Blog do Leonardo Alves - Compromisso com o Leitor!

Flávio Dino inaugura laboratórios e anuncia benefícios para estudantes e servidores da UEMA

O governador Flávio Dino entregou nesta sexta-feira (27) uma série de obras e medidas à comunidade acadêmica e de funcionários da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA). Em solenidade realizada no Campus Paulo VI, em São Luís, o governador inaugurou o Laboratório Multidisciplinar de Pós-Graduação da universidade e da Vila de Conteiners Prof. Demerval Dias Ramos, com laboratórios de pesquisa para estudantes e professores.

Ele também assinou os editais do programa de assistência estudantil da universidade, que inclui benefícios como auxílio moradia, auxílio creche, auxílio alimentação e bolsa permanência, e a Medida Provisória que concede a Gratificação Funcional aos Servidores Técnico-Administrativos da UEMA.

Ainda durante a solenidade, o governador assinou as ordens de serviço para a construção dos prédios dos cursos de Engenharia da Computação, Matemática e Física, bem como da construção do pórtico de acesso à Cidade Universitária.

Flávio Dino foi também homenageado pela Universidade, com a entrega da medalha Gomes de Sousa. A homenagem é concedida a pessoas consideradas merecedoras de reconhecimento por realizações no campo da educação, cultura, artes, ciências e tecnologia. A medalha, que é a homenagem máxima concedida pela universidade, foi entregue pelo reitor da UEMA, Gustavo Pereira da Costa.

“A UEMA é uma das locomotivas do desenvolvimento inclusivo do Maranhão. Temos procurado agir de forma coerente com esse pensamento, e é por isso que as mudanças que estamos implementando aqui hoje tem um sentido histórico e visam garantir que essa universidade cresça”, afirmou o governador Flávio Dino sobre as ações implementadas e anunciadas para a universidade.

R$ 25 milhões de investimentos

De acordo com o reitor da Uema, as ações inauguradas e anunciadas nesta sexta-feira representam, somadas, um investimento de cerca de R$ 25 milhões, em recursos próprios do governo estadual direcionados ao Campus Paulo VI, de São Luís.

 

Outros R$ 27 milhões devem ser investidos em obras nos campi do interior do estado. Para o reitor, as ações afirmativas reforçam, na prática, a mudança de perspectiva vivida pela UEMA, ampliando as condições da universidade de formar profissionais de excelência, ampliar os espaços de pesquisa e levar desenvolvimento para a comunidade em geral sob a forma de projetos de extensão.

“Hoje estamos vendo a mudança real e concreta. A partir de um conjunto de providências, é possível implementar mesmo num ambiente de profunda crise. Atendemos a demandas antigas de professores e estudantes com ações que reforçam o compromisso desta universidade de formar profissionais de excelência, ampliar os espaços de pesquisa e entregar conhecimento para a comunidade em geral sob a forma de projetos de extensão”, disse Gustavo Pereira.

Ações

O governador Flávio Dino visitou e inaugurou oficialmente a Vila de Contêineres Prof. Demerval Dias Ramos, em homenagem póstuma ao acadêmico da universidade. O espaço é composto por 23 laboratórios instalados em contêineres, todos climatizados, equipados com ponto de lógica e de água, além de banheiros masculino, feminino e para pessoas com deficiência, além de vigilância.

“Este espaço vai abrigar projetos de pesquisa de professores e estudantes da universidade, laboratórios e empresas juniores, atendendo a uma demanda antiga de professores e estudantes”, explicou a prefeita do campus Paulo VI, Fabíola Aguiar.

O prédio de Laboratórios Multiusuários em Pesquisa das Pós Graduação (LAMP) também foi entregue oficialmente à comunidade acadêmica durante a manhã. São dois pavimentos e 21 salas. O espaço abrigará laboratórios de biologia molecular, reprodução animal, microbiologia, imunofarmacologia e microbiologia de alimentos, entre outras especificidades. Alguns laboratórios, como o de mesoscopia e de cultivo celular, vão funcionar pela primeira vez na UEMA com a inauguração do Lamp.

Outra medida pioneira foi a assinatura dos editais que instituem políticas de auxílio para os estudantes em situação de vulnerabilidade social. De acordo com o reitor Gustavo Pereira da Costa, 82% dos estudantes da UEMA são egressos de instituições públicas de ensino, o que reforça a necessidade por políticas públicas capazes de combater a evasão escolar e a retenção.

Medidas aprovadas

Os professores e servidores da UEMA aprovaram as ações anunciadas. Para Maria Inez Pimentel, servidora há 35 anos, a universidade hoje é um espaço muito melhor. “Nunca tudo esteve tão bem como agora, e a gratificação que foi anunciada pelo governador é algo que esperávamos há vários anos. Os professores e técnicos, se sentindo mais valorizados, com certeza vão ter ainda mais empenho”, avaliou a servidora.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Universidade Estadual do Maranhão (Sintuema), Miguel Santos, também avaliou como positiva a concessão da gratificação. “É muito importante para todos os servidores, especialmente para os administrativos, porque vai suavizar as perdas sofridas ao longo dos anos”, disse ele. Segundo Miguel, os servidores esperavam pela gratificação desde 1994, ano em que foi instituído o Plano de Cargos, Carreiras e Salários dos servidores da Uema.

Também estavam presentes à solenidade o secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Davi Telles; o secretário de Infraestrutura, Clayton Noleto; o presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e Desenvolvimento Científico do Maranhão (Fapema), Alex Oliveira; o presidente da Comissão Central de Central  de Licitação do Maranhão, Odair José Neres Santos; a deputada estadual Ana do Gás; o presidente da Associação dos Professores da Uema (Apruema), Manoel Salgado; o presidente do Sintuema, Miguel Santos; além de pró-reitores, professores e servidores da Uema.

 
Fonte:  http://www.ma.gov.br

Lula comemora 72 anos em caravana e nos braços do povo mineiro

Milhares de pessoas compareceram à Praça da Catedral, em Montes Claros, para cantar parabéns, homenagear e ver de perto o ex-presidente Lula

Um aniversário especial. Assim pode ser definido o aniversário de 72 anos do ex-presidente Luiz InácioLula da Silva, comemorado nesta sexta-feira (17), em Montes Claros, Minas Gerais.

A união do ex-presidente com o povo para o aniversário aconteceu durante a caravana Lula pelo Brasil, etapa mineira. Milhares de pessoas compareceram à Praça da Catedral, na cidade de Minas Gerais, para cantar “parabéns”, ver de perto, abraçar, entregar presentes, receber com carinho e homenagear Lula.

Ao falar para o povo, Lula relembrou sua história e trajetória até a chegada à Presidência da República, em 2003. “Eu perdi as eleições para governador de São Paulo, perdi para o Collor, perdi para o FHC e cada vez que eu voltava pra casa eu ficava pensando: eu criei um partido para representar os trabalhadores, gostaria de ser presidente para provar que é possível, eu acho que a gente pode melhorar a vida do pobre. Eu nunca fiquei co raiva porque eu compreendia que não era simples um trabalhador comum querer ser presidente da República”, disse.

O ex-presidente confessou ter sentido “medo” quando ganhou as eleições. “Confesso que eu nunca fiquei com tanto medo na vida como no dia que foi feita a apuração. Eu fiquei pensando: será que a gente vai dar conta? Eu sabia como que o povo trabalhador vivia, as coisas que eles desejavam. Eles não desejavam muita coisa. A gente só deseja ser tratado com respeito e dignidade. Hoje, eu tenho certeza que foi a energia que Deus depositou na alma de vocês que fez com que eu tivesse força para resistir”.

Durante sua fala ao povo, Lula lembrou, várias vezes, diálogos com Dona Marisa, falecida em fevereiro deste ano. Ele também citou a mãe, com quem disse ter aprendido a respeitar as pessoas e a ser respeitado. “Para vencer na vida, você não tem nunca que se achar melhor do que ninguém, mas você também não pode se achar inferior a ninguém”.

Os desmontes promovidos na educação, na vida do trabalhador, nas leis trabalhistas e na Previdência Social pelo atual governo golpista foram alvo de duras críticas do ex-presidente. “Nós temos que dizer em alto e bom som: Temer e deputados, se o Brasil não está arrecadando o suficiente para pagar os aposentados, a culpa é que Temer gastou 30 bilhões de reais comprando deputados para ficar”.

Sobre a perseguição jurídica e midiática que vem sofrendo, o ex-presidente citou casos de políticos que são investigados e que têm provas robustas contra eles. “Veja que absurdo. Eles já pegaram dinheiro de muita gente. Pegaram mala cheia de dinheiro no Geddel, no Cabral. Eles quebraram os meus digilos, invadiram minha casa, abriram televisão, levantaram colchão. Sabe o que eles acharam na minha casa? Vergonha que sobra”.

“Eu quero dizer que não estou acima da lei nem da justiça. Se eles estão acostumados a lidar com políticos ladrões, covardes, que enfiam o rabo entre as pernas…. eles vão ter que enfrentar um cidadão que não é corrupto e não tem medo deles”.

E voltou a cobrar um pedido de desculpas por tudo que vem sofrendo. “Eles deveriam ter coragem e pedir desculpa. Aqui (em Minas Gerais) acharam um helicóptero de cocaína que desapareceu. Todo mundo sabia o que era. Sabia de quem era o pó que tava lá dentro”, afirmou.

Os veículos de comunicação também receberam um recado do ex-presidente. “O Lula é uma síntese daquilo que são milhões e milhões de brasileiros. Se enfrentar o Lula é dificil, enfrentar os milhões de Lulas que já tem nesse país é impossível”.

Lula e a mudança no Brasil

Ao lado do companheiro Lula, a presidenta eleita Dilma Rousseff também relembrou feitos promovidos pelos governos do PT na Presidência da República e condenou os atuais desmontes.

“Eu sei que esse processo de impeachment que eu tive foi um golpe. Está cada vez mais claro que foi um golpe dos corruptos e daqueles que não querem que os homens e as mulheres desse país sejam livres, que não querem que os homens e as mulheres desse país tenham acesso às riquezas desse imenso e rico país em que nós vivemos”.

“O que está acontecendo agora é que eles querem que esse país seja só de uma minoria. Não seja da imensa maioria de sua população. O golpe não é um ato só. Começa com meu impeachment, prossegue quando eles aprovam aquela lei que limita o crescimento dos gastos em educação e saúde. Continua quando fazem as leis da chamada antireforma trabalhista, que transforma o regime de trabalho em escravidão”.

“A sina de lula é liderar essa nação. Não adianta querer impedir o Lula de chegar, existem milhões de Lulas que estarão lutando por ele nas ruas do Brasil”, disse Vagner Freitas, presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT).

Gleisi Hoffmann destacou a importância da caravana Lula pelo Brasil e ressaltou a relevância dos atos para a reconstrução do Brasil.

“Eu sei que esse processo de impeachment que eu tive foi um golpe. Está cada vez mais claro que foi um golpe dos corruptos e daqueles que não querem que os homens e as mulheres desse país sejam livres, que não querem que os homens e as mulheres desse país tenham acesso às riquezas desse imenso e rico país em que nós vivemos”.

“O que está acontecendo agora é que eles querem que esse país seja só de uma minoria. Não seja da imensa maioria de sua população. O golpe não é um ato só. Começa com meu impeachment, prossegue quando eles aprovam aquela lei que limita o crescimento dos gastos em educação e saúde. Continua quando fazem as leis da chamada antireforma trabalhista, que transforma o regime de trabalho em escravidão”.

“A sina de lula é liderar essa nação. Não adianta querer impedir o Lula de chegar, existem milhões de Lulas que estarão lutando por ele nas ruas do Brasil”, disse Vagner Freitas, presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT).

Gleisi Hoffmann destacou a importância da caravana Lula pelo Brasil e ressaltou a relevância dos atos para a reconstrução do Brasil.

Fonte: PT Nacional

Grande Homenagem de Dr. José Francisco aos Servidores Públicos do Maranhão

O médico José Francisco, emitiu nota na manhã desta sexta-feira (27), para cumprimentar com felicitações todos os servidores públicos, reconheceu também o trabalho que cada um desempenha, destacou também a importância da categoria para o bom andamento da administração pública quanto federal, estadual e municipal. Frisou que a categoria merece reconhecimento pela dedicação e comprometimento.

O dia do Servidor Público é comemorado no dia 28 de Outubro, mas está sendo comemorado neste dia 27.

NOTA DE JOSÉ FRANCISCO

Saúdo a todos os servidores públicos em especial aos que fazem parte da Prefeitura Municipal de Codó, e de todas as prefeituras do nosso estado e do Brasil. O Servidor público é antes de tudo um servidor do povo. Em suas atividades cotidianas, muitas vezes anônimas, dedicam-se em prol da coletividade servindo de forma honesta, eficiente, ética e transparente.

Esta é uma data especial em homenagem a uma das profissões mais nobres. Vocês e todos que trabalham pelo bem comum e pelo interesse coletivo merecem nosso respeito.

Parabéns à todos os Servidores Públicos!

Grande Abraço,

Atenciosamente,
Dr. José Francisco

Fonte: Assessoria

‘Foi maravilhoso jogar, mas confesso que senti quase um infarto”, diz Prefeito de Codó

Na noite desta quarta feira (25), o Prefeito de Codó, Francisco Nagib, postou em grupos de WhstsApp, uma fotografia registrando sua participação em um jogo realizado no ginásio Deolindo Rodrigues. Nos chamou atenção ao dizer em ter sofrido quase um infarto. O que está acontecendo com este jovem? Tão jovem e já pensa em infarto, foi isso que disse também uma internauta que foi candidata nas últimas eleições. O prefeito Nagib deve está perdendo a noção e o controle, querendo ganhar popularidade com suas conversas, tentando mostrar o que não é.

As internautas em seus comentários citaram nomes de 2 (duas) secretarias, devem trabalhar nos órgãos. Dificilmente se vê um abençoado elogiando o gestor, os únicos que vivem fazendo elogios ao prefeito são funcionários da prefeitura. Nada contra o prefeito, até porque somos cientes das ações importantes que vem sendo realizadas em seu governo. O que está queimando o homem é a sua falta de popularidade, falta de prestígio com os mais humildes.

“Hoje o ginásio ficou uma alegria só. Pois o nosso Prefeito Francisco Nagib estava lá. Participou, jogou… Isso é muito bom, pois mostra a simplicidade do nosso Prefeito pelo incentivo. Mostra a sua simplicidade e isso é Mais Avanço e Mais Conquista.”,disse uma internauta que conforme comentário e elogios feito ao prefeito, a mesma deve trabalhar na prefeitura. Logo em seguida, Nagib responde: “Foi maravilhoso jogar, mas te confesso, senti quase um infarto. 10 meses sem jogar, com 5 minutos eu estava na água com açúcar.”

Será mesmo que Nagib desde que assumiu a prefeitura durante esses 10 meses, não praticou nenhum esporte? Está se sacrificando mesmo pelo povo de Codó?

Outra internauta que usou o nome da Secretaria de Agricultura, responde: “Vamos que vamos Prefeito, você é muito jovem pra falar em infarto, Tire um tempinho pra saúde, praticando esporte. A agricultura está junto e misturado com você.”

Os demais participantes do grupo Codó Notícias demonstraram insatisfação com a atual gestão, reivindicando sobre segurança pública no município.
O Povo tem o prefeito que merece, já conheciam a fama do gestor. O dinheiro nunca falta para os caprichos.

“A feitiçaria traz a morte”, diz Feiticeiro que se rendeu a Jesus Cristo

Filho primogênito das 21 mulheres de seu pai, Binora era o mais velho entre 65 irmãos e irmãs. “Foi meu destino seguir meu pai, que era um feiticeiro. Eu acreditei em muitas mentiras”, disse ao projeto Jesus ​​Film.

 Quando Binora decidiu seguir a Cristo, ele sabia que enfrentaria a rejeiição de sua família. “Eu fiz uma coisa que é imperdoável para meu pai. Ele certamente vai me matar”, ele pensou, na época.

Por causa de sua nova fé, Binora viveu mais de 20 anos separado de sua família. Mas com o passar do tempo, Deus despertou em seu coração o desejo de retornar e compartilhar o Evangelho com seus parentes.

 “Agora vai ser diferente. Vou contar tudo a eles”, Binora decidiu. “A feitiçaria traz a morte. Meu povo precisa de vida. Mesmo que eu morra, tenho que dizer que eles devem conhecer Jesus”.

Mesmo colocando sua vida em risco, Binora voltou para sua aldeia a fim de compartilhar o conteúdo do filme “Jesus”. O longa não estava disponível em sua língua nativa, então ele mesmo fez a tradução da história de Cristo para seu povo.

Binora faz a tradução simultânea do filme para a língua de seu povo. (Foto: Jesus Film Project)

Binora mostrou o filme sete vezes e o resultado de sua iniciativa foi surpreendente. O pai de Binora, o feiticeiro, se rendeu a Jesus, assim como muitos outros que viviam no povoado.

Como resultado das exibições do longa, 30 igrejas foram plantadas na aldeia e hoje existem mais de 7 mil discípulos na região.

Mesmo com todo o impacto da mensagem, nenhuma das pessoas conseguiu assistir o filme ​em sua própria língua. “Eles querem o filme e querem treinamento. Imagine como a igreja poderia se multiplicar. Imagine o que Deus poderia fazer”, diz Binora. Com informações guiame.

Fonte: gospelgeral

Deputado da “Igreja Mundial do Poder de Deus” propõe criar novo feriado: Dia de Adorar a Deus

Em um país afundado em denúncias de corrupção, alguns deputados federais parecem ter outras preocupações. Se todos os projetos que mexem no calendário oficial forem aprovados, o Brasil pode ganhar cinco feriados nacionais e perder um.

 Quando ainda era deputado, Newton Cardoso (PMDB/MG) criou um projeto de lei que não consideraria mais a proclamação da República, em 15 de novembro, como feriado. Ele justifica que a República foi instituída sem participação popular.

Por outro lado, existem quatro projetos de lei tramitando na Câmara que propõem novos feriados nacionais além dos 11 feriados já estabelecidos.

 

O Dia de Adoração a Deus (segundo sábado de março) foi proposto pelo deputado Missionário José Olimpio (DEM/SP), eleito com o apoio da Igreja Mundial do Poder de Deus. Em 2012, ele sugeriu a criação da nova data comemorativa.

Na justificativa, ele argumenta: “Este feriado é proposto, para que as pessoas tenham um dia destinado à adoração a Deus; reflexão de seus atos; rever conceitos; celebrar a paz, o amor e o respeito ao próximo”.

Outro feriado de cunho religioso é o Dia de São João, proposta do deputado Valmir Assunção (PT/BA), com a justificava de importância cultural e econômica.

Os demais são:

O feriado pelo Dia Internacional da Mulher, proposta do deputado Hélio Leite (DEM/PA).

O feriado pelo Dia Nacional da Consciência Negra, proposto pelos ex-deputados Renato Simões (PT/SP), Janete Pietá (PT/SP), Luiz Alberto (PT/BA) e pelos atuais deputados Vicentinho (PT/SP) e Valmir Assunção (PT/BA).

O feriado para o Dia de se Declarar Amor ao Brasil (dia 6 de setembro), proposto pelo Sindicato Nacional dos Decoradores e Tapeceiros, mas não “encampado” por nenhum parlamentar até o momento. Com informações Gazeta do Povo via gospelprime.

Fonte: gospelgeral.com.br

Caxias adere ao Selo UNICEF Município Aprovado

O Município de Caxias recebeu a confirmação de adesão ao Selo UNICEF Município Aprovado, que é uma iniciativa do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) visando estimular os municípios a implementarem políticas públicas para redução das desigualdades e garantir os direitos das crianças e dos adolescentes previstos na Convenção sobre os Direitos da Criança e no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Após a adesão, o município se compromete com um conjunto de responsabilidades que fazem parte da metodologia do Selo, que incluem Ações Estratégicas, ou seja, o que o município precisa realizar, comprometendo-se em melhorar Indicadores de Impacto Social relativos aos direitos à saúde, educação, proteção e participação social de crianças e adolescentes.

No quesito educação em Caxias, a secretária Ana Célia Damasceno garantiu que o compromisso em manter todas as crianças na escola vai ao encontro do que pensa o UNICEF.

“A primeira finalidade do Selo UNICEF é toda criança na escola. Universalizar a educação infantil, ensino fundamental para que todas as crianças estejam na escola, e uma escola de qualidade. O segundo passo do Selo UNICEF é o trabalho em rede com as secretarias de educação, saúde, assistência social e o Bolsa Família, porque esse trabalho vai proporcionar a frequência, a formação de professores, o cuidado e zelo com a saúde das crianças e professores e a assistência em relação às mães”, explica Ana Célia Damasceno, secretária municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (SEMECT).

O município que adere ao Selo UNICEF é agrupado dentro do seu estado, considerando as características demográficas e socioeconômicas. Ao longo da edição do Selo, o UNICEF capacita gestores e técnicos das secretarias municipais e conselheiros de direitos e adolescentes para qualificar a elaboração e execução das políticas públicas e para estimular que as ações continuem mesmo após o fim de cada edição. Os municípios que participam dessa mobilização têm ao final de cada edição grandes avanços nos indicadores previstos na metodologia adotada.

“A experiência com as edições anteriores comprova que os municípios certificados com o Selo UNICEF avançam mais na melhoria dos indicadores sociais do que outros municípios de características socioeconômicas e demográficas semelhantes que não foram certificados ou participaram do Selo”, diz informação constada no site do UNICEF.

A certificação é concedida aos municípios que alcançam as pontuações mínimas, tanto no eixo das Ações Estratégicas quanto no eixo dos Indicadores de Impacto Social. A articulação de parcerias entre os diferentes níveis de governo é o grande diferencial para o sucesso do Selo UNICEF em cada município.

“O nosso prefeito Fábio Gentil vem buscando esses resultados e nós assinamos um termo de responsabilidade junto ao UNICEF para que cada secretário possa fazer a sua parte; um trabalho de rede para que nós possamos melhorar cada vez mais os atendimentos na saúde, educação e na assistência social”, ressaltou Ana Célia Damasceno, secretária municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (SEMECT).

A secretária Ana Célia Damasceno reforçou que o compromisso assumido a partir de agora com o Selo UNICEF dialoga com diversos âmbitos da administração municipal para que cada criança possa frequentar a escola e ter um bom desempenho em sala de aula, a exemplo do compromisso com os fornecedores do município no que diz respeito ao fornecimento de merenda escolar de qualidade e transporte escolar eficiente para que 100% das crianças, adolescentes e adultos continuem frequentando a escola.

“Temos alguns fornecedores, não só em relação ao transporte, mas em relação a alimentação escolar, ao próprio trabalho com relação aos livros didáticos. Então nós temos muitos fornecedores trabalhando conosco. Hoje a nossa parceria com os fornecedores é uma parceria de trabalho, voltada para um perfil bem técnico no sentido de cada vez mais a gente poder contar com esses fornecedores. Estamos mantendo em dia os fornecedores, a própria agricultura familiar, todos eles estão sendo mantidos em relação ao pagamento, e a gora também em relação ao transporte. Só de ensino médio nós temos quase 3 mil alunos sendo transportados em Caxias. E juntando tudo, ensino médio, fundamental e EJA, são quase 8 mil alunos sendo transportados. Nós temos uma logística muito grande em relação a empresa que atende o transporte escolar hoje, a logística é imensa, temos mais de 80 rotas, às vezes em uma rota temos mais de um ônibus”, reforça Ana Célia Damasceno, secretária municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (SEMECT).

Apenas no aspecto educacional o Município de Caxias conta com 244 escolas na rede municipal incluindo a sede, os 1º, 2º e 3º distritos. O transporte escolar atende alunos da educação infantil, EJA, Ensino Fundamental e Médio. A busca pela excelência na educação envolve um trabalho conjunto e harmônico entre todos os setores da administração pública municipal para que as ações aconteçam, lembrou a secretária.

“Quando o UNICEF resolve dá um Selo como esse para o município é porque eles já fizeram toda uma análise desse município. Eles estão vendo o trabalho que está sendo feito em relação a educação, assistência e saúde, e principalmente o Bolsa Família, porque uma frequência que se deixa de informar atrapalha toda a vida de uma criança, então nós não deixamos isso acontecer, nossas informações hoje estão em 100%, alcançamos 100% de frequência”, finalizou Ana Célia Damasceno, secretária municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (SEMECT).

O Município de Caxias será acompanhado pelos próximos quatro anos da edição por profissionais do Selo UNICEF, em coordenação com um articulador no município de Caxias e o Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), para informar sobre os ciclos de capacitação, atualizações metodológicas, dicas de implementação de programas e outras atividades do Selo. Cabe ao articulador no município mobilizar as pessoas para participarem de cada atividade ou ação.

Nesta edição do Selo UNICEF puderam inscrever-se: municípios do Semiárido (AL, BA, CE, MG, PB, PE, PI, RN e SE) e municípios da Amazônia (AC, AP, AM, MA, MT, PA, RO, RR e TO).

Após a confirmação da inscrição, o passo seguinte será o primeiro ciclo de capacitação. Nesta etapa será apresentada a metodologia completa desta edição do Selo e o calendário de implementação das atividades até 2020. Segundo o Selo UNICEF, neste momento é importantíssima a presença do prefeito e dos gestores de cada pasta.

“É muito importante que estejam presentes neste momento articuladores, prefeitos e secretários dos municípios participantes. Todos terão papel decisivo no decorrer da edição”, esclareceu a informação constada no site do Selo UNICEF Município Aprovado.

Fonte: ASCOM Prefeitura de Caxias

Jornalista, professor da UFMA, detona senador Roberto Rocha

A política tem o poder de produzir paixões. Muita gente boa e séria ajudou a eleger Roberto Rocha (PSDB) senador, em 2014, na chapa de Flávio Dino (PCdoB), candidato vitorioso ao governo.

Para o professor da UFMA, Roberto Rocha fiel às suas origens, coerente na posição política retrógrada

Como havia apenas uma vaga para o Senado, o povo se dividiu entre Roberto Rocha, carregado nas costas de Flávio Dino; e Gastão Vieira, o candidato de José Sarney.

Passado o calor da eleição, já em 2015 o senador Roberto Rocha distanciava-se do governador e passou a criticar com rispidez a gestão comunista.

Os eleitores apaixonados sentiram-se traídos, porque pensavam que o senador seria fiel a Flávio Dino.

Eu não vejo traição.

Ele está apenas sendo coerente. Roberto Rocha é um legítimo descendente da tradição conservadora do Maranhão. Ele não tem qualquer sintonia com o governo, não comunga das ideias nem das práticas da gestão comunista.

Roberto Rocha não está interessado em Mais IDH nem Escola Digna, não tem qualquer afinidade com os programas de inclusão social nem qualquer que seja a iniciativa visando melhorar a qualidade de vida dos mais pobres.

No plano nacional, Roberto Rocha apoiou o golpe contra Dilma Roussef (PT), está alinhado a Michel Temer e voltou ao PSDB, alinhado ao governador de São Paulo Geraldo Alckmin.

Em 2018, Roberto Rocha vislumbra uma candidatura a governador para servir de linha auxiliar dos setores retrógrados liderados por José Sarney.

No Senado, ele está alinhado a João Alberto e Edison Lobão. Os três formam a tropa de choque maranhense de Michel Temer e votaram em bloco para proteger Aécio Neves do STF.

Hoje, na oposição ao governo comunista do Maranhão, o senador é o que sempre foi. A composição na chapa de Flávio Dino em 2014 foi apenas uma questão de oportunismo eleitoral.

Portanto, ele não traiu ninguém. Pelo contrário, é fiel às suas origens, coerente na posição política retrógrada e alinhado àqueles que desde sempre são seus bons companheiros.

Nada mais.

Os eleitores apaixonados precisam medir melhor os afetos antes de votar.


*Jornalista, doutor em Comunicação (PUCRS), professor do curso de Rádio e TV da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Diretor de Formação da Associação Brasileira de Rádios Comunitárias (ABRAÇO-MA).

 

Fonte: Blog Domingos Costa

LEGALIZANDO A VERGONHA: Em Codó, pacientes solicitam TFD para realizar exames de Endoscopia digestiva em São Luís.

Há muito tempo o Centro de Assistência Médica (CAM), está sem realizar exames de endoscopia digestiva, que vem gerando transtorno aos pacientes que estão tendo complicações de saúde devido a falta do exame. Pacientes que precisam deste simples exame, estão sendo orientados para solicitar o TFD (Tratamento Fora de domicílio). Uma vergonha para o município de Codó. Pacientes chegarão na capital do estado para fazer um simples exame de endoscopia digestiva, se tiverem muita fé e sorte para conseguir o recurso.

Na última matéria produzida pelo blog, Larissa Barros, uma das coordenadoras da Secretaria Municipal de Saúde, informou que o município estava em processo de tramitação para contratação do médico gastro- endoscopista. Estivemos na Secretaria na última quinta-feira (19), e a coordenação do TFD, confirmou que os pacientes que estão precisando de exame de endoscopia devem solicitar o TFD, para realizar seus exames em São Luís.

LEGALIZANDO A VERGONHA

Um paciente de 38 anos de idade, que preferiu não se identificar, relatou para o titular do blog, que sente muitas dores no estômago e há mais de 10 meses não consegue marcar este exame. O paciente mostrou seu laudo médico de solicitação do TFD, onde o médico que fez o preenchimento do documento, confirma a falta de gastro-endoscopista no município. O paciente diz que se sentirá muito envergonhado ao chegar na capital do estado, simplesmente para fazer este exame. Veja abaixo a descrição do laudo médico;

error: Content is protected !!