Ministério Público e UFMA firmam convênio para curso de pós-graduação

Foi assinado, na manhã desta terça-feira, 17, na sede da Procuradoria Geral de Justiça, em São Luís, o Termo de Convênio n° 3/2021, entre o Ministério Público do Maranhão (MPMA), por meio da Escola Superior do Ministério Público (ESMP) e a Universidade Federal do Maranhão (UFMA). O convênio prevê a oferta do curso de pós-graduação lato sensu em Ciências Criminais e Direito Anticorrupção.

O documento foi assinado pelo procurador-geral de justiça, Eduardo Nicolau; pela diretora da ESMP, Karla Adriana Holanda Farias Vieira; e pelo reitor da UFMA, Natalino Salgado.

Estão sendo oferecidas 50 vagas no curso, para membros e servidores do MPMA. As atividades terão início em 2 de setembro e serão realizadas de forma quinzenal, sempre às quintas e sextas-feiras, por enquanto, de forma virtual. Serão 18 módulos, que acontecerão no decorrer de nove meses, totalizando 360 horas de atividades. As inscrições já estão abertas e o edital pode ser acessado no site mpma.mp.br.

Para o procurador-geral de justiça, o Ministério Público e a Universidade Federal do Maranhão são duas instituições sérias, competentes e comprometidas com a sociedade do estado. Eduardo Nicolau enfatizou que, quanto mais especializada for a equipe do MPMA, melhor será o serviço oferecido à população. “Nossos promotores, procuradores de justiça e servidores precisam estar sempre atualizados e, para isso, precisamos estudar”, ressaltou.

O reitor Natalino Salgado destacou que esse é um momento singular e afirmou que, além de atuar na educação, a Universidade Federal quer ser um exemplo para a sociedade e, para isso, está melhorando seus processos de gestão e aderindo à política de anticorrupção. “Isso precisa ser uma política contínua para que o país possa se desenvolver”, afirmou.

A diretora da ESMP, Karla Adriana Vieira, ressaltou que o curso de pós-graduação em Ciências Criminais e Direito Anticorrupção é uma construção coletiva, que tem como base a atuação de antigos diretores da Escola que, desde 2005, viram a necessidade de oferecimento de cursos de especialização para melhor capacitar o quadro interno do MPMA a servir a comunidade. “Fomos, entre as escolas do sistema de justiça do Maranhão, os pioneiros em oferecer cursos de pós-graduação”, lembrou.

O Ministério Público do Maranhão e a UFMA designaram como coordenadores do curso os professores Lucylea Gonçalves França e Humberto Oliveira, pela UFMA, e a promotora de justiça e coordenadora do Programa de Pós-Graduação da ESMP, Ana Luiza Almeida Ferro.

Também participaram da cerimônia de assinatura do convênio a subprocuradora-geral de justiça para Assuntos Administrativos, Regina Maria da Costa Leite; a corregedora-geral do MPMA, Themis Maria Pacheco de Carvalho, e o professor Roberto Mauro Gurgel, vice-presidente do Conselho Estadual de Educação.

Redação: Rodrigo Freitas (CCOM-MPMA)

Com vaquinha e ajuda de amigos, Grupo ANB Codó revitaliza espaço do Basquetebol na antiga Praça do Cinema

O grupo ANB Codó juntamente com jovens amantes do basquetebol em nossa cidade esteve realizando uma vaquinha para revitalizar o espaço que eles utilizam para a prática esportiva, que fica localizado na antiga Praça do Cinema. O esforço do grupo ganhou espaço na mídia, e sensibilizou muita gente com a força de vontade daquele grupo de jovens em ver o local em melhores condições para a prática do basquetebol.

Ao ficar ciente da situação, Dr. Guilherme Oliveira se dispôs e ajudou o grupo a melhorar as instalações do local. Hoje quem passa pela a região nota a quão bonita ficou a área. Dr. Guilherme disse que ficou feliz em poder ajudar, visto que sua contribuição foi de suma importância para oferecer um visual diferente ao espaço, e uma motivação a mais aos atletas amantes dessa modalidade em nossa cidade.

Quem também fez questão de agradecer o apoio em nome do grupo foi o representante da AnbCodó. “Primeiramente a gente queria agradecer a Deus…e agradecer também ao incentivo de Dr.Guilherme, que é um amigo nosso e um morador aqui do bairro, e se sensibilizou com a força tarefa de nosso basquete em fazer a vaquinha…”pontuou Maurício Araújo.

Agora o espaço totalmente recuperado, certamente vai atrair ainda mais jovens para somar forças e talentos ao esporte em nosso município.

Ascom

Governo do Maranhão mobiliza prefeituras para vacinação de jovens de 12 a 17 anos contra a Covid-19

Vacinação de jovens de 12 a 17 anos contra a Covid-19, em Paço do Liminar (Foto: Marcio Sampio)

O Governo do Estado, por intermédio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), está realizando, em parceria com os municípios, a vacinação contra a Covid-19 do público de 12 a 17 anos. Uma das cidades que avança na imunização desse público-alvo é o município de Paço de Lumiar.

“Agora estou bem mais tranquila, pois pude vacinar meus filhos; essa é uma medida muito importante”, afirma a dona de casa Linete Pereira da Silva, de 42 anos. A mãe de onze filhos conta que aproveitou o momento para garantir a primeira dose da imunização contra a Covid-19 dos filhos Vanessa Silva, de 13 anos, e Maycon Silva, de 12 anos.

O secretário adjunto de Articulação Institucional da SES, Thiago Fernandes, destaca o avanço da vacinação contra a Covid-19 no Maranhão. “O Estado do Maranhão autorizou a aplicação da vacina Pfizer contra a Covid-19 na faixa-etária de 12 a 17 anos em todos os municípios maranhenses. E nesta semana, em articulação junto aos municípios, a SES estará auxiliando nessa aplicação, para que possamos garantir a vacinação efetiva de todos os maranhenses”, ressalta o secretário adjunto Thiago Fernandes.

A ação conjunta entre as secretarias da Saúde (SES) e Educação (Seduc), em parceria com a Prefeitura de Paço do Lumiar, visa imunizar os jovens com a vacina Pfizer/Wyeth/BioNTech, conforme medida aprovada na Comissão Intergestores Bipartite (CIB).

“Hoje iniciamos aqui em Paço do Lumiar a vacinação dos novinhos e convidamos todos para virem tomar a primeira dose da sua vacina. Temos capacidade para vacinar até mil adolescentes por dia na sala de imunização do Erasmo Dias, e assim será feito em todo o estado do Maranhão. Nosso objetivo é retomar a normalidade, sobretudo na educação”, diz o superintendente de Participação Social da Seduc, Ismael Cardoso.

Paço do Lumiar é o décimo município maranhense a iniciar a vacinação de adolescentes no estado. No município, a vacinação desse público acontece no Centro de Ensino Erasmo Dias, até a próxima sexta-feira (20); após essa data a vacina estará disponível nos postos de vacinação do município.
“Essa parceria entre o Governo do Estado e Sesi tem impulsionado bastante a vacinação em Paço do Lumiar. Já avançamos muito na imunização com as campanhas realizadas nos arraiais, e vacinar os jovens hoje me deixa muito feliz, principalmente por garantir a volta às aulas”, afirma a prefeita de Paço do Lumiar, Paula Azevedo.

O adolescente Francisco Gabriel Sousa, de 15 anos, é estudante do Centro de Ensino Erasmo Dias, e, acompanhado do pai Francisco Ideomar Sousa, aproveitou para tomar a primeira dose da vacina contra a Covid-19. “Convivo com muitas pessoas idosas na minha casa e como voltamos às aulas presenciais este mês, foi muito importante poder tomar a primeira dose da vacina hoje. Estou muito feliz”, conta o estudante Francisco Gabriel.

Em Paço do Lumiar, os adolescentes devem comparecer ao local de vacinação acompanhados dos pais ou responsáveis, com documento oficial com foto, CPF, cartão do SUS, carteira de vacinação e comprovante de residência. No caso de acompanhamento do aluno por responsável, será necessário também a apresentação da Declaração de Responsabilidade, que deverá ser emitida pelos responsáveis legais (pais) e pode ser feita manualmente. A vacinação será das 8h às 15h. A vacinação no Centro de Ensino Erasmo Dias se estenderá até sexta-feira (20).

Até o momento, pelo menos dez municípios maranhenses iniciaram a vacinação do público de 12 a 17 anos. Além de Paço do Lumiar, também já estão imunizando este público-alvo: Barra do Corda, Amarante do Maranhão, Pedreiras, Pindaré-Mirim, Pinheiro, Santa Inês, São José de Ribamar, São Luís e Zé Doca.

Vacinação Profissionais de Comunicação
Com o objetivo de acelerar a imunização contra a Covid-19, a SES antecipou em até duas semanas a aplicação da segunda dose da vacina contra a Covid-19 para profissionais de empresas de comunicação residentes em São Luís, através do Mutirão da Segunda Dose. A ação acontece no Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA), no Anil, o antigo Cintra, e foi aprovada pelos profissionais da área.

“Fiquei bem surpresa e satisfeita com a antecipação da segunda dose da vacina contra a Covid-19. Isso é muito bom porque sabemos a importância de estar 100% imunizados. Agora nós podemos trabalhar com um pouco mais de segurança e isso é muito gratificante”, comemora a radialista e assessora de comunicação, Flávia Regina das Neves, 38 anos.

Outro profissional que aproveitou para concluir seu esquema vacinal foi o jornalista e social media, Mateus Silva de Oliveira, 23 anos. “Achei muito importante essa antecipação, por isso, aproveitei para garantir a conclusão do meu esquema vacinal logo no primeiro dia”, diz o profissional.

A vacinação dos profissionais de empresas de comunicação residentes em São Luís ocorre de segunda a sexta, das 8h às 16h e aos sábados das 8h às 12h.

Prefeito Zé Francisco mostra que aparelho de Ultrassom do HGM está funcionando e vai ampliar capacidade de exames

Na manhã desta segunda-feira (16), o prefeito de Codó, Dr. Zé Francisco (PSD), esteve no HGM realizando uma visita para mostrar que o aparelho de Ultrassom está em pleno funcionamento e  vai ampliar a qualidade dos exames realizados no Hospital Geral Municipal. Na oportunidade, o gestor ainda realizou uma vistoria em diversos setores para melhoramento dos atendimentos oferecidos à população.

“Estamos com o aparelho de Ultrassom do HGM funcionando, procedimentos simples que estamos fazendo como nosso compromisso como gestor para melhorar a saúde do município, nossa maior bandeira”, relatou o prefeito.

Além do HGM, a rede pública de saúde de Codó, conta com exames de ultrassom no Centro de Especialidades Clínicas (CEC antigo PAM) e na zona rural.

“Nosso codoenses que necessitam de exames de ultrassom tem como opção o HGM, o CEC e também na zona rural ali na região do KM-17. Estamos trabalhando cada vez mais para que nosso povo venha ter mais qualidade de vida”, concluiu o gestor.

Assessoria de Imprensa/ Dr. Zé Francisco

UFMA adere ao Programa Nacional de Prevenção à Corrupção, coordenado pelo TCU

A Universidade Federal do Maranhão aderiu ao Programa Nacional de Prevenção à Corrupção (PNPC), coordenado pelo Tribunal de Contas da União (TCU). O objetivo do programa é reduzir a corrupção no Brasil a partir da adesão de órgãos públicos. Na UFMA, a Pró-Reitoria de Planejamento, Gestão e Transparência (PPGT), a Ouvidoria, a Superintendência de Correição, a Auditoria Interna, a Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas e a Superintendência de Tecnologia da Informação estão à frente do processo de implantação.

A diretora de Gestão, Modernização e Transparência da UFMA, Aline Álvares de Melo, comentou as etapas de desenvolvimento do PNPC. “Neste primeiro momento, está sendo realizado um processo de diagnóstico nas instituições, para ver até que ponto elas já contam com ferramentas de controle que auxiliam nesse combate. O próximo passo será o plano de ação, em que o programa fornecerá indicações do que esses órgãos podem adotar em suas estruturas para que se torne uma instituição cada vez mais transparente e preventiva com relação a atos ilícitos”, enfatizou.

Além disso, Aline também destacou a importância do PNPC para a Universidade. “A relevância é que um programa como esse é também educativo, pois ele nos mostra como adequar os nossos processos e como torná-los mais eficientes e com menos riscos de atos ilícitos”, ressaltou.

As orientações das próximas fases do Programa serão fornecidas pela coordenação do PNPC, para informar à comunidade universitária as ações de adequação necessárias e o cronograma de implantação.

O Programa Nacional de Prevenção à Corrupção (PNPC), lançado no dia 10 de maio deste ano, é um projeto colaborativo que tem por principal objetivo mobilizar as instituições de controle, suas redes constituídas e gestores públicos em uma estratégia para combater à corrupção em resposta aos anseios da sociedade. A proposta é avaliar todas as três esferas de governo – nos três poderes – em todos os estados da federação.

O PNPC é uma proposta inovadora adotada pela Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (Enccla), com coordenação e execução pelas Redes de Controle nos Estados, patrocinada pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e pela Controladoria-Geral da União (CGU). Conta com o apoio da Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon), Conselho Nacional dos Presidentes dos Tribunais de Contas (CNPTC), Associação Brasileira dos Tribunais de Contas dos Municípios (Abracom), Conselho Nacional de Controle Interno (Conaci) e Confederação Nacional dos Municípios (CNM).

Por: Hérika de Almeida
Produção: Laís Gomes
Revisão: Jáder Cavalcante