositores e visitantes na exposição agropecuária que tradicionalmente recebe milhares de pessoas.

Temer chama impeachment de Dilma de “golpe” e diz que não apoiou

O ex-presidente Michel Temer (MDB) afirmou, em entrevista ao programa Roda Viva desta segunda-feira (16), que não se empenhou ou apoiou dar um “golpe” para tirar a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) do poder.

Chamado de golpista por militantes do Partido dos Trabalhadores (PT), Temer nega ter agido contra sua parceira de chapa, que sofreu processo de impeachment após ter cometido crimes fiscais.

“O pessoal dizia ‘o Temer é golpista’ e que eu teria apoiado o golpe. Diferente disso, eu jamais apoiei ou fiz empenho pelo golpe”, disse Temer.

Temer afirmou que não imaginava que chegaria a Presidência da República por “essas vias”, reiterando que não havia conspirado contra Dilma.

“Não imaginava que viraria presidente por essas vias”, disse Temer.

O emedebista também disse que caso Lula fosse nomeado para a Casa Civil no governo de Dilma, em 2015, o impeachment provavelmente não aconteceria, pois ele tinha boa relação com o Congresso.

A nomeação de Lula foi barrada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) após o ex-juiz Sergio Moro, atual ministro da Justiça e Segurança Pública, divulgar uma ligação entre o petista e Dilma.

“Ele (Lula) tinha bom contato com o Congresso”, afirmou Temer.

 

Gospel Prime

error: Content is protected !!