Meio milhão de judeus participa de oração contra coronavírus

Cerca de meio milhão de judeus em todo mundo se reuniu em um evento online em diversas plataformas simultaneamente para buscar a intervenção divina contra a pandemia global de Covid-19, causada pelo novo coronavírus.

A iniciativa foi promovida pelos principais rabinos de Israel, Yitzhak Yosef e David Lau, em conjunto com várias organizações religiosas de vários países.

O evento foi sugerido por um jovem estudante que decidiu que “não apenas o vírus não nos impedirá de nos reunir, como nos uniremos como o povo judeu nunca fez antes em toda a história”. “Quando o povo de Israel está unido”, disse ele, “nada é grande demais”.

A reunião foi transmitida ao vivo em um site exclusivo e replicada no Facebook e outros sites de streaming. Vários rabinos participaram recitando salmos, orações de súplica e orações de cura. Também tocaram o shofar e os instrumentos do ritual judaico como parte dos pedidos a Deus.

Ao The Jerusalém Post, o rabino Shmuel Eliyahu afirmou que “desde que o mundo foi criado, havia luz e trevas, bem e mal. O homem tem que escolher o bem e evitar o mal, mas às vezes as pessoas cometem erros”.

“Entendemos que existe um Criador, que não apenas criou o mundo e depois o deixou. Estamos orando Àquele que criou o mundo e o guia, para curá-lo e enviar uma recuperação completa para todo o povo judeu e o mundo inteiro”, concluiu Eliyahu.

Gospel Prime

Bolsonaro inclui atividades religiosas em lista de serviços essenciais em meio à pandemia

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) publicou um decreto em que torna as atividades religiosas serviços essenciais em meio a pandemia do Covid-19, novo coronavírus.

Bolsonaro tem sido um árduo defensor de que igrejas devem permanecer abertas por serem “o último refúgio das pessoas”. O presidente afirma que “o pastor vai saber conduzir seu culto. Ele vai ter consciência – o pastor, o padre -, se a igreja está muito cheia, falar alguma coisa. Ele vai decidir lá”.

Gospel Prime

Campanha arrecada R$ 23,5 milhões para compra de respiradores

A organização Comunitas, que reúne lideranças do empresariado brasileiro, captou R$ 23,5 milhões para adquirir 345 respiradores mecânicos, que serão doados a hospitais públicos do estado de São Paulo. A quantia faz parte de um fundo criado pela coalizão para auxiliar o poder público no atendimento à população em meio à pandemia de covid-19.

O último levantamento do Ministério da Saúde, divulgado na tarde desta terça-feira (24), indicava um total de 810 casos confirmados da doença no estado de São Paulo. Até o momento, foram registradas 40 mortes, todas na Grande São Paulo.

A campanha da Comunitas durou quatro dias e recebeu contribuições de mais de 150 pessoas, entre lideranças privadas que integram a rede da organização e sociedade civil. Após angariar o valor necessário para a compra dos ventiladores pulmonares, a organização pretende bater outra meta: arrecadar R$ 3,3 milhões para a obtenção de monitores multiparâmetros, que medem sinais vitais de pacientes, como temperatura, pressão arterial e batimentos cardíacos. 

O objetivo é equipar 121 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) com os monitores. Os valores arrecadados serão constantemente atualizados no site e nos perfis das redes sociais mantidos pela Comunitas.

De acordo com a Comunitas, o governo local se prontificou a investir na estrutura necessária para o recebimento dos aparelhos. Atuante em cinco estados e 22 municípios, a organização destacou, ainda, que estuda replicar a iniciativa em outras unidades federativas. 

Para a diretora-presidente da organização, Regina Esteves, o desafio que se impõe com a pandemia “é gigantesco” e a situação, “se não cuidada, pode provocar enorme impacto com consequências no desenvolvimento social”.

 

Agência Brasil

Gedema doa cestas básicas, colchões e lençóis a famílias vítimas de enchentes em Grajaú

O Grupo de Esposas de Deputados do Maranhão (Gedema), por meio de seu programa social Gedema Solidário, doou, na terça-feira (24), cestas básicas, colchões e lençóis a famílias que se encontram desalojadas em decorrência de enchentes no município de Grajaú.

“O Gedema, por iniciativa de sua presidente, Ana Paula Lobato, entregou 200 cestas básicas, 20 colchões e 40 lençóis, para ajudar as famílias desalojadas que se encontram em dificuldades após as fortes chuvas que caíram nos mês de março. Muitas estão se virando como podem ou com a ajuda de parentes e amigos. Nos organizamos e fizemos a nossa parte”, disse Cintia Mota, coordenadora do projeto Sol Nascente, também ligado ao Gedema.

Idoso recebe colchão das mãos de integrante da equipe do Gedema

Entre os moradores que receberam mantimentos, Manoel da Costa agradeceu ao Gedema pelo gesto de solidariedade e disse que as doações fazem a diferença na vida das famílias que passam por essa situação. “Eu perdi quase tudo e é muito importante saber que tem gente e projetos como este querendo ajudar”.

Levar ajuda a pessoas desalojadas vítimas de enchentes nesta época do ano é uma das ações do calendário anual do Gedema Solidário. Para a presidente do Gedema, Ana Paula Lobato, a iniciativa é apenas uma das obrigações do Grupo de Esposas dos Deputados para amenizar o sofrimento de quem, muitas das vezes, perde tudo. “É assim todos os anos e não podemos ficar de braços cruzados. É preciso ajudar a quem precisa”.

Lençóis também foram doados às famílias durante a ação solidária do Gedema em Grajaú

 

Agência Assembleia

CORONAVÍRUS: Em Timbiras aconteceu mais uma doação de álcool em gel, máscaras descartáveis e panfletos informativos

Aconteceu ontem, (24), a segunda doação de Álcool em Gel, máscaras descartáveis e panfletos informativos sobre o Covid 19. A ação foi realizada no bairro multirão, de forma totalmente gratuita.

A ação tem como objetivo levar até as pessoas mais humildes, itens essenciais à prevenção contra o novo Coronavírus. Itens esses que não estariam a alcance de muitas pessoas, devido às dificuldades financeiras que ainda imperam em muitos lares, devido à falta de assistência do poder público.
As doações contam a iniciativa de Dra Ana Thamires, que vem desenvolvendo um belo trabalho no campo social no município de Timbiras. Iniciativas essas que são bem recebidas pela população local, como destaca um morador do Multirão, por ocasião das doações realizadas em seu bairro.

O residente local fez questão de agradecer Dra Ana Thamires pela louvável atitude, pois segundo ele sem essa ação o mesmo não teria acesso aos itens básicos para se proteger do vírus. Elogiou ainda a garra, coragem e humanidade de Ana Thamires, pois tem voltado seu olhar aos mais necessitados, principalmente nesse momento de grandes dificuldades, onde muitos precisam de ajuda. Ponderou o morador.
As ações irão continuar em outros bairros de Timbiras.

 

Ascom